Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

Biossegurança na maquiagem

Fique por dentro de todas as medidas de segurança para o setor

O que é biossegurança?

Certamente é essa pergunta que você está fazendo agora, caso ainda não tenha ouvido falar deste termo.

Hoje vamos explicar o conceito e mostrar por que os maquiadores profissionais devem estar atentos a essas práticas no dia a dia de trabalho.

Os maquiadores profissionais atuam em sua rotina de trabalho aplicando diversas técnicas que podem variar de acordo com cada categoria de maquiagem, entre elas: maquiagem social, artística e de caracterização.

Para chegar ao resultado final, são usados produtos e materiais específicos, além de contar com uma estrutura física (ambiente) especial, entre outros fatores. Por isso, é nesse cenário que as práticas da biossegurança devem ser aplicadas para evitar riscos de contaminações.

Para te auxiliar, reunimos algumas dicas para você replicar em sua rotina e seguir todos os cuidados necessários para um atendimento seguro, tanto para você (como profissional) como para suas clientes.

Confira a seguir:

1.       Lave as mãos antes de qualquer procedimento. Não use a luva sem a lavagem das mãos. O ideal é realizar essa higienização com água e sabão, ou então, álcool 70%.

2.       Não assopre o pincel, pois milhares de gotículas de saliva vão contaminá-lo e se fixar no rosto das suas clientes.

3.       Utilize apenas algodões descartáveis.

4.       Não misture os produtos!

5.       A máscara de cílios deve ser de uso individual. Invista em aplicadores descartáveis para maior segurança.

6.       Cílios postiços devem ser higienizados corretamente antes da aplicação para não proliferar micro-organismos que podem causar alergias e danos aos olhos.

7.       Para o batom, usar apenas aplicadores descartáveis.

8.       Quanto ao lápis de boca, o ideal é usar o lápis próprio da cliente.

Você deve sempre usar luvas, máscara e touca de proteção durante todos os atendimentos. Além disso, os produtos devem ficar em sua embalagem original, com rótulo e validade para evitar problemas com possíveis alergias das clientes.

É importante sempre estar atento a todos esses cuidados e oferecer um serviço seguro e higiênico para todas as suas clientes!

Quer saber mais? Então matricule-se em nosso curso de Biossegurança e fique por dentro de todas as técnicas para manutenção e manuseio de equipamentos no seu dia a dia profissional.

Tags

biossegurança, maquiagem, cuidados, materiais, rotina, lavagem de mãos, pincel de maquiagem, produtos, higiene, segurança.

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Como inovar no mercado da beleza?
Enquanto o Brasil inteiro está em crise, os negócios relacionados a beleza e estética fazem o caminho contrário: possuem um dos cenários mais lucrativos atualmente. Como consequência, este modelo de negócio tem sido a primeira opção de quem deseja empreender. Segundo a revista Negócios, de Santa Catarina, o mercado da beleza tem potencial para expandir ainda mais! Com tantas empresas, como inovar e se destacar? Separamos algumas dicas que podem te ajudar! Aposte no público masculino A quantidade de produtos e procedimentos para os homens aumentou (muito) nos últimos anos. Com soluções que vão dos pés aos cabelos, o mercado masculino tem recebido uma atenção especial da indústria da cosmética. Para os serviços isso não pode ser diferente! Aposte em procedimentos que atendam as necessidades desse público. Faça programas de fidelização A grande maioria dos procedimentos precisam de uma manutenção frequente: sejam as unhas, que devem ser feitas a cada 15 dias, o corte dos fios a cada dois meses...evite que o seu cliente faça a manutenção em outro local. Crie programas de fidelização, permitindo pagamento mensal dos serviços. Neste caso, alguns descontos também caem super bem! Converse com o seu público Os desejos do público de São Paulo não são os mesmos do Rio de Janeiro – as necessidades mudam de acordo com cada região. Fatores como o clima, os costumes e a rotina influenciam diretamente nos gostos de cada um. Por isso, antes de oferecer novidades mirabolantes, entenda quais as necessidades dos seus clientes e ofereça serviços que estejam de acordo com as expectativas.  Mas, não se esqueça: o básico nunca sai de moda. Ter domínio sobre a administração é essencial para quem deseja ter sucesso no mercado da beleza. Pensando nisso, o Instituto Embelleze possui o curso de Gestão de Salão de Beleza, voltado para profissionais com perfil de liderança, que buscam mudar a sua própria realidade! Demais, né?!  
> Leia mais
Tranças da moda: as tendências para 2019
As tranças sempre estiverem presentes no universo da beleza feminina. Na infância, quem nunca foi pra escola com trancinhas no cabelo? Tudo começou com a trança simples, feita com três mechas do cabelo, mas, com o passar dos anos, a influência de diferentes culturas e da moda acabou popularizando novas versões e, atualmente, não faltam modelos interessantes e lindos! Há várias temporadas de desfiles nacionais e internacionais, especialmente de verão, os estilistas e hairstylists têm apostado nas tranças para compor os looks — e neste verão 2019 não foi diferente. As semanas de moda trouxeram o penteado de forma criativa, em versões naturais, fake (para misturar com o cabelo natural), afro, minimalista, enfeitadas com contas... Como fazer as tranças da moda Trança lateral: romântica, fica bem até para noivas Foto: Reprodução/Pinterest Pegue uma parte do cabelo do topo da cabeça (franja e lateral direita, bem acima da orelha) e divida-a em três mechas. Comece a trançar assim: cruze a mecha da direta para baixo da mecha do meio e cruze a mecha da esquerda por baixo da mecha da direita. Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça, incorpore-a à mecha da direita e cruze-as juntas por baixo da do meio. Repita o procedimento até trançar todo o cabelo, lembrando que essa trança precisa terminar do lado esquerdo da cabeça, sob a orelha. Portanto, você tem que trançar na diagonal. Ao final prenda com um elástico.   Estilo boxeadora: moderna, vai bem na balada e em eventos descontraídos Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo lateralmente (também pode ser ao meio), deixando a risca bem visível. Comece uma trança de raiz desde a franja, alinhando a trama na altura do arco da sobrancelha. Continue cruzando as mechas de como a criar um efeito de trança embutida. Da altura da nuca até as pontas, faça um atrança comum. Prenda com elástico de silicone. Repita o processo do outro lado.   Trança central com coque: ousada e elegante, é uma opção para formatura e casamento Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo ao meio passando o pente verticalmente da testa em direção à nuca. Segure as duas mechas que se formaram com piranhas. Agora pegue uma mecha fina nas margens da risca central, na parte de trás da cabeça e faça uma trança de raiz até a altura da nuca. Prenda com um elástico de silicone preto ou transparente. Penteie o restante do cabelo para trás e torça as mechas, juntando-as com a ponta da trança, na linha da nuca até formar um coque baixo, bem despojado. Prenda com grampos.   Trança cornrows: estilosa, para qualquer ocasião Foto: Reprodução/Pinterest Essas trancinhas podem ser feitas em mechas finas ou médias de cabelo, como você desejar. A dica é começar a trançar pela mecha lateral próxima à orelha e ir subindo até trançar o cabelo todo. Para compor o visual da moda, faça as trancinhas bem próximas umas das outras, deixando o couro cabeludo à mostra. As tranças são rasteiras: passe a mecha da direita embaixo da mecha do meio e a da esquerda também embaixo da mecha do meio e prossiga assim até o fim. Você pode enfeitar as trancinhas com contas e variar a finalização como quiser.   Estilo Boho: perfeita para o dia e a noite Foto: Reprodução/Pinterest Inicie o penteado dividindo o cabelo ao meio — faça uma risca até a nuca. Prenda um dos lados com elástico enquanto trabalha o outro. A trança deve ser feita a partir da parte de trás da nuca, bem apertada, num trançado simples.    Vantagens do penteado com trança Além de dar uma boa repaginada no visual, a trança pode ser feita em qualquer tipo de cabelo — do liso e fininho ao crespo ou afro, mas desde que tenha um certo comprimento, claro! Mas talvez a vantagem maior seja não precisar preparar o cabelo antes do penteado, ou seja, você pode mexer nos fios do jeito que eles estiverem: sujos, limpos, com ou sem finalizador... Há até um benefício em fazer trança no cabelo mais pesado: o penteado fica no lugar com mais facilidade e os fios são ais moldáveis. Apenas uma boa escovação para eliminar pequenos nós e emaranhados é suficiente.  Dicas para iniciantes Quando você estiver aprendendo a trançar o cabelo, procure treinar em alguém e não em você mesma.  Dá para treinar até em cabelo de boneca! O que faz do cabeleireiro um bom trançador é a prática. Tenha por perto os seguintes acessórios para descomplicar a tarefa: uma escova, para desembaraçar o cabelo antes; pente fino, para separar ou dividir as mechas; grampos, no caso de elaborar uma trança com coque; elástico pequeno e transparente, de silicone, para prender a ponta da trança (fica imperceptível); elástico comum, para prender rabo de cavalo antes da trança. O finalizador mais indicado para penteados com trança é o spray fixador, que como o próprio nome já diz, fixa os fios no lugar e assegura que o look fique perfeito por um longo período. O cabelo tende a ficar com fiozinhos arrepiados depois da trança pronta? Dê um fim no frizz passando no cabelo um pouco de óleo de argan e depois trance-o.   A clássica trança embutida ou de raiz Todo mundo que começa a fazer trança tem o desejo de aprender a elaborar a clássica trança francesa (ou embutida). Ela é sempre o próximo nível para quem já tem habilidade para fazer o penteado simples, com três mechas.  Vale a pena aprender a trança embutida muito bem, porque é um modelo que vai bem em qualquer ocasião — do dia a dia à festa —, nunca sai de moda e serve de ponto de partida para lindas variações.  Passo a passo Penteie o cabelo e separe a parte de cima (topo da cabeça) Divida essa parte em três mechas iguais Cruze a mecha da direita sobre a do meio Cruze a mecha da esquerda sobre a do meio Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça e incorpore-a à mecha da direita, cruzando-as juntas sobre a mecha do meio Repita o procedimento do lado esquerdo Continue até que todo o cabelo esteja incorporado à trança Ao chegar na altura da nuca, trance o cabelo normalmente até a ponta Prenda com um elástico pequeno   Quer aprender mais sobre penteado e ser um cabeleireiro de sucesso? Inscreva-se no curso de Cabeleireiro Profissional do Instituto Embelleze e arrase!          
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados