Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

Descubra os tipos de barba para cada formato de rosto.

Você sabia que a barba pode ser utilizada como ferramenta para deixar o rosto mais harmônico e equilibrado? Descubra agora o porquê.

Cada formato de rosto tem características que devem ser destacadas. Antes de tudo, é importante ressaltar: a barba e o maxilar devem trabalhar em conjunto para criar um formato oval.

Selecionamos algumas dicas para você descobrir qual é o melhor estilo para as proporções do rosto de seus clientes. Confira.

 

  • ROSTO QUADRADO 

O rosto quadrado pede uma barba mais cheia no queixo e curta nas laterais. Esse tipo de rosto normalmente tem linhas marcadas e maxilar bem definido.

Portanto, o ideal é suavizar essas linhas e procurar por desenhos mais arredondados. Os melhores tipos de barba para esse formato são: tradicional ou circular, que se caracteriza por pelos no queixo e bigode formando um círculo. 

 

  • ROSTO REDONDO 

Rostos redondos têm as medidas da altura e largura bem semelhantes. Normalmente, as bochechas são mais cheias e largas que a testa e o queixo.

Para alongar o rosto e criar a harmonia, a sugestão é utilizar uma barba mais comprida na parte inferior e curta nas laterais.

O cavanhaque também é um aliado e pode causar a impressão de um rosto mais longo, principalmente se os fios forem mais compridos.

 

  • ROSTO RETANGULAR 

Em um rosto retangular, o comprimento é a maior medida de todas – quando a comparamos com as medidas da linha do queixo, das maçãs do rosto e da testa que, no caso desse formato de rosto, são semelhantes entre si.

Essa dica também vale para rostos em formato diamante – quando o comprimento do rosto é o maior de todos, seguido pelo comprimento das maçãs do rosto, da testa e da linha do queixo.

 

  • ROSTO OVAL 

A maioria dos estilos listados anteriormente combina com o rosto oval, mas, se você procura por uma barba específica para não errar na hora de criar proporções, pode deixar a barba em um formato quadrado e raspar os pelos na parte interna do queixo, para causar a ilusão de volume.

Como a simetria desse tipo de rosto já é bem favorecida, você não precisa se preocupar tanto em construir proporções.

Aliás, o barbeiro Guastella, famoso nos Estados Unidos, afirma que sempre procura criar um formato oval quando algum homem chega em sua barbearia pedindo um equilíbrio visual.

 

Quer ficar por dentro de outras técnicas de barbearia? Então faça sua matrícula em nosso curso de Barbeiro Profissional e se torne um especialista.

 

Tags

barbas, tipos de barba, barbeiro, harmonização, equilíbrio visual, tipos de rostos, barbearia, estilos de barba, cavanhaque, bigode.

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

> Leia mais
Megahair: como cuidar dos cabelos com aplique
O Megahair é uma técnica que dá mais volume e comprimento aos cabelos, porém, para manter o visual bonito por mais tempo, é preciso tomar alguns cuidados durante as rotinas do dia a dia, como lavar e até o preparo para dormir. Hoje iremos trazer dicas de como cuidar das madeixas alongadas, garantir que os fios permaneçam lindos, e saudáveis e com um caimento ainda mais natural. Dessa forma, você irá poder informar às suas clientes após cada procedimento. 1 – ESCOLHA EXTENSÕES DE QUALIDADE As extensões de cabelo humano são as mais indicadas para quem busca um resultado natural. O ideal é mandar tecer uma extensão específica para cada tipo de cabelo, evitando que o caimento das mechas fique artificial. 2 – EVITE QUÍMICAS DEPOIS DE APLICÁ-LO A química pode causar uma queda intensa, deixando o cabelo quebradiço e opaco. Por isso, é importante evitar durante o período que sua cliente está com as extensões. 3 – CUIDADOS NA HORA DE DORMIR  A fronha de seda ou o gorro ajudam a proteger as madeixas do ressecamento e da quebra, portanto, é uma tática ótima na hora de dormir. Isso vale, inclusive, para quem tem os cabelos cacheados (ou crespos) e quer evitar o frizz, mantendo os cachos por muito mais tempo. Além disso, nunca durma com os fios molhados – assim, você evita que a cola do aplique amoleça. 4 – ATENÇÃO NO COURO CABELUDO AO LAVAR AS MADEIXAS Por causa das junções do Megahair permanente, lavar o couro cabeludo pode ser uma ação difícil, dependendo do tipo de cabelo. Para evitar o efeito oleoso nos fios, é importante dar preferência a shampoos e condicionadores que não tenham tantos hidratantes, como os específicos para cabelos oleosos. Produtos com álcool também devem ser evitados, porque comprometem as extensões. 5 – CUIDADO NA HORA DE PENTEAR OS FIOS Para pentear sem causar queda por tração – puxar a junção do Megahair com força com pente ou escova – separe o cabelo em sessões e trabalhe cada mecha, uma por vez. Comece devagar, penteando de cima para baixo, com escovas e pentes de cerdas flexíveis e sem bolinhas nas pontas. 6 – CUIDADO NA HORA DE USAR CHAPINHA E SECADOR O calor de pranchas e dos secadores pode comprometer a durabilidade das extensões. O ideal para que a temperatura alta dos aparelhos não derreta o ponto entre o cabelo natural e a mecha aplicada (feito de material delicado como resina e queratina) é manter uma distância mínima de três dedos entre a junção e a chapinha. No caso do secador, o aconselhável é deixar pelo menos 15 centímetros entre o jato e o cabelo. 7 – EVITAR PISCINA Quem tem Megahair só pode curtir o calor em praias e cachoeiras. O motivo é o cloro, que além de afetar a durabilidade da extensão, muda sua tonalidade, principalmente dos cabelos mais claros, deixando as madeixas do Megahair mais claras do que seu tom natural. 8 – APOSTAR NA HIDRATAÇÃO Para manter os cabelos saudáveis – principalmente os naturais, que são a base para o Megahair, é essencial tratar as madeixas com hidratação, como as feitas com óleo capilar. Para garantir o resultado ideal, a nutrição deve ser aplicada longe da cola do Megahair, evitando o dano na junção entre o cabelo natural e as madeixas aplicadas. 9 – DEIXE O FIO RESPIRAR Normalmente, a cada dois ou três meses o Megahair é renovado. Quando isso acontecer, é preciso fazer uma pausa de pelo menos 24 horas entre o cabelo retirado e o novo. Caso contrário, o couro cabeludo pode ficar fraco e até prejudicar o crescimento natural dos fios. Aproveite essa pausa também para hidratar e fortalecer as madeixas. Confira também, nosso post sobre todos os tipos de extensões para você se manter atualizada. Agora que você sabe mais sobre os cuidados com as extensões, que tal virar uma especialista em alongamento dos fios? Faça sua matrícula em nosso curso de Alongamento de Cabelos e aprenda todas as regras fundamentais para atuar no pré e pós colocação dos apliques.
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados