Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Make

Foto: Shutterstock

QUAL É O PROBLEMA DA SUA SOBRANCELHA?

Falhas, fios brancos, falta de forma e definição, irregularidade na espessura... São muitas as imperfeições que podem detonar a aparência das sobrancelhas, mas felizmente para todas há uma solução. Vem ver!

Volumosa e natural. Assim é a sobrancelha da moda em 2019, menos simétrica e um pouco mais grossa comparando com o design que imperou até hoje. Em inglês, são chamadas de fluffy brows, ou “sobrancelhas fofas”. Mas nem sempre a gente tem pelos suficientes ou um desenho favorável para seguir tendências, não é mesmo? A boa notícia é que tem jeito pra tudo e dá para transformar imperfeições em sobrancelhas perfeitas!

A seguir, vamos estudar caso a caso os problemas mais comuns e como resolvê-los, no entanto, antes aqui vai uma dica para quem é profissional: “Quando você recebe uma cliente com a sobrancelha detonada, o primeiro passo é conversar com ela para saber por que o design apresenta falhas. Somente após uma análise minuciosa, inclusive do formato do rosto da cliente, é que podemos indicar o melhor tratamento”, diz a cabeleireira e maquiadora Rosana Pinheiro, instrutora do Instituto Embelleze Aracaju (SE).

Sobrancelha com falhas

Os motivos de falhas no crescimento de alguns pelos podem ser ocasionados por vários fatores — a própria natureza, resultado de uma cicatriz ou de fios arrancados incorretamente.

#Solução:

Desenhar fios nas áreas falhadas. O preenchimento pode ser feito com maquiagem, usando lápis universal para sobrancelhas ou sombra em pó marrom-clara. Porém, antes de cobrir as falhas, com uma pinça, acerte o design da sobrancelha para o resultado ficar harmonioso, levando em consideração o formato do rosto. Depois, invista no make:

  • Usando um lápis bem apontado, desenhe traços levemente curvados e curtos, começando pelo canto interno da sobrancelha. Ou com uma sombra em pó e um pincel chanfrado, simule fios em toda a extensão, também a partir do canto interno.
  • Em ambas as técnicas, finalize a maquiagem eliminando o excesso de produto com uma escovinha. Passe-a suavemente penteando a sobrancelha.

 correção de sobrancelha falhada

Sobrancelha sem forma natural

O formato perfeito segue a linha dos olhos e os pelos não são removidos em excesso. O arco é sutil, suave e no lugar certo, ou seja, no local em que a lateral da ponte nasal cruza com o canto externo da pupila do olho.  Uma sobrancelha sem a forma ideal pode estar reta, triangular ou parecendo uma vírgula.

#Solução:

  • A sobrancelha reta é aquela em que o arco nunca existiu, ou que desapareceu devido à remoção excessiva de pelos. É o formato mais difícil de corrigir com lápis ou sombra. O ideal é deixar os fios crescerem novamente e recorrer a um profissional para criar o novo arco.
  • A linha triangular demonstra que o arco foi feito no lugar errado, distante demais do olho. E isso pode ocorrer quando o ângulo de crescimento dos pelos é modificado no arco. O visual dá a impressão de pálpebras inchadas ou olhos vesgos. Corrija preenchendo o vão sob a sobrancelha e removendo alguns fios para que o arco fique com uma curva interna maior.
  • Uma sobrancelha removida excessivamente, começando com uma pequena bola no canto interno é a “sobrancelha vírgula”. Normalmente comete-se esse erro quando os pelos no canto interno crescem para cima e o restante cresce para fora. Para minimizar e suavizar o ângulo, preencha o vão com sombra em pó dando mais volume à sobrancelha.

correção sobrancelha sem forma

Sobrancelha muito fina

Um dos problemas que mais incomodam, pois não emoldura os olhos e envelhece o rosto, além de fazer o nariz parecer maior e deixar os olhos muito separados. “Na maioria das vezes a sobrancelha afina porque as pessoas tiram os fios de forma aleatória, sem ter certeza de onde o arco deveria estar e desrespeitando o alinhamento natural. Ao tentar acertar, acabam removendo os pelos em excesso. É como a sobrancelha fosse se perdendo...”, explica Rosana.

O mais recomendado é ir engrossando devagar o desenho com maquiagem ou pigmento até os fios crescerem novamente e a sobrancelha ganhar “corpo” para, posteriormente, ser definida da forma correta por um bom profissional.

#Solução:

  • Preencha e engrosse um pouco a sobrancelha que restou com uma sombra em pó de cor suave (marrom acinzentada). Aplique com um pincel chanfrado  imitando o sentido do crescimento dos pelos.
  • Ou use henna, que tem um efeito mais duradoura que a maquiagem — uma semana — e é ótima para encorpar os fios acrescentando volume. O designer de sobrancelha é o especialista mais indicado para o trabalho, pois consegue imprimir um efeito natural. Após a limpeza da pele, a henna é aplicada nos pelos, seguindo o formato que desejar. O retoque deve ser feito a cada 10 ou 15 dias.
  • Você pode tentar estimular o crescimento da sobrancelha massageando a região diariamente para o aumento da circulação sanguínea e nutrição dos fios. Um jeito de fácil de fazer isso é pentear os pelos com uma escovinha macia.

correção de sobrancelha com henna

Sobrancelha muito grossa

Aqui o problema é mais simples de resolver, já que não há falhas. O melhor a fazer é procurar um designer de sobrancelhas para criar um formato harmônico com o rosto.

#Solução:

  • A sobrancelha pode ser delineada, e assim parecer menos grossa, com pinça ou depilação com linha (o método é mais preciso e menos dolorido).
  • Como as sobrancelhas grossas são mais expressivas, cuidado na hora de depilar. Arranque os pelos alternadamente de cada lado para uniformizar uma sobrancelha com a outra.
  •  Fios muito compridos, que aumentam ainda mais o volume da sobrancelha, podem ser aparados com uma tesoura específica — fio a fio.

correção de sobrancelha com linha

Sobrancelha curtinha

Ela deixa o olhar triste e sem muita expressão.

#Solução:

  • Encontrar o design mais indicado para o rosto e defini-lo com maquiagem ou henna.
  • Usar um sérum fortalecedor de sobrancelhas, à base de aminoácidos, peptídeos e queratina, que estimula o crescimento dos fios.

 

Sobrancelha com fios brancos

Os brancos devem ser pigmentados com tinturas apropriadas para as sobrancelhas — a henna não cobre pelos que perderam a melanina. “Vale lembrar que o fio da sobrancelha é diferente do cabelo da cabeça, portanto é fundamental utilizar coloração específica para não causar alergias e irritações de pele nem provocar a queda das sobrancelhas”, alerta Rosana. 

#Solução:

  • Se a sua pele é clara, use uma tintura de sobrancelha castanho-médio.
  • As morenas podem ficar com o castanho-escuro.
  • O preto nunca é uma opção, pois deixa o resultado fake.

 correção sobrancelha com fios brancos

Sobrancelha rebelde

Fios arrepiados ou ondulados comprometem o desenho correto da sobrancelha. O jeito é usar métodos que ajudem a domar e organizar esses pelos rebeldes.

#Solução:

  • Penteie os fios, alinhando-os no desenho. Se precisar, conte com um pouquinho de gel fixador para mantê-los no lugar. Corte-os fios que ficarem fora do alinhamento com uma tesoura específica.
  • Para manter os pelos no lugar, use diariamente um gel de sobrancelhas, aplicando-o com uma escovinha de rímel.
  • Passar um sérum hidratante todos os dias, de manhã e à noite, amacia os fios rebeldes e ajuda a mantê-los sob controle.

 

Um design perfeito para cada rosto

 design de sobrancelha

 

As sobrancelhas não muito arqueadas são neutras e combinam com todos os formatos de rosto. Mas quem procura um design perfeito, que dê harmonia ao visual, pode seguir estas dicas...

Rosto redondo: para que ele fique mais alongado, desenhe uma sobrancelha levemente arqueada. Evite sobrancelhas finas e arredondadas para não correr o risco de ficar com o contorno ainda mais arredondado.

Rosto quadrado: definir um arco na sobrancelha é fundamental para desviar o olhar da mandíbula angulosa.

Rosto triângulo invertido: esse formato combina com sobrancelhas levemente arredondadas para que ele pareça menos amplo na parte superior da cabeça. Quanto mais arqueadas forem as sobrancelhas, mais pontudo fica o rosto na parte de baixo.

Rosto oval: harmoniza com vários desenhos de sobrancelhas. Aposte nas arqueadas (sem exageros) para levantar o olhar.

Rosto longo: a dica é escolher o design reto, pois o arco dá a impressão de rosto ainda mais alongado.

 

 

Como definir as sobrancelhas e preenchê-las com maquiagem

 como preencher as sobrancelhas

1.Penteie as sobrancelhas para alinhar os fios.

2.Pegue um palito de unha e apoie-o na lateral do nariz verticalmente. O ponto em que ele passa rente à sobrancelha é onde ela deve ter início. Caso sua sobrancelha seja mais curta do que o ponto em que o lápis está, você deve preenchê-la com lápis ou sombra.

3.Agora, com o palito ainda apoiado na lateral do nariz, leve-o em direção ao meio da sobrancelha. Ele deve cruzar o canto externo da pupila. Esse é o ponto em que a sobrancelha deve se curvar ou formar um arco.

4.Desloque o palito em direção à ponta externa da sobrancelha. O ponto em que ele tocar o osso da sobrancelha é onde ela deve terminar. Caso sua sobrancelha não alcance o palito, você deve preenchê-la, assim como fez no canto interno. Se ela ultrapassar, basta tirar os pelos excedentes.

5.Penteie os fios para cima e, caso tenha algum muito comprido, desalinhando o design, apare-o cuidadosamente com uma tesoura específica.

6. Com um lápis cor universal ou sombra em pó marrom acinzentado, preencha as falhas tendo em mente esses pontos. Respeite o sentido de crescimento dos fios na hora de simular os pelinhos.

7.Esfume o desenho com uma escovinha, passando-a sobre os pelos no sentido horizontal, de baixo para cima.

8.Ilumine a pálpebra superior, rente à sobrancelha, do centro ao canto externo, com um pó iluminador. Isso ajuda a destacar o arco.

 

 

Tags

designer de sobrancelhas, sobrancelhas, sobrancelha perfeita, design de sobrancelha, passo a passo design de sobrancelha

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

TOP 5 BARBAS DA MODA
A barba sempre fez parte do universo masculino, como sinal de virilidade, poder, classe social e até cultura. Mas, atualmente, exibir uma bela barba é sinônimo de charme e autenticidade. Hoje, cor, forma e textura dos pelos têm a ver com estilo. Porém, vale lembrar que quem ostenta um “rosto peludo” precisa manter alguns cuidados diários de lavagem e hidratação para não parecer desleixado e anti-higiênico. Lavar o rosto de manhã e à noite é fundamental para prevenir coceiras e irritações, de preferência, com um xampu específico para barba. É que o produto contém ingredientes que não enfraquecem nem ressecam os fios, além de proporcionar um perfume agradável. Depois da limpeza, hidratação nela, para evitar pontas duplas e ressecamento! Use um balm (à base de manteiga de karité ou óleo de argan, que hidrata e ajuda a modelar) ou um óleo (líquido, é mais fácil de aplicar. Basta uma ou duas gotas para amaciar os pelos e deixá-los assentados). Na dúvida sobre quais modelos estão em alta em 2019 e para quem são indicados, o professor de barbearia Diogo Victor, do Instituto Embelleze unidades Sobradinho e Planaltina (DF), preparou um top 5 barbas da moda que vai facilitar a sua vida na hora da escolha como cliente ou como barbeiro profissional. 1. Barba com laterais altas   Nas temporadas anteriores, as barbas eram desenhadas respeitando uma linha imaginária da orelha até o canto da boca. Agora, a tendência é deixar as laterais mais altas, juntando com as costeletas. “Esse modelo adiciona muita personalidade à barba e ao rosto. Você pode deixar os fios subirem um pouco sobre as maçãs do rosto, a ponto de criar um ‘vão’ sem pelos aparentes entre as laterais e o bigode”, explica Diogo. A finalização mais alta na bochecha pode ser desenhada com lâmina, delimitando bem o fim dos fios com a pele, ou os pelos podem ser cortados em degradê à máquina, fazendo uma transição suave. O estilo é recomendado para quem não tem barba volumosa. 2. Barba na linha do maxilar   No fim dos anos 1990, as barbas desenhadas começaram a fazer sucesso e a febre continuou por todo o início de 2000. O modelo concentra os pelos (aparados) na ponta do queixo e na linha de contorno do maxilar. Esse delineado, conhecido como jawline, em inglês, pode ser marcado, desenhado com lâmina, ou feito de forma mais livre, com um degradê. “Só tome cuidado para não desenhar uma linha muito fina de barba”, alerta Diogo. “Quem tem barba falhada, com regiões onde não crescem bem os pelos, é o candidato ideal para esse estilo”, indica o expert.   3. Barba quadrada   Engana-se quem pensa que com a barba quadrada o rosto vai ficar com ângulos muito marcados, com o mesmo aspecto da figura geométrica. A barba tem esse nome por conta das linhas retas de contorno e combina muito bem com o corte de cabelo undercut. “Para fazê-la, você precisa deixar os pelos crescerem e ganharem um volume considerável, pois o corte é feito em camadas nas laterais com diferentes níveis de pentes; depois é criada uma linha bem delimitada na região do maxilar e do pescoço, no sentido do queixo”, revela Diogo. Você pode apostar tanto num bigode aparado quanto num bigode definido e volumoso.   4. Barba bagunçada   Um pouco cansados da barba desenhada, em 2018 alguns homens começaram a surgir com os pelos menos desenhados e crescidos de forma irregular. O visual ganha força este ano e já faz mais adeptos. A barba levemente bagunçada é cortada em degradê e tem tamanho médio – portanto, é indicada para homens que geralmente ficam bem barbudos. Pode exibir um bigode ou um cavanhaque mais volumoso, que não segue o corte em camadas da barba. Uma característica marcante deste modelo são os pelos um pouco mais revoltos na região lateral e não tão aparados (certinhos) com barbeador, criando assim o ar de rebeldia.   5. Barba ralinha   Se você tem pouco pelo ou uma barba com muitas falhas vai cair como uma luva neste estilo, que não é uma novidade, mas vem com tudo em 2019.  “Mas atenção: ter uma barba rala não é deixar os fios crescerem de maneira aleatória. Você pode apará-la com um barbeador, uniformemente, ou criar um degradê em áreas com falhas, diminuindo as imperfeições”, finaliza Diogo. Interessado em conhecer outras tendências para a beleza masculina? Confira a matéria sobre os novos cortes de cabelo para crespos, ondulados e lisos e saiba também como funciona o método barboterapia, que já virou febre nas barbearias.  
> Leia mais
Alongamento de unhas em gel: por que é o preferido
Sabrina Sato, Rihanna, Demi Lovato, Fergie e quase todo o clã Kardashian ostentam unhas longas e lindas de gel. O material se tornou o preferido das famosas por uma série de bons motivos: deixa a curvatura da unha com aspecto natural, não descola, é hipoalergênico e não tem cheiro. De acordo com Rafella Coffoni, analista de produtos do Departamento Pedagógico do Instituto Embelleze, os alunos que fazem o curso de alongamento de unhas no Instituto Embelleze aprendem as principais técnicas para executar o serviço com excelência, como unhas de porcelana, de acrílico, de acrigel, de pasta acrílica, de gel e francesinha permanente. “Todas dão bons resultados, mas o alongamento de gel é o mais vantajoso atualmente.” A porcelana é o material mais antigo e dentre os fatores que a deixaram ultrapassada estão a possibilidade de prejudicar a saúde das unhas. Pode provocar alergias, enfraquecer as unhas naturais, ter menor durabilidade comparada a métodos mais modernos (como o gel e a fibra de vidro) e, por último, devido ao forte odor dos produtos usados na aplicação. No entanto, a porcelana é a melhor para quem rói as unhas, pois a estrutura áspera do material incomoda em contato com a boca. A durabilidade é de duas a três semanas. As unhas de acrílico também são clássicas. Por ter alta resistência e durabilidade, o material ainda é muito usado. Porém, a técnica exige bastante habilidade do profissional, já que as unhas são moldadas uma a uma no tamanho e no formato desejado com uma espécie de massa de secagem rápida (um mix de pó acrílico e monômetro líquido). O acrigel é a combinação de pó acrílico e gel, modelado sobre um molde ou extensor colado na unha natural. A presença do acrílico deixa o gel um pouco mais ríspido, o que pode interferir no resultado final. Dura de 2 a 3 meses. O alongamento com filamentos de fibras sintéticas de vidro também é realizado com molde e é recomendado para unhas fracas e quebradiças. Dura até seis meses. A desvantagem é o preço (o método mais caro) e a aplicação muito demorada (duas horas). Gel, o método do momento A prótese de gel ganhou a preferência na indicação das manicures profissionais, porque é um método sem contraindicações, além de oferecer o que todas as mulheres querem: a impressão de unha natural. Como não provoca alergias ou outros danos às garras, pode ser feito em qualquer pessoa. A durabilidade do material é outro ganho: fica intacto por até seis meses e também aumenta a vida útil do esmalte, que geralmente não descasca nem craquela. Mas para você ter toda essa vantagem garantida, é necessário recorrer à manutenção com um profissional especializado a cada 20 ou 30 dias, dependendo do seu estilo de vida. Caso contrário, há o risco de enfraquecimento das unhas naturais. Na verdade, isso acontece com qualquer procedimento e você não deve abrir mão de procurar um estabelecimento de confiança, ok? A colocação das unhas de gel é simples, veja passo a passo: 1 - A unha natural é limpa para retirar resíduos de esmalte ou base e lixada. 2 - Em seguida, é aplicado um desidratador, que limpa a oleosidade da região. 3 - A prótese ou tip (um extensor para o alongamento) é colocada na ponta da unha natural e, depois, cortada e lixada no tamanho desejado. 4 - Uma lixa polidora é passada na superfície para nivelar a unha. 5 - Agora é a aplicado um primer em toda a extensão da unha e, na sequência, é a vez do gel. Ele é passado sobre a unha em finas camadas, sempre de forma lisa e uniforme. Ao final de cada camada é necessário colocar as mãos em um aparelho de luz UV para secagem do gel. 6 - A unha é lixada no formato desejado e recebe um gel fixador. 7 - A cutícula já pode ser retirada e as unhas esmaltadas normalmente. 8 - O procedimento completo pode levar até uma hora e meia para ser concluído. Prático e versátil Uma vez colocadas, as unhas de gel podem permanecer aplicadas por tempo indeterminado, desde que você faça a manutenção adequada com a manicure profissional. Isso quer dizer que é preciso visitar o salão a cada 20 dias, em média. Em comparação com a unha natural, a de gel é bem mais dura, permitindo dar formatos que só são possíveis em superfícies resistentes, como o stiletto ou a bailarina. Enquanto você estiver com a unha de gel, você pode remover o esmalte e aplicar outro normalmente, em casa mesmo, pois o removedor comum não estraga a aplicação. Cuidado especial Nunca retire a unha de gel em casa. São necessários removedores e lixas especiais, que só o profissional possui. Se você se arriscar sozinha, pode provocar o enfraquecimento das suas unhas, quebra e descamação. Outro cuidado é que as unhas de gel não devem ser retiradas e colocadas com frequência, pois isso também acaba danificando a unha natural. Respostas às principais dúvidas sobre alongamento de unhas A expert Rafella Coffoni esclarece os dramas mais comuns das clientes: Para quem é indicado o alongamento de unhas? “Todas as pessoas podem se submeter aos métodos, desde que estejam com as unhas naturais saudáveis. Unhas que apresentam descolamento, dor, coceira ou vermelhidão com foco infeccioso devem ser tratadas previamente. Gestantes e pessoas em tratamento médico não têm recomendação.” Depois do alongamento, o que pode ser feito e o que deve ser evitado? “Com cuidado, qualquer atividade pode ser realizada normalmente após o procedimento, como lavar a louça, praticar exercícios, digitar, pegar objetos... Apenas atividades de impacto, como jogar vôlei, por exemplo, ficam proibidas. O ideal é que, depois do alongamento, a cliente primeiro se adapta ao novo comprimento das unhas para agir sem preocupações no dia a dia. Uma dica é aprender a usar a ponta dos dedos em vez das unhas.” De quanto em quanto tempo é preciso fazer retoques? Tudo depende da técnica que foi utilizada, mas em geral é preciso voltar ao salão após 15 a 21 dias. Dê preferência para o mesmo profissional que realizou o alongamento em você. Na manutenção, o especialista vai, por exemplo, nivelar as unhas, retirando a diferença do espaço onde a unha natural cresceu, corrigir alguma imperfeição e renovar o esmalte.” Dá para mudar a cor do esmalte em casa?  “Sim, mas desde que você nunca use acetona, que descola a unha de gel. O correto é aplicar removedor de esmalte.” Quem usa alongamento de unhas pode tirar a cutícula? “É possível remover a cutícula, sim, porém sempre após o procedimento de alongamento e nunca antes.”    Gostou de saber tudo sobre alongamento de unhas? Então compartilhe com a sua rede de amigos ;) Saiba mais sobre este e outros cursos profissionalizantes do Instituto Embelleze no site www.institutoembelleze.com  
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados