Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Make

Como cuidar da pele no frio? 4 cuidados essenciais para essa época do ano

Conheça alguns cuidados para adotar durante os dias mais frios do ano e evitar desconfortos

Quando a temperatura começa a cair, durante o outono e o inverno, a nossa pele fica mais sensível e ressecada. Sabe o motivo por trás disso? Nossa pele no frio possui um comportamento diferente. Além da queda das temperaturas e a baixa umidade do ar, nós bebemos menos água e tomamos banhos mais quentes (e mais longos). Tudo isso afeta diretamente a nossa pele!

1. Evite banhos muito quentes

Água caindo do chuveiro com vapor quente

É normal que durante o frio, a temperatura da água do banho aumente, mas cuidado: a água quente remove a proteção natural da pele, o que ocasiona a pele seca no inverno, deixando-a mais sensível.

2. Cuidado com os produtos utilizados na sua pele durante o frio

Close na perna de uma mulher fazendo esfoliação a seco

É importante redobrar os cuidados na hora dos cuidados tanto do rosto, quanto do corpo! Devemos evitar produtos que contenham álcool ou fazer esfoliação, pois isso pode deixar a pele ainda mais ressecada e causar desconforto.

3. Hidrate muito sua pele

Mulher branca com toalha na cabeça hidratando o rosto e se olhando no espelho

A pele do rosto tende a ser a mais prejudicada durante o frio, pois fica desprotegida, diferente da pele do corpo. Dessa forma, é importante hidratar o rosto, pelo menos, duas vezes ao dia com hidratantes mais potentes. Mas claro, não se esqueça de hidratar o corpo também! Evite o uso de muitos produtos, foque no básico do dia-a-dia, para evitar o efeito rebote.

4. Não esqueça que a hidratação vem de dentro

Mulher negra bebendo água e comendo salada

Apesar de diminuirmos o consumo da água no frio, é importante tentar manter esse hábito em nossa rotina! Uma boa dica é beber chás, já que além de nos manter hidratados, também ficamos quentinhos e aproveitamos suas propriedades. Outro ponto importante é a alimentação. Uma alimentação balanceada possui um papel importante para manter a saúde da nossa pele, e alimentos ricos em vitamina C, como frutas e verduras, desempenham um papel muito importante em nosso sistema imunológico, foque neles!

Agora que você já conhece todos os cuidados essenciais durante o frio, que tal colocar eles em prática no seu dia a dia?

 

 

Tags

Dicas

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

FRANJA: ESCOLHA O ESTILO QUE COMBINA COM O SEU ROSTO
Tem coisa que nunca sai de moda, não é mesmo? Podem passar anos e anos que sempre cai bem. Assim é com a franja, que não perde espaço no universo da moda e da beleza. Os vários estilos vão e voltam, mas estão sempre aparecendo nas cabeças das celebridades e de homens e mulheres que buscam um visual diferente. Peraí, homens? Sim! Eles também se renderam aos encantos das franjas, principalmente as longas, que estão em alta em alguns cortes. Mas por que será que a franja é tão bem-vista por tanta gente? Simples! Ela tem fama de trazer um ar jovial, além de se desdobrar em diversas opções. Ou seja, ideal pra quem quer rejuvenescer e dar aquele ar moderno à aparência. Por isso, é muito comum alguém aparecer com franja no trabalho após um feriado prolongado, na volta das férias da faculdade ou até mesmo após superar uma fase difícil na vida. É como se ela expressasse aquela sensação de “Mudei”, “Sou outra pessoa”, “Nova fase”. E o melhor é que funciona mesmo! Não faltam elogios e comentários para quem resolve aderir à onda da franjinha. Portanto, todo profissional precisa estar super por dentro das tendências e também dos modelos tradicionais de franja, sempre pronto para sugerir a melhor opção aos clientes. Aí vai uma ajudinha com os tipos de franja mais pedidos no momento... Franja tradicional É o formato mais comum e um dos mais usados. Cortada em camadas densas e compactas, na altura da sobrancelha, ela tem uma aparência reta. Esse estilo é ideal para quem não pretende ousar muito, mas não abre mão de uma boa mudança. Dica: é perfeita para rostos em formato oval ou triangular. Franja lateral É aquela cortada em camadas que se iniciam na altura dos olhos e terminam na ponta do nariz, deixando bastante volume na lateral. Ideal para quem quer destacar o olhar e dar aquele ar moderno ao rosto. Indicado às clientes que desejam um aspecto um pouco mais volumoso no cabelo. Dica: funciona muito bem em rosto quadrado.     Franja repicada Nesse tipo de franja, os fios são repicados de dentro para fora, sempre abaixo da sobrancelha. As laterais ficam um pouco mais compridas, por isso é perfeita com penteados presos, como coques e rabos de cavalo. Dica: vai bem em quase todos os formatos de rosto, mas não é indicado aos mais arredondados.   Franja desconectada É aquele tipo mais curtinho, acima da sobrancelha. Os fios são desfiados deixando a franja lateral, porém cobrindo toda a testa. A aparência desconectada deixa o visual mais fashion e atraente. Dica: combina com quase todos os tipos de rostos, mas deve ser evitada nos redondos.   Gostou das opções? Então, você também vai gostar de saber que tem muito mais dicas sobre cortes, penteados e tendências de cabelos no curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
COMO SE BARBEAR CORRETAMENTE
Um ato tão corriqueiro para os homens, como o barbear, pode se tornar pesadelo quando surgem inflamações, ardência, irritação e pelos encravados no pós-barba. Ninguém merece! Mas dá para evitar todos esses incômodos se você se munir das ferramentas certas e do ritual que prepara a pele para a navalha ou a lâmina. O instrutor Emerson Ferreira, do Instituto Embelleze de Brasília (DF), dá todas as dicas. Acompanhe! Comece com a limpeza da pele Não, não pule esta etapa! Não é bobagem nem perda de tempo. É que ao lavar o rosto (de preferência com um xampu próprio), a gordura da pele, juntamente com a sujeira, é eliminada o que evita inflamações. E não é só: essa limpeza já suaviza e hidrata os pelos da barba, preparando-os para serem eliminados mais facilmente. No enxágue, use água morna para ajudar a dilatar os poros. Aplique creme de barbear “Embora exista creme e espuma, eu prefiro o gel de barbear, pois acho que ele permite um deslize melhor da navalha sobre a pele, evitando cortes”, diz Emerson. Seja qual for a sua escolha, não ignore esse passo, pois é o produto que vai proteger a sua cútis de eventuais danos na hora de passar a lâmina para arrancar os rígidos pelos da barba. Estima-se que são cortados até 25 mil pelos ao barbear e o corte rente sem proteção pode provocar, no mínimo, irritação, ok? Escolha navalha ou lâmina Se você não sabe se barbear com navalha ou nunca tentou, esqueça e invista numa boa lâmina. É que o corte dela é poderoso e, por isso mesmo, o risco de se cortar é grande. Então, deixe para se submeter ao primoroso acabamento a navalha na barbearia, sob os cuidados de um profissional. Em relação à lâmina, escolha uma que se adapte melhor ao seu rosto e cuide bem do aparelho. Não use os que estão sujos ou desgastados, pois oferecem maior risco de falhas, cortes e irritação. Como saber se a lâmina está adequada? Fácil: se você não tiver que forçar as passadas para tosar os pelos nem sentir puxões ou desconforto, não precisa trocá-la. Faça o corte perfeito Passar a lâmina no sentido do crescimento dos fios evita a irritação da pele e o risco de encravamento dos pelos, porém não é eficiente no quesito efeito de pele lisinha e suave. Se você faz questão de um barbear rente, faça então a barba no sentido contrário ao crescimento. Analise primeiro em que direção o pelo cresce esfregando sua mão no rosto. A direção que oferecer resistência indica o sentido contrário ao crescimento do pelo. Depois, lave o rosto com água morna e aplique o gel ou o creme de barbear. Aguarde três minutos para os fios amolecerem e, daí, passe a lâmina primeiro no sentido do crescimento. Reaplique o gel e raspe novamente, agora no sentido contrário. Use pós-barba Para ajudar a pele a se recuperar da agressão da lâmina, aplique no rosto limpo um hidratante pós-barba. Não é frescura! Ele ajuda a reparar o tecido, formar uma película protetora, amaciar a pele e prevenir inflamações.      BARBEAR DA PELE SENSÍVEL Especialmente quem faz a barba todos os dias acaba desenvolvendo a sensibilidade da pele, devido ao atrito da lâmina. O resultado é ardor e bolinhas avermelhadas. A solução é se munir de produtos para pele sensível e, antes de se barbear, fazer uma compressa com toalha quente para amolecer bem os pelos e facilitar o corte. Depois aplique a espuma ou o gel normalmente. Escolha um aparelho de barbear com lâminas bem juntas para ajudar a reduzir a pressão e, assim, provocar menos irritação na pele. Procure raspar com movimentos leves e suaves, sem imprimir força, e passe a lâmina no sentido do crescimento do pelo. Só raspe no sentido contrário nos pontos em que os fios estão aparentes ou espetando. Deixe para barbear a região ao redor do lábio por último para que dê tempo de os pelos ficarem de “molho” na espuma ou no gel de barbear, enfraquecendo assim os fios. Terminada a tarefa, enxágue o rosto com água fria, seque-a suavemente e use uma loção pós-barba calmante.   Para saber mais sobre como se barbear e outros cuidados com a beleza masculina, como modelagem e designer de barba, aparo de pelos faciais, cortes de cabelo e muitos outras técnicas de transformação, faça o curso Barbeiro Academy Hair. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.  
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados