Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Unhas

Fotos: Shuttersctock

Vantagens da cutilagem russa para clientes e manicures

A cutilagem russa traz um diferencial para o serviço de manicure e benefícios para os clientes: sem riscos de corte, é ideal para diabéticos e a manutenção é quinzenal. Saiba tudo sobre o método

As mulheres russas são conhecidas no mundo inteiro por dois motivos: a beleza física e as unhas saudáveis. Tanto que grandes marcas de cosméticos de tratamento de unhas e cutículas são, originalmente, vindos da Rússia. E sabe qual é um dos segredos das russas nesse quesito? O modo de retirar a cutícula! Em vez de usar alicate, como nós, elas usam tesourinha. Neste post, vamos falar sobre essa técnica que, aliás, está bombando nos últimos meses por aqui e ainda pouca gente conhece. É a cutilagem russa ou manicure russa.

No procedimento, o bom e velho alicate de cutícula é substituído por uma tesourinha própria para a região e uma lixa elétrica cilíndrica, que lembra uma broca. “Em vez de simplesmente empurrar ou mesmo cortar a cutícula com o alicate — o que normalmente favorece exageros por ser uma ferramenta muito cortante, estimula o crescimento contínuo da película e pode levar à retirada acidental de ‘bifes’ —, na cutilagem russa o profissional elimina delicadamente e com cautela o contorno da unha com a tesoura e a lixa”, explica Vanessa Castro, instrutora do curso de manicure do Instituto Embelleze unidade Santo Amaro, São Paulo (SP). Some a esses benefícios o fato de não ter mais aquelas “peles levantadinhas” crescendo em volta da unha, já que a cutícula não será removida, apenas aparada.

A cliente fica feliz...  

A manicure russa pode ser feita nas unhas das mãos e dos pés, e praticamente não há contraindicação. “Mas pode-se dizer que nos casos de cutículas muito finas e de diabéticos, a técnica é altamente indicada, por permitir ao profissional mais controle e delicadeza”, destaca Vanessa Castro. A técnica parece mesmo ser tudo de bom: além de reduzir a praticamente zero o risco de cortes, a manutenção é quinzenal, diferentemente do procedimento feito com alicate, que geralmente requer idas semanais ao salão. Isso, porque, como só é retirado o excesso de pele com a tesourinha, sem arrancar a cutícula, não há um crescimento acelerado e regular, dessa pele. Resultado: com o tempo, a cutícula que vai cobrindo a unha deixa de ser um fator antiestético. No final das contas, o procedimento quinzenal não chega a representar uma contenção de custo, já que o valor da cutilagem russa é dobro da manicure tradicional — o que fica elas por elas. Por outro lado, tem o ganho de tempo, já que as visitas ao salão são quinzenais.

Se durante a quinzena a cliente reclamar do desbotamento do esmalte (já que vai levar mais tempo para ela voltar para o salão), sugira que ela aplique um top coat antes de terminar a quinzena, para dar um up na cor e no brilho das unhas. Ah, e repita para ela a velha e boa dica (superútil) de usar luvas durante os afazeres domésticos para preservar ainda mais o esmalte.

Uma dica: ressalte os benefícios da cutilagem russa listados aí acima para as suas clientes apostarem na novidade! Ok, a gente sabe que não é nada fácil mudar a tradição do alicate, tão forte para as brasileiras. Mas o protocolo russo tem todo potencial para fazer a cabeça das mulheres e cair no encanto. Num primeiro momento, é comum que algumas clientes nem queiram conhecer a cutilagem russa por “ter ouvido falar” que se trata de um procedimento caro. Então, é aqui que entra a habilidade do profissional de explicar tudo direitinho, com detalhes.  

O profissional em manicure sai ganhando...

Investir na cutilagem russa é um diferencial para a carreira de manicure. Isso mesmo. É preciso acompanhar as novidades e tendências para ser visto de forma diferente e até se tornar uma referência no domínio de técnicas moderninhas entre as clientes. A cutilagem russa é uma excelente oportunidade para dar um up no seu menu de serviços. Apesar de ser um procedimento que já existe, a febre é agora! Conclusão: vai ganhar quem oferecer o serviço do momento. Sem contar que o espaço de beleza que sai na frente com novidades desse tipo ocupa outro patamar no mercado, muito acima de quem continua oferecendo o básico. Há mais chances de fidelizar clientes com serviços exclusivos ou diferenciados. E, claro, o profissional também se torna especial, tendo uma formação acima da média, especialmente nesse caso que envolve saúde por se tratar de cuidado com as cutículas. O profissional inspira confiança, credibilidade.

Cutilagem russa passo a passo  

Entenda, a seguir, como é feita cada etapa da técnica que é sucesso e, depois, é só se lançar para experimentar!

1

O esmalte (ou resíduos) é retirado com removedor sem acetona. Depois, as unhas são molhadas suavemente com água. Após enxugadas, recebem um hidratante. Quanto mais grossa e grande a cutícula, mais tempo é necessário para o produto agir e amolecer a estrutura. Já as cutículas mais finas nem precisam tanto desse recurso do creme, é opcional.

2

Em vez de utilizar a espátula para empurrar a cutícula, na cutilagem é usada a broca, que nada mais é do que uma lixa cilíndrica elétrica. Esse é o grande lance da manicure russa. A função dessa ferramenta é levantar a película, facilitando a etapa seguinte (corte com a tesourinha), e polir a unha, removendo as peles que ficam aderidas à superfície.

3

Com a cutícula suspensa e descolada fica muito mais fácil removê-la com a tesourinha, que tem uma curvatura na ponta que acompanha a anatomia dessa estrutura de pele. Lembrando que, no caso de cutículas muito finas ou discretas, nem é necessário remoção com a tesourinha, basta o polimento com a broca.

4

A partir daqui a esmaltação é feita normalmente, conforme o método de cada profissional.  

 

Gostou? Deixe o seu comentário e compartilhe o post com a sua rede de amigos!

 

Tags

cutilagem russa, manicure, unhas, saúde das unhas, alicate, cuidado com as unhas, curso de manicure, Instituto Embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Os melhores truques de maquiagem para disfarçar imperfeições
Toda mulher, ao se maquiar, quer se sentir mais bonita e jovem, além de exibir um rosto iluminado, com um tom de pele uniforme. E, claro, também quer disfarçar os pontos que desvalorizam a beleza, como olheiras escuras, testa grande, nariz largo, papada... Quando não trabalhados, ou da forma errada, podem colocar o visual a perder, por mais incrível que esteja o make. Para conseguir um efeito impecável, basta lançar mão de truques de maquiagem poderosos. A seguir, confira as dicas para disfarçar imperfeições. Problema  - Olheiras escuras De acordo com Stefany Barros Ribeiro, instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas (GO), geralmente a região das olheiras tem, por natureza, três pigmentações: fundo de cor arroxeada/azulada, avermelhada ou amarronzada, dependendo do tom de pele de cada pessoa. Stefany conta que, nesse caso, o truque de maquiagem deve seguir os princípios da colorimetria. Para isso, basta usar o círculo cromático, ou seja, as cores complementares que estão opostas na circunferência cromática universal – elas conseguem se anular quando colocadas juntas. Solução – “Para disfarçar o tom arroxeado da pálpebra inferior, a cor ideal do corretivo é o amarelo; e se a olheira tiver uma tonalidade azulada, o produto ideal para corrigir deve ser laranja, puxando para o coral”, explica a professora. “Para as peles morenas, o corretivo mais indicado é o laranja ou o salmão”, ensina Stefany. Na prática: o certo é usar o corretivo antes da base para já neutralizar o tom da cútis. Depois, aplique a base e, na sequência, siga o processo normal de preparação da pele. Anote outros truques preciosos... Finalize com um corretivo natural. Mesmo tendo disfarçado a cor da olheira com o corretivo colorido, passe a base, finalize a correção da pele aplicando um pingo de corretivo da cor exata da sua pele e espalhe dando leves batidinhas com o dedo. Mas não arraste o produto, deposite-o dando as batidinhas para garantir um efeito mais natural e duradouro, em direção à raiz dos cílios e ao ossinho das maçãs do rosto. Prefira a versão líquida dos corretivos. Os cremosos e em bastão geralmente têm uma consistência mais grossa que tende a deixar as linhas de expressão ainda mais evidentes, tendo efeito contrário, já que a ideia é disfarçar os sinais. Super truque de maquiagem, não é mesmo? Para saber a quantidade certa de produto. Aplique o corretivo aos poucos e vá observando o resultado da camuflagem, se a região continuar destoando do tom do rosto, siga em frente e adicione mais um pouquinho, sempre com cuidado para não extrapolar na quantidade. No caso de notar a região muito marcada, vá com calma e se for preciso retire levemente um pouco do produto, pois isso indica que a cobertura está exagerada. Pó translúcido para finalizar. Dê uma selada na cobertura com pó translúcido solto sem cor, aplicado com um pincel pequeno e fofo (depois de tocar o pó com o pincel, retire o excesso de produto na palma dão mão antes de levá-lo ao rosto para evitar exageros, aplique na região das olheiras e maçãs do rosto). Esse truque de maquiagem além de deixar o resultado mais natural garante um efeito duradouro, sem precisar de retoques.   Problema - Papada O volume embaixo do queixo pode ser hereditário ou consequência de ganho de peso. Seja qual for a origem, sim, é possível tornar essa região menos visível só com truques de maquiagem. Solução – “O disfarce mais indicado é um contorno com pó ou base com dois tons mais escuros que a cor da pele. Utilizando um pincel próprio para esses produtos, realce a linha da mandíbula fazendo um contorno de orelha a orelha, caprichando embaixo do queixo”, ensina Stefany. O truque de maquiagem disfarça bem o volume excessivo da região. Ah, não se esqueça de finalizar esse efeito com um pó compacto ou translúcido (conforme sua preferência) da cor da sua pele para dar o acabamento natural.   Problema  - Manchas Elas podem ser crônicas, como o melasma (escuras e geralmente na testa, nas bochechas e no buço); tipo rosácea, uma disfunção de melanina que deixa a tez com um tom rosado; ou temporárias, como espinhas, cravos e cicatrizes recentes de acne. Solução – O truque de maquiagem para a camuflagem das manchas segue o mesmo princípio do disfarce das olheiras: neutralizá-las com o corretivo certo. Sendo assim, o primeiro passo é identificar o tipo de mancha. Manchas avermelhadas (rosácea, espinhas) - Podem ser escondidas com um corretivo verde. Manchas arroxeadas (hematomas ou vasinhos aparentes) - São amenizadas com corretivo amarelo. Manchas marrom (melasma) - A cor-chave do corretivo para disfarçar é o amarelo. Manchas amareladas (origem diversa) – Neutralize com corretivo lilás. Manchas acinzentadas (processos cicatrizantes) – Podem ser camufladas com corretivo na cor salmão, que funciona divinamente nas peles claras. Nas peles mais morenas e negras, o mesmo problema pode ser disfarçado com um corretivo salmão intenso, puxando para o laranja.   Pele uniforme e luminosa Depois de aplicar o corretivo ideal, use uma base no rosto inteiro. Em seguida, por cima de cada mancha camuflada, coloque um pingo de corretivo da cor exata da pele (com a ponta do dedo, em leves batidinhas). Isso vai uniformizar ainda mais o tom da cútis. Para dar o acabamento, sele todas essas camadas de base e corretivo com um pó translúcido solto, transparente, que precisa ser espalhado suavemente com um pincel bem fofo. O top maquiador Marcos Costa (SP) tem um truque de maquiagem superútil para evitar o excesso de produtos corretivos de pele. “Se alguém elogiar sua base, corra e lave o rosto! O que tem de aparecer é o resultado sutil da maquiagem bem-feita e não o produto”, enfatiza o expert.   Problema - Rugas Esse é o terror de nove entre dez mulheres. As rugas pesam o semblante e são (sim!) sinônimo de uma aparência envelhecida. Mas como para tudo tem um jeito, a dica de ouro aqui é evitar o exagero de make e optar por texturas leves; caso contrário, base e corretivo ficarão acumulados nos vincos realçando ainda mais o problema. Socorro, nem pensar! Solução – “Evite alguns tipos de produtos, como bases muito secas e de alta cobertura. Cosméticos mais emolientes, que trazem sensação de hidratação e com cobertura (textura fluida), são os mais indicados. Um leve efeito cintilante também ajuda a disfarçar os sinais pela ilusão de ótica que promove”, pontua Stefany, do Instituto Embelleze. “Para selar a pele, escolha um pó solto (jamais um pó compacto), pois ele é fino e favorece um acabamento mais leve”, ensina Stefany, que também enfatiza a importância da hidratação da pele, tanto no dia a dia quanto um pouquinho antes de começar o make. “Quem tem mais linhas de expressão, geralmente possui a pele seca e sem viço e mantê-la hidratada pode amenizar essa característica”, justifica a expert.    Problema - Rosto largo, bochechas grandes, testa grande ou nariz “batatinha”. Todas essas regiões têm uma característica em comum: formação óssea proeminente. De acordo com a instrutora do Instituto Embelleze Goiânia-Campinas, o truque de maquiagem para disfarçá-las e tornar o rosto mais harmônico é trabalhar o contorno dessas áreas com pó compacto ou base com dois tons mais escuros que a cor natural da pele. Solução – “Geralmente o rosto largo tem a mesma proporção entre as laterais da testa e a mandíbula, nesse caso aplicamos o contorno nessas extremidades para disfarçar o desenho largo e quadrado. Para amenizar o volume das bochechas, o contorno deve ser aplicado na cavidade baixa das maçãs em direção à linha da boca, o que dá profundidade à região e, assim, disfarça o problema”, entrega Stefany. Já a testa grande é facilmente suavizada com este truque de maquiagem: faça o contorno mais escuro nas têmporas e laterais da testa em direção ao cabelo – tudo muito sutil. O “nariz batatinha” pode parecer mais arrebitado e fino, aplicando o pó escuro nas laterais, com um pincel de sombra, indo desde o canto interno da sobrancelha até a base da narina. Para afinar o nariz inteiro, é só passar o pó escuro também na pontinha do nariz e esfumar bem. Feito isso, aplique um iluminador na linha central (ossinho) do nariz, mais ou menos do meio até a ponta. Agora que você já virou uma expert nesses truques de maquiagem, que tal aprimorar a sua habilidade num curso de maquiagem profissional? Você pode usar os seus conhecimentos em você mesma, nas amigas, como empreendedora e dona do próprio negócio de maquiagem! Informe-se sobre a capacitação em uma das unidades do Instituto Embelleze, que tem várias histórias de sucesso — uma delas pode ser a sua!
> Leia mais
Não erre na maquiagem para pele negra
As mulheres negras estão mais empoderadas do que nunca e ganhando cada vez mais espaço na TV, nas mídias sociais e no nosso cotidiano, em diversas frentes. A atriz Sheron Menezes, que interpreta a personagem Gisele na novela Bom Sucesso, da TV Globo, as cantoras Iza, Ludmila e Gabi Amarantos, a apresentadora Karol Conka e a jornalista Maju Coutinho, são verdadeiros ícones dessa beleza forte que faz e acontece em diversos segmentos da sociedade. Nesse contexto de sucesso estrondoso ou simplesmente no nosso dia a dia, temos que considerar um fator essencial que ajuda (e muito!) a manter essa visibilidade e reconhecimento da beleza negra: uma bela maquiagem, que também pode ser um ponto a favor para uma entrevista de emprego, um encontro com o crush ou mesmo na hora da balada com as amigas. Tudo pede um make bem-feito, ainda que simples! Pode ser só uma pele uniforme e cílios alongados; ou a pele impecável com um batom lindo. Seja como for, o preparo da cútis é fundamental em qualquer estilo de maquiagem. Outra ideia para arrasar é unir pele, olhos e lábios divos na mesma maquiagem. Para nos ensinar e nos inspirar, a lindíssima youtuber Marisa Lopes (@blogmarisalopes) mostra como fazer uma maquiagem para pele negra com um resultado extremamente natural e bonito, sem parecer artificial. E, atenção, meninas: nada de truques para clarear a cútis – a questão aqui é justamente valorizar a cor natural da pele negra que, além de linda, representa uma parte expressiva da população feminina brasileira. Como escolher a base certa da maquiagem para pele negra Assim como para as mulheres de pele clara, o conflito de acertar o tom da base ronda também as negras na hora de comprar o produto certo. Isso acontece porque o resultado precisa ser muito natural, esse é o dilema, portanto a cor correta é aquela que mais se assemelha ao tom original da cútis, simples assim. *Para acertar na escolha da base para a maquiagem da pele negra, esqueça o dorso da mão, a parte interna do antebraço e todas as regiões amplamente sugeridas por aí. Faça o teste aplicando um pouquinho do produto no maxilar, assim você já analisa como ficará o tom da base onde ela será aplicada efetivamente, isto é, no rosto. “Teste sempre dois tons, um ao lado do outro, dessa forma é possível ver com clareza que uma das cores é mais indicada, por ser mais natural”, explica Marisa Lopes. *A youtuber é categórica quando o assunto é cor de fundo. “Base com tom rosado é melhor evitar nas peles negras, pois a tendência é deixar a cútis com uma cor acinzentada, o que não é legal para o resultado do make”, avisa ela. *Outro ponto importante: como a pele negra tem uma tendência a ter manchas com tons diferentes, por conta de mais ou menos concentração de melanina em determinadas áreas, o ideal é o uso de uma base de média a alta cobertura, de maneira que ela fique com uma cor homogênea. As versões de leve cobertura, geralmente não uniformizam o tom da cútis como deveriam, deixando alguns sinais em evidência na maquiagem para pele negra. Passo a passo da maquiagem para pele negra Com a pele uniforme e iluminada e um contorno impecável, basta aplicar um lip balm nos lábios, com uma cor levinha (ou nem tanto, depende da preferência de cada uma) e uma máscara poderosa para cílios. Pronto: cútis corrigida, rosto iluminado e com ar de saúde. “Esse é um look incrível para qualquer ocasião. Pode usar sem medo de errar”, sugere a youtuber Marisa Lopes, que a seguir ensina passo a passo todos os detalhes desta maquiagem para pele negra (veja o tutorial no final do post). Vamos lá!   Sobre a pele limpa, aplique um hidrantante. Agora passe um primer na zona T (testa, nariz e queixo) e espalhe indo do centro para fora do rosto, com um pincel duo fiber.   Com um pincel próprio, aplique uma base de média a alta cobertura em todo o rosto.    O corretivo pode ser aplicado também entre as sobrancelhas, em cima do “coração” do lábio superior e no queixo. Em seguida, espalhe com uma esponjinha para deixar o efeito bem fluido. Para fazer o contorno facial, aplique o pó mais escuro ona região que “circunda” as maçãs. Aplique com um pincel fofo com a ponta reta e espalhe com uma esponjinha. O que restar de produto, aplique no contorno da testa, indo de uma têmpora à outra, na região rente ao cabelo.   O pó matificante que sobrar na esponjinha, passe no ossinho do nariz, partindo da área entre as sobrancelhas. Selar a maquiagem faz com que ela dura em boas condições por mais tempo. Para evidenciar ainda mais o contorno, com um pincel de blush, aplique o mesmo pó mais escuro que a pele na área que circunda as maçãs do rosto e no contorno da testa.. Aplique o blush na região mais alta das maçãs – dê um sorrisinho e passe na área volumosa, tomando o cuidado de dar uma suave misturada com o produto aplicado para fazer o contorno. Para finalizar, passe camadas generosas de máscara preta nos cílios. Nos lábios, use um batom líquido claro com um fundo roxinho, se o make for para o dia. Caso seja para noite, ouse mais com os tons vermelhos e suas nuances ou um belíssimo batom marrom, bem harmônico com a tonalidade da pele.   10 dicas para arrasar no visual No caso da Marisa, ela usa um tom de base mais escuro, porque o seu rosto é mais claro do que o corpo, assim ela evita que haja uma diferença de tonalidades, especialmente em relação ao pescoço e colo, para não correr o risco de ficar deselegante. Para selar a pele é preciso testar alguns tons e tipos de pó. Marisa diz que, dependendo do pó translúcido, pode acontecer de deixar a cútis levemente esbranquiçada, o que na maquiagem para pele negra resulta em um efeito artificial, puxado para o acinzentado. Marisa utiliza um pó que tende para o amarelo, conhecido como pó banana. “Acho que supercombina com o tom da minha pele, mas cada uma tem que testar o que fica melhor para si”, aconselha ela. Não é legal passar o pó banana no rosto todo, pois pode ficar muito claro. Para selar o rosto prefiro um pó da cor da minha pele, assim não tem erro de refletir no flash ou de deixar o visual mais claro. É importante que a base seja aplicada antes do corretivo. “Ela retira toda a luz e o contorno naturais da pele e o corretivo traz isso de volta”, destaca Marisa. Contorno para a pele negra é muito difícil de ser encontrado, principalmente em pó que é o mais sutil e elegante. “Mas quem não conseguir encontrar, pode se jogar nos cremosos que tem boas opções no mercado”, frisa a youtuber. Marisa, particularmente, prefere uma pele matificada. Mas para quem curte um efeito glow, ela sugere deixar o pó de lado e usar uma base mais hidratante — quando for finalizar, espalhe uma bruma fixadora com brilho suave. “Produz um efeito lindo na pele”, garante a expert. Na maquiagem para pele negra, o blush ideal deve ter dois tons: um malva (que pode até puxar para o roxo) e um “larajinha”. O primeiro é mais indicado para makes elaborados, perfeitos para a noite. Já o blush laranja é ideal para dar aquele toque de saúde durante o dia. Os tons mais indicados de iluminador para a maquiagem da pele negra são o dourado e o bronze. Tudo o que sair dessas nuances pode não ter o efeito glow desejado. O batom ideal para as negras é o vermelho bem fechado e escuro, como o vinho, o roxo ou o marrom, que deixa um efeito nude chiquérrimo nos lábios. Nesta maquiagem para pele negra, Marisa optou por não maquiar o côncavo dos olhos, mas ela garante que qualquer cor de sombra combina com a pele negra: para o dia a dia, tons de laranja, amarelo ou um marrom clarinho caem bem. Já para a noite, ela sugere roxo, preto um marrom-escuro – tons que deixam os olhos mais marcados. “Um rosa também fica lindo”, afirma.   Animada para se transformar numa maquiadora de sucesso e arrasar com as amigas? Faça o curso de maquiagem profissional do Instituto Embelleze: é rápido, reconhecido internacionalmente e já capacitou mais de 2 milhões de alunos.
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados