Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Make

Fotos: Divulgação

Maquiagem corretiva passo a passo

O top make-up designer Anderson Bueno ensina uma maquiagem corretiva que afina o rosto, realça ângulos de beleza e deixa o visual mais bonito

Não comece o make dos olhos e dos lábios sem, antes, preparar a pele. Ok, isso você já sabe. Mas não basta aplicar uma boa base em todo o rosto se você quiser impactar. O segredo dos maquiadores profissionais é harmonizar a face marcando alguns pontos com um jogo de produtos escuros e claros. É a famosa maquiagem de marcação ou de contorno que já foi revelada por celebridades, como Kim Kardashian, e influencers na Internet. Mas apesar de a maioria das mulheres conhecer a técnica, nem todas sabem executá-la, o que pode colocar o resultado a perder.

O método de maquiagem corretiva usando marcação ou contorno nada mais é do que utilizar base, corretivo ou pó mais escuros e mais claros que o tom natural da pele para disfarçar ou valorizar detalhes do rosto. Os produtos iluminados sempre ressaltam alguma área e os escuros, diminuem. Por exemplo: uma marcação abaixo das bochechas com base escura tende a afinar o contorno do rosto e do nariz.

Difícil? Que nada! Para não ter erro, observe no espelho o formato do seu rosto e pontue as regiões que gostaria de corrigir. Uma boa indicação para quem quer virar expert na técnica é procurar o curso de maquiagem do Instituto Embelleze. Lá, além de aprender todos os truques da maquiagem corretiva, você também entende sobre as diferenças entre os diversos tipos de produtos, como aplicá-los corretamente e muito mais. E por falar em cosmético, a escolha dos itens para a maquiagem corretiva é bem pessoal. Você pode usar base e corretivo em texturas que combinam com a sua pele, como líquida, pó ou cremosa. No entanto, as versões em pó são sempre mais fáceis de aplicar, especialmente para quem é principiante.

Aprenda agora como fazer a maquiagem corretiva com o top make-up designer Anderson Bueno, expert também em maquiagem artística. Mãos à obra!

Passo a passo: veja como fazer uma marcação de rosto para arrasar no make!

maquiagem corretiva

1 - Pele limpa e hidratada, aplique uma bae no mesmo tom da sua pele em todo o rosto. Depois, passe uma base clara nas áreas que você quer iluminar. As mais comuns são centro da face e área das olheiras.

maquiagem corretiva  maquiagem corretiva

2 - Usando uma base dois tons mais escura que a sua pele (ou bronze), marque a testa rente à raiz do cabelo, as têmporas, as laterais do nariz, abaixo da maçã do rosto e o contorno do maxilar.

maquiagem corretiva

3 - Com um pincel kabuqui ou de fibra dupla, esfume bem todos os produtos, fazendo uma fusão entre as cores. Isso é só para evitar que as marcações fiquem em evidência.

maquiagem corretiva

4 – Aplique, em todo o rosto, pó translúcido para dar fixação e um acabamento acetinado.

maquiagem corretiva

5 - Espalhe uma sombra bege-escuro ou marrom nas pálpebras para dar profundidade aos olhos. Nos lábios, passe um batom cor de boca; finalize o make com um blush marrom.

Tags

maquiagem corretiva, passo a passo, maquiagem, make de contorno, maquiagem profissional, corretivo, iluminador, base

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

MAKE PARA PELE NEGRA
No Brasil, por causa da miscigenação, o tipo afro traz na pele muitas nuances de cor. Normalmente, exibe tons mais claros no centro do rosto e mais escuros na testa e em volta da linha facial. Assim, para equilibrar as tonalidades, é necessário compor uma mistura de bases, trabalhando com critérios de claro-escuro.O mais importante ao maquiar uma pele negra, é ter cuidado com a tonalidade escolhida, para que não deixe a noiva com a pele acinzentada”, explica a professora de maquiagem Evelyn Maia, do Instituto Embelleze de Angra dos Reis. Confira o passo a passo desta maquiagem para pele negra 1 - Corrija a pele, se necessário, com um corretivo amarelo. 2- Iguale o tom de todo o rosto com uma base dois a três tons acima da pele. Aplique-a nos pontos de iluminação (centro da face) e também no contorno, bem de leve. 3- Para fixar e potencializar a tonalidade da sombra, use um corretivo bem claro na pálpebra e corrija a sobrancelha com um tom de sombra marrom acinzentado.   4 - Passe sombra marrom no côncavo e, na pálpebra móvel, use duas tonalidades de sombra: dourado (na parte interna) e cobre (na parte externa).   5 - Dê acabamento aplicando um delineador rente aos cílios. O delineador em gel é muito mais prático.   6 - O ponto de luz no cantinho interno da pálpebra ajuda a iluminar o olhar. Aplique uma sombra cintilante ou um pouco de glitter furta-cor.   7 -Use um blush na tonalidade terracota e um batom nude.   Confira aqui o resultado!              Agradecimentos: Instituto Embelleze de Angra dos Reis. Professora do curso de Maquiagem: Evelyn Maia; Modelo: Yana Assis.   Venha se tornar um expert em maquiagem fazendo nosso curso de Maquiagem Profissional! Visite-nos numa unidade mais próxima de você.
> Leia mais
SAÚDE DAS UNHAS
É verdade que no salão a gente gosta de bater papo e de relaxar para se afastar das preocupações. Mas prestar o mínino de atenção em algumas coisas, dar aquela geral no ambiente (especialmente se é sua primeira vez) antes de se sentar na cadeira, é essencial para não colocar a sua saúde em risco. Repare nestes cuidados ao fazer as unhas na manicure:  O profissional utiliza luvas? E máscara? O alicate está embalado individualmente e armazenado em local exclusivo, com controle da data de validade da esterilização? Você recebe um kit individual de lixas e palitos? Consegue ver uma autoclave no ambiente? As toalhas são trocadas a cada novo atendimento? Esses itens são obrigatórios num estabelecimento, pois são a garantia de que a saúde do cliente não será colocada em risco.   Questão de saúde Uma pesquisa especializada, da enfermeira Andréa Schunck, mostrou que, em São Paulo, uma em cada 10 manicures tinham hepatite. E sabe qual é uma das principais razões? A maioria não sabe esterilizar corretamente os instrumentos de trabalho, não utilizam luvas, desconhecem os procedimentos de higiene e as instruções da ANVISA. Boa parte desse problema se deve à carência de profissionais capacitados. Muitas manicures ainda não possuem um curso de formação profissional. Aprenderam a esmaltar e cortar cutícula sozinhas, sem saber que para ser manicure é preciso ter conhecimento nas áreas de microbiologia, biossegurança, equipamentos de proteção individual, fisioanatomia da pele e das unhas. Para evitar a contaminação de doenças infectocontagiosas, tanto a manicure quanto o cliente devem estar atentos aos cuidados de biossegurança. “Fungos, bactérias e vírus patogênicos são responsáveis por diversas doenças que podem ser transmitidas em um salão de beleza, quando medidas de biossegurança não são seguidas à risca. “Cumprir o que a ANVISA determina, tornou-se uma obrigação para todas as manicures”, afirma a gerente educacional do Instituto Embelleze, Marília Saveri. “O salão de beleza tem a obrigação de cobrar que as carteiras de vacinação de seus profissionais estejam em dia e de cobrar a utilização dos equipamentos de proteção individual (EPIs), como luvas, máscaras e jalecos. A esterilização dos instrumentos e o descarte de lixo devem seguir os protocolos estabelecidos”, ressalta Marília. Mais do que proporcionar um bom atendimento ao cliente, com simpatia e cordialidade, mais do que conhecer as técnicas de cuticulagem e esmaltação, uma manicure profissional deve zelar pela integridade, pela segurança e pela saúde.   Veja também como manter as unhas bonitas e fortes!Conheça o curso de Manicure e Pedicure Profissional ou visite uma Unidade Embelleze mais próxima de você.  
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados