Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Barbearia

Fotos: Shutterstock

Botox capilar para homens

O botox capilar já chegou às barbearias e aos salões de beleza para fazer a cabeça dos homens. Veja como o tratamento deixa o cabelo deles bonito e sem frizz

Passar um bom tempo em frente ao espelho e ostentar fios bonitos e bem cuidados não é mais exclusividade das mulheres. De uns tempos pra cá, os homens resolveram assumir sua vaidade e se dedicar mais aos cuidados com a beleza. Super de boas! Tanto que a febre do momento é o botox capilar masculino, uma tendência que está bombando entre os procedimentos feitos por eles nas barbearias e nos salões. Rodrigo Lima, diretor artístico do salão Circus, de São Paulo, com duas unidades na região da Paulista – uma na Augusta e outra na Pamplona – credita essa mudança de comportamento a uma nova postura. “O homem está se cuidando muito mais e procurando meios para manter um estilo, a saúde e o bem-estar. E, claro, que nessa busca entra uma primazia com o visual, para deixar o cabelo com bom caimento, sem frizz e com um brilho bacana. É visível como aumentou a procura por procedimentos que deixam os cabelos mais estruturados e alinhados”, pontua o cabeleireiro, proprietário do espaço que já tem 50% de homens entre a sua clientela.

Mas atenção antes de correr em busca do botox capilar: o tratamento pode ter nomes diferentes conforme a região do país, podendo ser chamado também de plástica dos fios ou escova orgânica. E mais: é o mesmo tratamento que já faz sucesso entre as mulheres há algumas temporadas. Saiba tudo sobre o assunto agora.

Como funciona

O botox capilar tem como principal vantagem devolver componentes perdidos pelo cabelo no dia a dia, como ceramidas, queratina e lipídeos. Também fecha as cutículas do fio, aquelas escamas protetoras, trazendo brilho e alinhamento à fibra capilar, além de garantir uma hidratação potente. “É importante lembrar que o botox capilar não necessariamente alisa o cabelo, mas sim reduz volume e frizz”, destaca Rodrigo Lima.

Para quem é indicado

Homens que não têm química nos cabelos possuem poucas restrições — a maioria é liberada para fazer essa técnica de tratamento. O formato do cabelo também não implica em nada, seja reto, seja ondulado. Por outro lado, é sempre válido uma análise e diagnóstico do cabeleireiro antes de optar por qualquer procedimento para definir se o cabelo realmente precisa do procedimento ou não. Muitas vezes, a mudança de um produto no cotidiano já resolve, mas só mesmo um profissional especializado para falar.

É importante lembrar que em casos de problemas, como queda de cabelo ou afinamento excessivo do fio, é bom se consultar como um médico previamente para determinar a possibilidade da realização do botox capilar. “Tome cuidado também com a mistura de químicas! Não é recomendável fazer o botox capilar em cabelo descolorido ou com outras químicas”, aconselha Rodrigo Lima.

botox capilar

Manutenção

Vai depender do efeito desejado, mas em linhas gerais, na maioria dos casos, os retoques são feitos em média, a cada dois meses. Novamente é importante lembrar que o produto utilizado é que define essa variação. “O número de lavagens interfere diretamente também, porém se considerarmos que a maioria dos homens lava o cabelo todo dia, a média do tempo de duração do tratamento é de 30 a 40 dias”, mensura Rodrigo Lima.

Alguns cuidados no dia a dia não estendem o tempo de duração do procedimento, mas aumentam o grau de satisfação com o efeito desejado do botox capilar como, por exemplo, manter a hidratação semanal e evitar produtos anti-resíduos para não mandar embora os ativos utilizados no salão. A dica básica para garantir o realinhamento capilar e preenchimento da fibra é escolher uma linha de xampu e condicionador com ação de plástica dos fios ou que contenham ceramidas, colágeno, arginina e queratina na fórmula.

Para turbinar a hidratação, use máscara com efeito de reconstrução do cronograma capilar uma vez por semana (ou de acordo com indicação do cabeleireiro).

 

 

Tags

botox capilar, cabelo crespo, cabelo afro, tendência, penteado, barbeiro profissional

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

BARBOTERAPIA: O TRATAMENTO DA VEZ
Não é só um bom corte de cabelo o responsável pela beleza masculina. A barba também conta, porque faz parte do conjunto do rosto. Uma barba malfeita pode fazer um lindo corte passar despercebido. Para você que tem interesse pessoal ou profissional no assunto, se liga na barboterapia. Já ouviu falar? O QUE É BARBOTERAPIA É uma técnica que modernizou o jeito antigo de fazer a barba, cuidando dos pelos da face com um conceito de spa. Na barboterapia, além do corte e apara da barba, o profissional faz esfoliação e hidratação da pele com toques de relaxamento, o que ajuda a evitar o ressecamento, diminuir o aparecimento de pelos encravados e acelerar cicatrizações. É aquele empurrãozinho que faltava pra quem tem barba grande não passar a impressão de uma aparência relaxada e, pra quem exibe a barba curtinha ou zero, manter a pele hidratada, saudável e livre de irritações. O método traz uma série de benefícios para o cliente, pois o tratamento é individualizado e realizado de acordo com as necessidades de cada pessoa. Os produtos e materiais utilizados pelo barbeiro são específicos para a barboterapia — os itens facilitam o barbear, ajudam a pele a se restabelecer e a ainda dão conforto e bem-estar ao cliente. O resultado do tratamento é uma barba perfeita, bem alinhada e em harmonia com os traços do rosto. A barboterapia é uma excelente técnica para fidelizar os clientes que procuram cuidar da barba de maneira especial (diferente do básico que se faz em casa) e ainda por quem busca no cuidado um momento de bem-estar.     Quer aprender técnicas variadas para atender com excelência seus clientes? Então conheça o curso de Barbeiro ou visite uma unidade do Instituto Embelezze mais próxima de você.
> Leia mais
ESMALTE NEON: APRENDA A USAR SEM ERRO
Foi lá nos anos 1980 que as cores neon ou fluorescentes estiveram no auge em roupas, acessórios e na maquiagem. Tempos depois, foram ofuscadas pelo minimalismo da moda e só voltaram à cena nos anos 2000 (mas sem muita adesão). Agora, em 2019, elas ressurgem com força total, já que pintaram nas passarelas em muitas grifes durante as semanas de moda nacional e internacional.  Estilistas famosos, como Marc Jacobs, Carolina Herrera, Wagner Kallieno e André Sampaio, não pouparam na cartela de cores iluminada e elegeram principalmente o laranja, o amarelo, o verde e o rosa fluorescentes para tingir suas peças da coleção de verão. Neon nas roupas, no make e... nas unhas! Nas passarelas, o visual dos anos 80 predominou em roupas e na maquiagem – um exagero fantástico, que resultou eletrizantes blocos de cor. Modelos cruzaram o palco com as pálpebras em uma única cor neon ou com até duas nuances combinadas. Uma dica para quem quer se inspirar, mas tem medo de arriscar e ficar neon demais: experimente só um delineado gatinho fluorescente e bastante máscara para cílios preta. O seu olhar vai parecer mais discreto, sem passar despercebido. Nas ruas, as famosas não poupam a tendência e já desfilam o colorido neon e muita ousadia por aí. As irmãs Kim e Khloé Kardashian e Kilye Jenner são as maiores entusiastas do hit fluo – sinal de que a moda vai pegar! Veja só as roupas e as unhas vibrantes delas! Fotos: Reprodução/Instagram Amarelo é o hit O destaque para o amarelo tem a ver com o sol que irradia intensamente nesta estação do ano. Mas rosa, verde e laranja também estão em alta – na moda e na manicure.  Tanto para o dia, quanto para a noite. O que determina a ocasião é a forma como você compõe o look: com itens básicos ou mais glamourosos. O look total fluo ou monocromático é uma das formas de usar a tendência sem errar. Ou seja, ao escolher uma roupa amarela, por exemplo, invista no esmalte também amarelo neon. Um bom exemplo é a modelo americana Bella Hadid, que usou a combinação lindamente no desfile da Dior. Foto: Reprodução/Instagram A ideia neon ainda é muito over para você? Então dê um toque somente nas unhas — tá aí uma boa recomendação que você, manicure profissional, pode fazer para aquela sua cliente basiquinha. A instrutora de unhas artísticas Kelly Neves, do Instituto Embelleze-Belém do Pará, afirma que muitas clientes dela ainda ficam inseguras quanto aos tons fluorescentes. “Para elas, indico apostar em nail art neon ou escolher apenas uma unha para aplicar essa cor (nesse caso, as outras unhas devem ficar num tom neutro).” Na ponta dos dedos A responsável pela manicure de Bella Hadid é a nail artist internacional Nelly Ferreira, que dá uma dica para usar o amarelo ou outro tom neon sem estranhar o resultado final: “encontre a matiz que melhor se adapta ao seu tom de pele”. Peles claras ficam bem com nuances abertas e iluminadas, como amarelo canário. Peles escuras combinam com tons mostarda flúor. Outro segredo é escolher o comprimento e o formato de unha certos para chamar mais ou menos a atenção. Para Kelly, os estilos bailarina, stiletto e amendoado deixam as unhas mais em evidência. Unha curta e arredondada ou levemente quadrada é discreta. Unha longa na forma amendoada, bailarina ou stiletto é mais chamativa. Khloé Kardashian, por exemplo, não abre mão da unha longa e perfeita. Atualmente ela exibe o formato squareletto, que é uma versão do stiletto com ponta quadrada (square). Manicure profissional Existem algumas dicas para quem está a fim de adotar o neon ou sugerir para a cliente. A instrutora Kelly Neves conta os segredos... Uma maneira de fazer o esmalte durar na unha é polir a sua superfície com lixa própria antes de passar a base. Ah, e prefira uma base fosca. Antes de aplicar o esmalte fluorescente, espalhe uma camada de esmalte branco opaco. Isso ajuda a tornar a cor ainda mais vibrante e iluminada e com um resultado igual ao tom que aparece no vidrinho. O esmalte neon perde o brilho muito fácil, então use um top coat ou verniz de qualidade, que ajuda a manter o brilho intacto. Na dúvida sobre pintar ou não as unhas de neon, comece aos poucos. Esmalte só os pés, que podem ficar escondidos quando você quiser dar um tempo no fluorescente, ou use o neon apenas na ponta das unhas da mão, no estilo francesinha. Mas daí, opte por deixar o comprimento com base transparente e ponha cor somente nas pontinhas mesmo. Não esmalte a mão de amarelo e o pé de rosa, por exemplo. O neon já é chamativo, então deixe tudo numa cor só. Na vida real, nail art ou adesivos combinados a esmalte neon não rolam. O visual fica carnavalesco demais. Embora a esmaltação neon seja ousada, ela é usável e tem tudo a ver com o verão, que propicia uma moda mais colorida, estampada e cheia de vida. Portanto, se quiser arriscar, o momento é agora! Quer aprender mais? Conheça o curso de manicure e pedicure profissional do Instituto Embelleze.
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados