Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Experts

Shutterstock

5 dicas de marketing para cabeleireiros

A propaganda é a alma do negócio. Então aprenda a divulgar os seus serviços e ser um profissional de sucesso com estas 5 dicas de marketing para cabeleireiros

Diante de um mercado de trabalho cada vez mais acirrado, precisamos ter um diferencial e nos comunicar com o cliente. Geralmente, o profissional capacitado e atualizado, que acredita no seu potencial e zela pela qualidade do seu serviço vai tirar de letra as dicas que daremos aqui. E, então, está pronto para começar?

1- Você precisa ter total conhecimento do mercado em que atua

Ou seja, antes de mais nada, precisa compreender as necessidades do público, estar atento às tendências, aos estilos, técnicas e novas possibilidades que estão sendo desenvolvidas. Nunca, em hipótese alguma, se acomode no que já aprendeu. Não ouse pensar que o conhecimento que possui é mais do que suficiente. Invista sempre em sua qualificação profissional.

2- Divulgue o seu trabalho sem cessar

Não tenha vergonha, aproveite todas as oportunidades para entregar folhetos, colocar faixas com promoções de cortes ou penteados e distribuir seus cartões de visita. Escolha um dia para fazer uma promoção especial e mande convite para seus clientes. As promoções costumam ser muito bem recebidas, desde que os serviços prestados não sejam diminuídos na sua qualidade por conta do preço. Neste momento, você só está interessado em divulgar o seu trabalho com competência e excelência, o resto é consequência.

3- Invista também nas redes sociais e conecte-se com seus clientes por meio de posts

Essa divulgação costuma ser muito bem aceita porque hoje em dia as pessoas utilizam muito a internet para se relacionar. Crie um grupo no Facebook, monte um site, promova a sua Fan Page e procure uma forma de ser lembrado mesmo que você não esteja de corpo presente.

4- Faça network

Essa dica é muito importante também. Relacionar-se é uma das melhores formas de sermos lembrados. Esteja no maior número de eventos que puder. Com o tempo, você será lembrado e requerido, só precisa de um tempo para tornar a sua marca forte. Mas, não se engane: a sua marca corresponde àquilo que você é e faz. Por isso, seja primoroso e trabalhe com responsabilidade.

5- Conheça o seu público

Pare e pense: quando algo ou alguém nos é muito valioso, o que queremos é conhecê-lo cada vez mais e melhor, não é mesmo? Por isso, trabalhar pela satisfação dos clientes é algo que faremos sem medidas. E como isso pode ser feito? Conhecendo seus gostos, necessidades e desejos. A partir daí, você terá todo suporte para trabalhar, saberá que tipo de serviço oferecer, levando em conta o poder aquisitivo desse público e suas condições de vida. Seja sempre amistoso, cuide para que este cliente fique à vontade no seu salão. Posteriormente, ele mesmo fará para você o marketing mais antigo, que é a boa e velha indicação boca a boca. Se ele sair feliz e satisfeito do seu salão, ele certamente voltará, mas não sozinho, trará um acompanhante para usufruir também de seus serviços e bom atendimento.

No curso de Gestão de Salões de Beleza você aprenderá sobre marketing e muito mais! 

Tags

marketing para cabeleireiros, marketing salão de beleza, profissional da beleza, mercado de trabalho, renda mensal, instituto embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Entenda como a rotina pode mudar a sua vida (para melhor!)
Você sabia que o seu cansaço, estresse e ansiedade podem estar diretamente ligados a falta de uma rotina? Vários estudos já comprovaram que a repetição diária de alguns comportamentos pode nos ajudar a sentir melhor - já que essa frequência de ações é responsável pelo funcionamento correto do organismo. Manter horários para dormir e acordar, comer, trabalhar e fazer exercícios faz com que o corpo mantenha um padrão e organize as chamadas funções metabólicas, responsáveis por liberar os hormônios. Desta maneira, podemos evitar situações de ansiedade e desorientação. A repetição também leva o corpo ao aprendizado, fazendo com que as suas ações tenham resultados melhores, como por exemplo ao estudar ou se exercitar. Mantendo o hábito dessas atividades você aprende melhor e sente mais rapidamente os efeitos esperados com os exercícios.         Rotina + planejamento: o combo perfeito Somar um planejamento a rotina é o ideal para alcançar resultados e isso ainda vai fazer com que você se torne uma pessoa mais flexível. Mas como assim? Pode não fazer sentido de primeira, mas quando nos planejamos conseguimos realizar tarefas com uma maior antecedência, o que dá maior liberdade para gerenciar os horários e se adaptar aos imprevistos (além de evitar dores de cabeça!). Existem várias maneiras de se planejar, o essencial é ter uma visão de todas os seus afazeres e a data em que precisa concluir. Eleja um local para anotar seus compromissos – pode ser em uma agenda ou no celular – e defina seus horários fixos, ou seja, aqueles que não vão mudar independente da data (como a hora de dormir, acordar e comer). Depois, faça uma lista com suas tarefas e encaixe no seu calendário. Lembre-se de separar um espaço para atividades que poderão surgir.   Eleja a prioridade de cada tarefa e separe um tempo para poder descansar, ficar com a família e amigos e fazer coisas que você gosta. Tirar um momento para o lazer é importante para renovar as energias e estimular a criatividade, que é essencial para lidar com os desafios do dia a dia.
> Leia mais
Alongamento de unhas: Tudo o que você precisa saber
A demanda pelos procedimentos de alongamento de unhas tem crescido diariamente - afinal, quem não quer ter unhas lindas, saudáveis e que duram por mais tempo? Mas, o procedimento conta com técnicas e acabamentos super diferentes que podem confundir na hora de encontrar o serviço ideal para você ou sua cliente. Além disso, se aplicado ou retirado de forma errada, o alongamento pode causar sérios danos às unhas naturais. Por isso, é importante sempre conhecer a técnica escolhida a fundo e usar os procedimentos corretos na hora de aplicar e retirar as extensões.  Quer saber mais sobre o alongamento? Vem conferir com a gente. O que é A prática de alongar as unhas é realizada desde a antiguidade. Civilizações da antiga China e do Egito utilizavam cascas de pistache ou de frutas secas, ouro, ossos e marfim para realizar o alongamento das unhas, que era visto como símbolo de status e nobreza. Hoje em dia, o procedimento é procurado para qualquer pessoa que queira aumentar o tamanho das unhas, mas é indicado apenas para quem mantém as unhas naturais saudáveis. Como já dissemos no início, existem várias formas de se fazer um alongamento, mas, em geral, todas as técnicas consistem na aplicação de materiais sobre a unha natural que formam uma outra camada, mais grossa e mais longa. Essa nova camada possibilita que as unhas sejam pintadas de qualquer cor e mantêm uma maior durabilidade da esmaltação, além disso, elas também quebram menos do que as unhas naturais, por serem mais grossas e feitas de material resistente. Diferentes tipos A moda das unhas postiças grudadas com cola passou e, no lugar dela e em conjunto com novas tecnologias, surgiram as técnicas de alongamento feitas para durar. São várias técnicas disponíveis no mercado, hoje falamos sobre as 3 mais utilizadas no Brasil: Unhas de Gel O alongamento de unhas em gel é feito à base de um gel fino e transparente que é colocado em cima das unhas naturais, formando uma camada mais grossa e comprida. O gel pode ser modelado da forma e tamanho que o cliente preferir, seguindo a anatomia das unhas naturais. Esse procedimento é um dos mais indicados para quem tem o costume de roer as unhas. A durabilidade das unhas de gel varia entre 15 a 20 dias, dependendo da conservação e qualidade dos materiais utilizados. Após esse período, é necessário retirar as extensões e realizar a manutenção. Uma câmara com lâmpadas de LED é utilizada para a secagem do procedimento e a esmaltação pode ser feita em gel ou com esmalte comum.   Unhas Acrílicas - Popularmente conhecida como Unhas de Porcelana  Apesar do nome, as unhas de porcelana são feitas da mistura de um pó acrílico com um líquido chamado monômero*. O formato é esculpido cuidadosamente para que as extensões se encaixem perfeitamente nas unhas naturais, deixando um acabamento super natural. O aspecto final é de brilho e grande durabilidade, por isso, as unhas feitas com pó de acrílico foram apelidadas de 'unhas de porcelana'. As unhas podem ser utilizadas durante o período de até 3 meses, com manutenções quinzenais. É recomendada a aplicação de um esmalte top coat para que não amarelem. Também pode ser utilizado a esmaltação tradicional, a esmaltação em gel, além dos pós acrílicos já coloridos que não necessitam de esmaltação. *Há dois tipos de monômeros no mercado, o EMA e o MMA. O EMA (ethil metacrilato) é o monômero indicado para os procedimentos de alongamento de unhas, é permitido pela ANVISA, porém, não é produzido no Brasil, portanto só há produtos importados com esse tipo de monômero, que tem sim um valor mais elevado em relação ao MMA. Banho de Gel O banho de gel ou “banho de verniz”, é uma prática que consiste em uma cobertura das superfícies com materiais como gel ou acrílico. Esse procedimento favorece o crescimento natural das unhas, evita quebras e ainda permite que o esmalte dure por muito mais tempo. Ele é uma alternativa estética para proteger as unhas naturais e deixar com aquela aparência saudável, além disso não é um alongamento, serve apenas como uma cobertura das unhas, que não envolve colas, o que se torna positivo para saúde das unhas - Essas técnicas são encontradas no nosso material didático – Riscos As unhas naturais são formadas por camadas de queratina – uma proteína responsável por formar estruturas no corpo humano. Quando o alongamento é feito é possível que essa queratina sofra alguns efeitos colaterais por estar em contato direto com produtos químicos e sem contato com o ar. Por isso é tão importante investir na qualificação profissional para esse tipo de serviço. Alguns dos efeitos que podem ser observados após a retirada dos alongamentos são unhas naturais mais finas, esbranquiçadas ou mais quebradiças que o normal. Todos esses sinais devem voltar ao normal após algum tempo sem as extensões. Entretanto, também podem acontecer problemas mais sérios, como a dermatite de contato – uma inflamação na pele quando em contato com produtos químicos. Ou até a proliferação de fungos e bactérias nas unhas, por isso, mais uma vez, o cuidado com a aplicação deve ser redobrado e o procedimento deve ser aplicado por profissionais qualificados. Em casos de maiores danos as unhas ou pele dos dedos, é necessário procurar por um médico dermatologista. Deve haver um preparo da lâmina da unha natural para receber o alongamento de unhas sem que haja prejuízos a saúde das unhas. As unhas devem ser limpas, lixadas e preparadas com produtos que impedirão a descamação e proliferação de fungos e bactérias nas unhas naturais que estiverem com alongamento.  A preparação das unhas e a manutenção no tempo correto é o necessário para que não haja danos na estrutura da unha natural. Mesmo com os possíveis riscos, as técnicas de alongamento disponíveis hoje em dia são super seguras quando aplicadas e retiradas por profissionais qualificados, além de terem um ótimo custo-benefício. Ficou ansiosa para oferecer estes procedimentos as suas clientes? Vem se tornar uma profissional especialista em alongamento de unhas com o nosso curso e conheça a unidade mais próxima de você!
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados