Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

Fotos: Shutterstock

7 tendências de maquiagem inverno 2019

A beleza da temporada será sofisticada e fashion ao mesmo tempo, com olhos e lábios destacados e muito brilho. Veja no tutorial como usar as principais tendências de maquiagem que vão bombar no inverno e acerte na indicação para as suas clientes

Assim como no verão, os anos 90 continuam influenciando a beleza no inverno. Na moda, a estação será marcada pela mistura de estampas, pelo romantismo dos babados, o animal print e o brilho de tecidos, como veludo e couro. Na maquiagem, os looks são inspirados em algumas trends retrô de sucesso, como os tons terrosos, os olhos delineados, os pigmentos metalizados e o efeito glossy. Pode parecer exagerado, mas não é. Usadas na dose certa e do jeito atual, essas trends deixam o visual chique e moderno. Confira agora as 7 tendências de maquiagem que você pode e deve usar nesta temporada, de acordo com Luciane Rios, instrutora do curso de maquiagem no Instituto Embelleze Foz do Iguaçu e Cascavel (PR).

1 Batom escuro

Ele é sexy e destaca bastante os lábios, portanto o contorno precisa estar bem delineado (se necessário, use um lápis labial de mesma cor que o batom). Se você tem rugas na região, evite os tons escuros. “Dentre as tendências de inverno estão o batom marrom, que combina com qualquer ocasião, e o vermelho fechado”, diz Luciane.

tendências de maquiagem

 

2 Tons terrosos x Coloridos

Dê uma pausa no lindo olho preto esfumado e invista na sombra marrom, o hit da temporada. Há espaço também para as tonalidades de rosa, coral e vermelho (puxando para o vinho). A paleta combina com qualquer tom de pele e é fashion usá-la dando destaque à pálpebra móvel.

tendências de maquiagem

 

3 Sombra metalizada

“Vale apostar no sutil brilho dos metais e, quem gosta de ousar, pode até arriscar produtos cintilantes”, avisa Luciane. Os tons metalizados de marrom são ideais para dar uma atualizada nos olhos e nos lábios, mas, se não quiser um look dramático, vá de nude metalizado. Quando usar uma sombra metalizada, prefira um batom neutro e mate, ou o contrário.

tendências de maquiagem

 

4 Cílios de boneca

“Sabe quando o rímel fica acumulado nos cílios, dando a impressão de estarem grudados ou empelotados? Pois o efeito está em alta nas tendências de inverno 2019. A dica é aplicar de duas a três camadas de máscara nos fios superiores e inferiores sem retirar o excesso de máscara da escovinha ou usar um pincel aplicador com cerdas longas e cheias.

5 Efeito glossy

A aparência de olhos ou boca plastificados, sucesso no verão, continua no inverno. A inspiração vem do final dos anos 90 e pode ser usada de dia ou à noite. Você pode investir em lábios glossy, obtido com batom cremoso (vinho ou marrom, que estão em alta) e uma camada de gloss transparente por cima, ou pálpebras glossy, feitas com sombra gloss específicas.

tendências de maquiagemtendências de maquiagem

 

6 Delineados

As tendências de inverno 2019 trazem para os olhos outro ponto de destaque: o delineado – de contorno, aplicado na linha d’água superior e inferior (com lápis marrom ou preto); e de delineador – simples ou gatinho (com delineador preto ou colorido). Se você gosta de ousar, arrisque um traço diferente, como o gatinho máxi ou linhas duplas.

tendências de maquiagem

7 Blush draping

A técnica se baseia em esculpir o contorno facial com blush, concentrando o produto das maçãs do rosto até as têmporas. O efeito é dado com dois tons de blush: um escuro, que deve ser aplicado da orelha em direção ao canto da boca, para afinar suavemente a face e definir ângulos; e outro mais claro, espalhado com movimentos circulares da parte alta das maçãs até as têmporas, como se fosse desenhasse um C. Com um pincel de esfumar, dilua bem os dois tons para que eles se fundam. Em relação às tonalidades, você pode apostar no blush marrom e no pêssego ou rosado.

tendências de maquiagem

 

Que tal agora ver como usar algumas dessas tendências de maquiagem em você ou em suas clientes? Confira as dicas de Luciane Rios, instrutora do curso de maquiagem no Instituto Embelleze Foz do Iguaçu e Cascavel (PR), no vídeo a seguir!

 


Tags

tendências de maquiagem, tendência, maquiagem profissional, curso de maquiagem

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Corte curto para lisos e cacheados
Quando uma mulher decide ir ao cabeleireiro para fazer uma mudança radical, a responsabilidade do profissional é imensa. Afinal, ela está entregando a “vida” dela nas mãos dele e, se arrepender depois, significa esperar muitos meses até os fios crescerem — e você não quer pagar o preço, né? Influenciadoras não faltam na mídia para estimular lisas ou cacheadas a passar a tesoura no cabelo! As atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme, Bruna Marquezine, Agatha Moreira, Mariana Rios, Leandra Leal e Regiane Alves se encheram de coragem, tosaram as madeixas e causaram o maior frisson. Deborah Secco ainda foi mais longe: além de encurtar, platinou os fios — uma supertendência em coloração nesta temporada. O sucesso do curtinho não é de hoje... O pixie, ou o bom e velho Joãozinho, já fez uma revolução nos anos 1950 quando as eternas divas Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor aderiram ao visual, quebrando paradigmas. Depois disso, o corte teve seus altos e baixos durante as décadas, mas chegou aos 1990 com força. “Na época, Winona Ryder, Gwyneth Paltrow e Halle Berry estavam no auge de suas carreiras e investiram no pixie cut trazendo a ele um ar mais moderno, com muita textura e desfiado”, lembra Rafaella Coffoni, analista de produtos do Instituto Embelleze (SP). Atualmente, o corte curto pixie volta com tudo e promete ser a tendência das próximas estações. O short bob, ou o Chanel batidinho, é uma releitura do long bob, que esteve em alta nas temporadas passadas: mais curto, na altura do queixo, assimétrico e cheio de atitude. Nos anos 1950 e 1960, Marilyn Monroe e Jackie Kennedy já usavam o short bob, mas com menos textura, camadas e desfiados. A finalização do corte no estilo messy hair (aquele cabelo bagunçadinho de propósito sabe?!) traz um ar despojado ao visual que tem tudo a ver com o momento em que vivemos de empoderamento feminino. Pixie cut para todas Existem muitas variações do corte curto pixie cut: com franja longa ou curta, desfiado, texturizado, com a lateral raspada... bem curtinho, como o boyish, ou um pouco mais longo, cobrindo as orelhas. As possibilidades são muitas! O pixie cut é um corte que pode ser feito em mulheres de todas as faixas etárias e em qualquer tipo de cabelo: liso, ondulado, cacheado ou crespo. Nos cacheados e crespos, é importante usar, no dia a dia, produtos que tratem e modelem os fios, como os ativadores de cachos. Vale lembrar que o pixie cut vem sendo muito adotado por mulheres crespas que estão em transição capilar. “No momento do big chop, ou seja, do ato de cortar toda a parte do cabelo com química (de alisamento, progressiva, relaxamento), elas investem no cabelo curto cheio de estilo”, diz Rafaella. Assim, ficam com o visual bonito até que os fios voltem a crescer de forma natural e saudável.     Short bob para todas Assim como o pixie, o short bob fica bem em mulheres jovens e maduras e em todos os tipos de cabelo. Mas, aqui, também é essencial apostar nos finalizadores e ativadores de cachos na hora de pentear os crespos e encaracolados. A característica do short bob são as pontas desconectadas, o que traz bastante textura ao look. Cabelos muito volumosos se beneficiam do corte curto short bob, pois o corte em camadas ajuda a controlar os fios.     Aprenda as técnicas dos cortes Interessado em saber mais detalhes desses dois cortes e dominar as técnicas para oferecer às suas clientes? Na grade de aulas do curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende o pixie cut e o short bob, além de muitos outros cortes. Técnicas avançadas de finalização e texturização de cortes e penteados são ensinados no curso de especialização de design em cortes femininos do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
Você precisa de um lifting de cílios?
Um relatório de tendências divulgado recentemente pelo Pinterest — rede social que reúne milhões de ideias de beleza, moda, decoração, gastronomia... — mostrou que as soluções para manter os cílios com uma bela curvatura, por meio da técnica de lifting de cílios, tiveram um aumento de 52% no número de buscas. Sem dúvida, é mesmo o melhor método para conquistar cílios curvados. Para quem não conhece o método ou o confunde com extensão de cílios (técnica que consiste em colar tufos ou fios sintéticos nos cílios naturais, dando a ilusão de mais volume e alongamento), o lifting de cílios, também conhecido como permanente de cílios, é um procedimento que cria um efeito de curvatura da raiz até a ponta do fio. A ideia é dar a sensação de aumentar o cumprimento e, por consequência, o volume, sem danificar a base natural. “A partir da aplicação de uma formulação própria, o profissional levanta, organiza, separa e cria uma curvatura acentuada e perfeita nos cílios naturais”, explica Silésia Caetano, responsável técnica da franquia do Instituto Embelleze de Governador Valadares (MG). “O resultado dura até 60 dias e, nesse período, não precisa recorrer ao uso do curvex, pois os cílios permanecerão com a curvatura desejada, evidente. Funciona como a técnica do permanente – que se faz nos cabelos – só que é nos cílios”, completa a expert. Criado na Inglaterra, o método é perfeito para quem tem cílios retos e quer produzir uma curvatura natural, superfeminina, mas para isso é necessário que os fios tenham um tamanho razoável, isto é, não sejam tão minúsculos. Caso contrário, não é possível fazer o lifting de cílios, pois não há simplesmente como curvá-los. “O tamanho dos fios interfere no efeito. Quanto mais longos, mais visível fica o alinhamento e a curvatura. E o toque final é dado pela coloração dos cílios, feita no mesmo procedimento em minutos, com o intuito de destacar ainda mais esse olhar com o efeito máscara de cílios”, descreve Silésia, do Instituto Embelleze.  O procedimento leva de 40 minutos a 1 hora para ser feito e não exige manutenção. O efeito cílios de boneca dura, aproximadamente, 60 dias. É o tempo da troca natural dos cílios, ou seja, do ciclo de perda e nascimento de novos pelos. Cautela com o risco de alergia Mesmo não havendo contato dos produtos de lifting de cílios com os olhos e a pele, e sendo específicos para a área dos olhos – o que traz segurança ao procedimento –, o profissional em designer de cílios faz um teste de contato e uma ficha de anamnese para saber sobre a possibilidade de alergias e patologias do cliente. Silésia conta que é aconselhável que as pessoas que têm tendência à dermatite de contato ou sensibilidade a algum componente que será utilizado durante a técnica, que se tratem antes ou, dependendo da situação, evitem o procedimento. “Por isso, é de suma importância escolher um profissional qualificado, habilitado, com conhecimento técnico para a realização da sessão”, enfatiza ela. Lifting de cílios passo a passo Assista ao vídeo no final deste post e veja como é simples e segura a técnica de lifting de cílios. Realizado pela instrutora do curso Designer de Cílios, Andreia Eliane Silva Barbosa, da unidade Governador Valadares (MG), ele mostra todos os passos, do início ao fim... 1 Antes de qualquer coisa, a profissional higieniza os fios com um produto específico para remover a oleosidade e as impurezas. 2 Com um gel pad, os cílios inferiores são isolados. 3 O molde de silicone que servirá de guia para fazer a curvatura é apoiado nas pálpebras, contornando os cílios. 4 Em seguida, é aplicada a formulação que promove e mantém a curvatura por tanto tempo. 5 Depois, os fios são tingidos com uma coloração própria para intensificar o efeito de máscara preta e deixar o efeito de cílios de boneca.   Cuidados pós-procedimento Apesar de o lifting de cílios ser simples, alguns cuidados são recomendados para garantir o efeito de curvatura por mais tempo (sem imprevistos) e evitar surpresas como alergias e dermatites. Confira como agir depois do procedimento: Fique durante 24 horas sem molhar os olhos e evite vapor e umidade.  Ao aplicar máscara para cílios, dê preferência à versão à base de água (atenção, você deve evitar a máscara à prova d’água!), e só o faça depois do quarto dias após o procedimento.  Use sempre demaquilante sem óleo ou água micelar para higienizar os olhos e dispense o curvex nos cílios.  Evite dormir com o rosto no travesseiro para não amassar os cílios.  Fuja da água quente do chuveiro, da água de piscina e mar, pois prejudicam a duração do lifting de cílios. Ao higienizar os olhos, evite atrito como passar algodão ou toalha com muita força.  
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados