Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Tendências

Foto: Shutterstock

Cabelo e make inspirados nos anos 90 estão na moda

As semanas de moda exibiram uma releitura das trends dos anos 1990 para a beleza de 2019. Veja como fazer esse resgate para ficar em alta nesta temporada

Na TV, a novela global Verão 90 está um sucesso. Não apenas pela trama, mas também pelo revival de tendências da década de 1990, que marcaram uma geração. Nas ruas já é possível ver as fashionistas com sombra azul, esmalte escuro, cabelo com franja leve... A maquiadora Adrieny Menandes Geraldo, do Instituto Embelleze unidade Manaus Zona Leste, faz um resumo da maquiagem que volta à cena: “As sobrancelhas são mais espessas que as usadas nos 90, porém continuam sendo modeladas como naquela época. Vem daí também a sombra azul e o batom escuro que hoje estão na moda”. A cabeleireira Elem Gleice de Freitas Silva, da mesma unidade, dá um apanhado do visual que subia à cabeça das mulheres nos anos 90 e que ressurge em 2019: “Corte com comprimento médio, bastante volume e movimento, além de uma franja desfiada. Um acessório que fazia sucesso naquela década e que está em alta é a bandana, porém em cores neon para atualizar a tendência”.  

Tanto as mulheres clássicas quanto as modernas podem apostar nos looks 90, pois a moda é bem diversificada. Vamos lá?

4 tendências dos anos 90 para o cabelo

Coque com franja solta – A atriz Jennifer Aniston e a cantora Jennifer Lopez são os ícones desse penteado que, com certeza, foi um dos mais pedidos nos salões nos anos 1990. O cabelo preso num coque ou rabo de cavalo com uma mecha lateral solta na frente do rosto era muito usado inclusive como penteado em casamentos.

 coque anos 90

 

 

Trancinhas finas – O look que está na moda agora — tranças fininhas de raiz em torno da cabeça — é uma releitura do penteado usado por meninas da época, como a cantora Britney Spears, que disseminou o visual mundo afora.

 

 

Volume e ondas – O cabelo ondulado ou cacheado, dividido lateralmente (como usa a atriz Claudia Raia, a Lidiane da novela das sete Verão 90), era queridinho. Para ficar assim, é necessário fazer um corte em camadas com franja lateral. Quem não tem volume natural, basta desfiar os fios e borrifar spray fixador ou fazer babyliss e soltar os cachos.

cabelo claudia raia verão 90

 

 

Acessórios chamativos – Presilhas grandes, tiaras largas e bandanas, todas sucesso nos 90, estão de volta. Elas apareceram nas passarelas de Nova York nos desfiles das grifes Alexander Wang e Anna Sui.

 

5 tendências dos anos 90 para a maquiagem

Sobrancelha natural – A moldura fininha da década, adotada pelas estrelas Kate Moss e Angelina Jolie, não voltou. Hoje ela é mais espessa e natural. Mas o design, que dá uma forcinha na hora de modelar, continua valendo.

 

Batom escuro – Celebridades como Beyoncé, Drew Barrymore e Cindy Crawford usavam lábios dramáticos em tons de marrom e vinho. Em 2019 os batons escuros voltam a chamar a atenção e já pintam em rostinhos famosos, como de Kylie Jenner.

batom escuro anos 90

 

Lápis delineador – Um olho preto marcado é sempre um sucesso, quase nunca cai de moda. No passado, o lápis preto era um dos itens mais usados do nécessaire para contornar a linha d’água, em cima e embaixo. E hoje é um hit, especialmente entre as mais jovens.

lápis de contorno

 

Gloss labial – Outro revival dos 90, os lábios cheios de brilho estão super em alta neste verão. Pode ser usado sozinho ou por cima do batom.

 

Sombra azul – Uma das tendências de maquiagem mais marcantes da época, os olhos azuis voltam a aparecer nas ruas. O tom azul cobalto é perfeito para qualquer cor de pele e você pode optar por uma sombra metalizada ou cintilante. Recentemente, atrizes internacionais, como Lupita Nyong'o e Queen Latifah, surgiram com o olhar azulado confirmando a trend.

sombra azul

 

Tags

tendência, penteado, maquiagem, verão, anos 1990

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Tranças da moda: as tendências para 2019
As tranças sempre estiverem presentes no universo da beleza feminina. Na infância, quem nunca foi pra escola com trancinhas no cabelo? Tudo começou com a trança simples, feita com três mechas do cabelo, mas, com o passar dos anos, a influência de diferentes culturas e da moda acabou popularizando novas versões e, atualmente, não faltam modelos interessantes e lindos! Há várias temporadas de desfiles nacionais e internacionais, especialmente de verão, os estilistas e hairstylists têm apostado nas tranças para compor os looks — e neste verão 2019 não foi diferente. As semanas de moda trouxeram o penteado de forma criativa, em versões naturais, fake (para misturar com o cabelo natural), afro, minimalista, enfeitadas com contas... Como fazer as tranças da moda Trança lateral: romântica, fica bem até para noivas Foto: Reprodução/Pinterest Pegue uma parte do cabelo do topo da cabeça (franja e lateral direita, bem acima da orelha) e divida-a em três mechas. Comece a trançar assim: cruze a mecha da direta para baixo da mecha do meio e cruze a mecha da esquerda por baixo da mecha da direita. Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça, incorpore-a à mecha da direita e cruze-as juntas por baixo da do meio. Repita o procedimento até trançar todo o cabelo, lembrando que essa trança precisa terminar do lado esquerdo da cabeça, sob a orelha. Portanto, você tem que trançar na diagonal. Ao final prenda com um elástico.   Estilo boxeadora: moderna, vai bem na balada e em eventos descontraídos Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo lateralmente (também pode ser ao meio), deixando a risca bem visível. Comece uma trança de raiz desde a franja, alinhando a trama na altura do arco da sobrancelha. Continue cruzando as mechas de como a criar um efeito de trança embutida. Da altura da nuca até as pontas, faça um atrança comum. Prenda com elástico de silicone. Repita o processo do outro lado.   Trança central com coque: ousada e elegante, é uma opção para formatura e casamento Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo ao meio passando o pente verticalmente da testa em direção à nuca. Segure as duas mechas que se formaram com piranhas. Agora pegue uma mecha fina nas margens da risca central, na parte de trás da cabeça e faça uma trança de raiz até a altura da nuca. Prenda com um elástico de silicone preto ou transparente. Penteie o restante do cabelo para trás e torça as mechas, juntando-as com a ponta da trança, na linha da nuca até formar um coque baixo, bem despojado. Prenda com grampos.   Trança cornrows: estilosa, para qualquer ocasião Foto: Reprodução/Pinterest Essas trancinhas podem ser feitas em mechas finas ou médias de cabelo, como você desejar. A dica é começar a trançar pela mecha lateral próxima à orelha e ir subindo até trançar o cabelo todo. Para compor o visual da moda, faça as trancinhas bem próximas umas das outras, deixando o couro cabeludo à mostra. As tranças são rasteiras: passe a mecha da direita embaixo da mecha do meio e a da esquerda também embaixo da mecha do meio e prossiga assim até o fim. Você pode enfeitar as trancinhas com contas e variar a finalização como quiser.   Estilo Boho: perfeita para o dia e a noite Foto: Reprodução/Pinterest Inicie o penteado dividindo o cabelo ao meio — faça uma risca até a nuca. Prenda um dos lados com elástico enquanto trabalha o outro. A trança deve ser feita a partir da parte de trás da nuca, bem apertada, num trançado simples.    Vantagens do penteado com trança Além de dar uma boa repaginada no visual, a trança pode ser feita em qualquer tipo de cabelo — do liso e fininho ao crespo ou afro, mas desde que tenha um certo comprimento, claro! Mas talvez a vantagem maior seja não precisar preparar o cabelo antes do penteado, ou seja, você pode mexer nos fios do jeito que eles estiverem: sujos, limpos, com ou sem finalizador... Há até um benefício em fazer trança no cabelo mais pesado: o penteado fica no lugar com mais facilidade e os fios são ais moldáveis. Apenas uma boa escovação para eliminar pequenos nós e emaranhados é suficiente.  Dicas para iniciantes Quando você estiver aprendendo a trançar o cabelo, procure treinar em alguém e não em você mesma.  Dá para treinar até em cabelo de boneca! O que faz do cabeleireiro um bom trançador é a prática. Tenha por perto os seguintes acessórios para descomplicar a tarefa: uma escova, para desembaraçar o cabelo antes; pente fino, para separar ou dividir as mechas; grampos, no caso de elaborar uma trança com coque; elástico pequeno e transparente, de silicone, para prender a ponta da trança (fica imperceptível); elástico comum, para prender rabo de cavalo antes da trança. O finalizador mais indicado para penteados com trança é o spray fixador, que como o próprio nome já diz, fixa os fios no lugar e assegura que o look fique perfeito por um longo período. O cabelo tende a ficar com fiozinhos arrepiados depois da trança pronta? Dê um fim no frizz passando no cabelo um pouco de óleo de argan e depois trance-o.   A clássica trança embutida ou de raiz Todo mundo que começa a fazer trança tem o desejo de aprender a elaborar a clássica trança francesa (ou embutida). Ela é sempre o próximo nível para quem já tem habilidade para fazer o penteado simples, com três mechas.  Vale a pena aprender a trança embutida muito bem, porque é um modelo que vai bem em qualquer ocasião — do dia a dia à festa —, nunca sai de moda e serve de ponto de partida para lindas variações.  Passo a passo Penteie o cabelo e separe a parte de cima (topo da cabeça) Divida essa parte em três mechas iguais Cruze a mecha da direita sobre a do meio Cruze a mecha da esquerda sobre a do meio Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça e incorpore-a à mecha da direita, cruzando-as juntas sobre a mecha do meio Repita o procedimento do lado esquerdo Continue até que todo o cabelo esteja incorporado à trança Ao chegar na altura da nuca, trance o cabelo normalmente até a ponta Prenda com um elástico pequeno   Quer aprender mais sobre penteado e ser um cabeleireiro de sucesso? Inscreva-se no curso de Cabeleireiro Profissional do Instituto Embelleze e arrase!          
> Leia mais
Delineado gatinho em 5 lições
A sensação nas semanas de moda outono-inverno de Paris foi o make colorido nos olhos das modelos. O diretor de criação e imagem da linha de maquiagem Dior, Peter Philips, foi um dos responsáveis pela tendência. Ele trabalhou com delineador rosa, amarelo, vermelho, verde e azul nas pálpebras superior e inferior, bem rente aos cílios. No fashion week de Milão, a maquiadora Pat McGrath também causou frisson para a grife Prada, criando um traço gráfico e ousado, valorizado por pontos de brilho. A ideia é deixar o visual alegre nos dias mais cinzentos da próxima temporada. Além dos grafismos e dos traços que se limitam ao contorno nos olhos, o delineado gatinho também é uma opção. O desenho foi popularizado nas décadas de 50 e 60 por divas do cinema americano, como Audrey Hepburn, Sophia Loren e Brigitte Bardot, e eternizado pela moda. De tempos em tempos ele é exaltado como tendência, o que está acontecendo agora. Se você ainda não domina a técnica do gatinho e tem dúvida sobre o tipo de delineador ideal, aprenda estas lições e veja como desenhar passo a passo!     LIÇÃO 1 - ESCOLHA O DELINEADOR Caneta: ainda não tem prática e está na fase iniciante do delineado? Invista num delineador-caneta. Ele tem um formato que dá firmeza na hora de manuseá-lo, o que é essencial para desenhar o gatinho. A ponta é fininha e mais durinha, na medida certa para o delicado contorno, e a tinta já sai diretamente por ela. Truque: na hora de usar a caneta, deite-a paralelamente à pálpebra, na posição horizontal, quase encostando-a na pele. Isso facilita a aplicação e evita que o delineado fique tremido. Você pode ir “carimbando” a pálpebra com a lateral da caneta, formando o traço, em vez de desenhar a linha com a ponta. Líquido: é o tipo mais difícil para quem está começando, pois demora um pouco para secar, aumentando o risco de borrar. Além disso, exige maior precisão no manuseio. O pincel aplicador é fininho e resulta em uma forte intensidade de cor. Gel ou creme: ele vem em pote, como se fosse uma sombra cremosa, e necessita de um pincel de maquiagem específico para ser aplicado — pequeno e chanfrado, sendo o corte diagonal na ponta; também pode ser usado um pincel fino para acabamentos. O delineador gel ou creme é fácil de ser aplicado, mas requer prática. Uma dica: se você achar que o tom está fraco, reforce o traço e intensifique a cor com o delineador líquido. Sombra: a sombra em pó misturada com um pouco de água ganha densidade e cor intensa, fazendo as vezes de delineador. Precisa ser aplicada com pincel fino cortado na diagonal. Não é difícil traçar com a sombra, mas requer treino e habilidade. É um recurso muito usado por maquiadores profissionais.   LIÇÃO 2 - SEJA PACIENTE Está apressada? Então nem tente fazer o delineado. Especialmente no início é preciso ter tempo, paciência e disposição. E não invente muita história na hora de desenhar: faça o bom e velho gatinho ou imite o amendoado, criando um traço mais fino no canto interno e mais espesso no externo do olho (como fez Peter Philips para Dior). Detalhe: nunca faça o traço de uma só vez. O ideal é começar o delineado pelo meio da pálpebra até o cantinho externo. Depois volte ao meio e siga para o canto interno.   LIÇÃO 3 - TENHA A MÃO FIRME É essencial ter firmeza na mão ao usar o delineador — de qualquer textura ou tipo. Não dá para tremer! O ideal é você escolher uma posição confortável para a maquiagem, procurando se sentar e apoiar os cotovelos numa superfície. Ajuste-se também em relação ao espelho: se ele estiver de frente para você, puxe levemente a pele do canto do olho para mantê-lo fechado e, assim, enxergar o que está fazendo. O espelho colocado na altura do seu queixo ajuda a enxergar melhor o trabalho, pois ao olhar para baixo a pálpebra se fecha naturalmente, mas não totalmente. LIÇÃO 4 - TREINE, TREINE, TREINE A melhor maneira de aprender a usar o delineador sem medo (e sem erro) é praticando a aplicação — e muito! Não se iluda, porque não dá pra sair delineando de primeira apenas lendo sobre o assunto ou assistindo a tutoriais. Tem que por a mão na massa! Existem vários truques pra você usar enquanto estiver treinando e, dessa forma, ir adquirindo experiência para o delineado perfeito. Veja só: Corte um pedaço pequeno de fita adesiva (2 a 3 cm) e retire um pouco a cola grudando-a uma ou duas vezes no dorso da sua mão (para não machucar a pele fina da região do olho. Agora, com a fita na diagonal, apoie uma ponta dela logo abaixo dos cílios inferiores, tomando cuidado para livrar os pelos, e alinhe a outra ponta com o final da sua sobrancelha. Assim, você forma um ângulo perfeito para o traço gatinho, que tem uma linha alongada no final. Em vez de aplicar o delineador num traço contínuo, passe-o fazendo pequenos tracinhos e sem colocar força no aplicador. Você também pode fazer alguns pontinhos em toda a extensão do desenho e depois vir com o pincel apenas ligando esses pontos. Você pode também fazer primeiro o traço com um lápis e depois passar o delineador por cima. Nunca puxe o canto externo da pálpebra com o dedo quando for fazer o traço inicial do delineador, pois você perde o formato do olho e a noção do desenho. LIÇÃO 5- APRENDA A FAZER O DELINEADO GATINHO O segredo é começar o delineado pelo centro da pálpebra, aplicando o produto com o pincel deitado até o final do contorno externo do olho (se você estiver usando a fita adesiva, o traço deve terminar nela). Esse traço inicial é fino, engrosse-o aplicando uma segunda camada de delineador. Em seguida, usando a ponta do pincel, contorne o restante da pálpebra, do canto interno para o centro, uniformizando o traço em toda a pálpebra. Mas essa linha interna deve ser fininha, pois no delineado gatinho o traço começa fino no canto interno e termina mais grosso no externo. Agora faça o risco que vai definir o gatinho. Marque-o no canto externo do olho em direção à sobrancelha. O tamanho desse traço não é muito longo nem muito curto. Se você estiver usando a fita adesiva, basta aplicar rente a ela. Junte o início do gatinho com o final do delineado de contorno, aplicando o pincel de fora para dentro. Enquanto estiver aplicando o delineador, dê sempre uma olhada no resultado para ir uniformizando o traço. O segredo para o delineado sair perfeito é ter mão leve. É preferível você adicionar camadas de produto aos poucos em vez de ter de tirá-las depois.    DICAS DE PROFISSIONAL Se os seus olhos são pequenos, não delineie o olho inteiro, pois isso deixa a aparência ainda menor. Você pode passar delineador colorido sobre a pálpebra com sombra. Ele proporciona ainda mais vida aos pigmentos brilhantes. Se fizer um delineado expressivo rente aos cílios superiores, deixe a parte de baixo sem nada para não dar a impressão de olhos caídos. O delineador é sempre aplico depois da sombra e antes da máscara para cílios. Que tal se tornar uma expert em maquiagem e dominar esta e muitas outras técnicas? Invista no curso profissionalizante do Instituto Embelleze e prepare-se depois para colher os frutos do sucesso!  
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados