Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza

Tag: tendência

5 razões para ampliar os serviços da sua barbearia
Nos últimos 5 anos o setor de beleza masculina dobrou aqui no Brasil e teve um crescimento de 7,1% ao ano até agora. De acordo com a Euromonitor Internacional (empresa de pesquisa que monitora o setor de beleza em 80 países), o mercado brasileiro tende a desenvolver ainda mais, alcançando mais de 20% de participação no mercado global, com uma evolução anual de 11,2% até 2022. Com o investimento do mercado de moda masculina cada vez mais intenso, os homens vêm aprendendo a cuidar do visual e passaram a ser exigentes em relação à roupa que vestem, ao corte de cabelo que usam, à aparência da pele e até das unhas. Não à toa, surgiram as barbearias modernas, templos específicos para eles não precisarem mais dividir espaço com as mulheres nos salões de beleza tradicionais. Esses redutos têm uma decoração especial, com cadeiras, bancadas e espelhos rústicos contemporâneos. Além do básico corte de cabelo e da barba, eles oferecem massagem, tratamento de pele e de cabelo, manicure e pedicure, produtos importados e mimos, como serviços de bar, jogos (videogames e/ou sinuca) e televisão com transmissão de esportes. Tudo para que eles se sentam à vontade e entre amigos. Alto, médio ou pequeno padrão? Seja qual for a região onde está a sua barbearia, há sempre um público que procura um diferencial. Pode ser no layout do estabelecimento, no conhecimento dos profissionais, nos serviços extras para cuidar da beleza. Para ter sucesso, você precisa adequar o seu espaço aos seus clientes. Fazer uma pesquisa de mercado para saber o que eles procuram é o primeiro passo para ter lucratividade. Responder algumas perguntas pode levar você ao cliente perfeito. Por exemplo: qual a faixa etária das pessoas que procuram o meu salão, como elas se comportam, quais são seus gostos e preferências, quais os hábitos de consumo desse público, e os desejos e as necessidades, quanto se dispõem a investir em serviços de beleza? A partir daí, monte um “cardápio” que atenda ao padrão da sua clientela. Diferenciais possíveis Os homens geralmente não sabem quais produtos combinam melhor com o seu cabelo ou a sua pele e também não têm noção de como inovar na aparência. Cabe ao cabeleireiro mostrar o leque de opções a eles, desenvolvendo assim a confiança do cliente. Para isso, é preciso estar conectado às tendências e procurar sempre educação e treinamento. Além de estudar as técnicas, atualize-se participando de eventos na área e acompanhando os desfiles das semanas de moda nacionais e internacionais. Tudo isso ajuda acrescenta qualidade ao seu trabalho. Dentre os serviços que a sua barbearia pode oferecer estão: Cabelo Lavagem, corte e finalização Corte à máquina e com tesoura Coloração Relaxamento   Barba Barba completa Barba desenhada Toalha quente   Rosto Esfoliação Hidratação Máscara Limpeza de pele Design de sobrancelhas   Corpo Manicure e pedicure Massagem corporal Depilação   Visagismo Para indicar uma mudança no visual que se harmonize com o biótipo e o estilo de vida do cliente   Entretenimento Bar, com serviço de bebidas e petiscos Videogame ou sinuca Televisão Wi-fi      5 razões para ampliar os serviços da sua barbearia 1. Fidelizar clientes – Quanto mais você oferecer e entender as necessidades do seu cliente, mais o seu estabelecimento será procurado. 2. Tornar-se uma referência – Quando o profissional mostra que conhece tendências e domina técnicas, mais é recomendado pelos próprios clientes. É a propaganda boca-a-boca. 3. Aumentar o rendimento – A variedade de serviços estimula o cliente a fazer mais que barba e cabelo a cada visita. 4. Driblar a concorrência – Ao oferecer serviços diferenciados, a sua barbearia se torna mais conhecida e procurada. 5. Transformar a sua barbearia num ponto de encontro – Um lugar com atrativos acaba se tornando um espaço para relaxar e encontrar amigos, o que aumenta a frequência no seu estabelecimento.  
> Leia mais
Emanoelle Cristina
Desempregada e sem perspectivas para o futuro, Emanoelle, 27 anos, já não sabia mais o que fazer para dar um salto e voltar a garantir o sustento. Na mesma época, no ano de 2018, ela ainda sofreu uma perda muito grande na família e, mais do que nunca, precisava ocupar a cabeça. Foi quando ela teve uma luz e decidiu transformar a afinidade com a área de beleza em profissão. Fazer unha era um hobby para Emanoelle, então, por que não atuar como uma profissional capacitada no ramo? “Fiz uma pesquisa para procurar uma escola de confiança. Encontrei o Instituto Embelleze em Taguatinga, região de Brasília onde moro, e me matriculei no curso de manicure e pedicure. Amei aprender as técnicas de embelezamento das unhas das mãos e dos pés e ainda saber como se trabalha com segurança, tanto para o cliente quanto para o profissional. Não achei o curso difícil, qualquer pessoa pode vivenciar essa experiência”, conta Emanoelle. Transformação rápida A dedicação e o excelente desempenho de Emanoelle trouxeram um retorno rápido para ela no mercado de trabalho. Ainda cursando as aulas no Instituto Embelleze, ela começou a atuar profissionalmente, atendendo clientes em domicílio. Depois de se formar e já com uma boa clientela, ela continuou trabalhando e também atendendo na própria casa. “Todo começo é difícil, mas com perseverança a gente consegue se realizar. Minha vida mudou, tanto emocional quanto financeiramente! Hoje ganho bem e atendo, em média, 12 clientes por semana. Ainda não é muito, mas sou uma pessoa mais feliz e renovada. Meu plano para o futuro é abrir uma esmalteria, porque eu amo o que faço!”, diz Emanoelle. Fonte de inspiração Quem tem o desejo de ser como Emanoelle – manicure e pedicure e dona do próprio negócio – deve investir, em primeiro lugar, em capacitação. No curso profissionalizante do Instituto Embelleze, por exemplo, você conta com professores reconhecidos e que passam frequentemente por atualizações. Você aprende técnicas de embelezamento das unhas das mãos e dos pés, zelando pelas normas de biossegurança. O aluno ainda desenvolve desde uma sólida base teórica, com os estudos de fisiologia e anatomia das mãos e das unhas, até técnicas de higienização e esterilização dos instrumentos de trabalho, respeitando as normas da Vigilância Sanitária. Ética profissional e excelência em atendimento ao cliente também fazem parte do conteúdo programático. Atuação garantida O crescimento dos salões de beleza espalhados tanto em bairros quanto nas regiões centrais propicia facilidade de trabalho aos profissionais deste ramo. Os salões de bairro possuem um público mais seleto e cativo, enquanto os salões localizados no centro da cidade geralmente são procurados por pessoas que não têm agenda para marcar horários fixos e optam pela praticidade do momento. Outra possibilidade de trabalho aos profissionais formados pelo Instituto Embelleze é atuarem como autônomos, atendendo a domicílio. Por ser um ramo promissor, há sempre inovação e múltiplas possibilidades de trabalho.
> Leia mais
Tendências de maquiagem primavera 2019
1 - As nuances do vinho/ violeta já são clássicas O lilás, o vinho, o violeta e o rosa já se tornaram clássicos. Eles não são mais “cores” que significam ousadia, sobretudo, traduzem um visual superfeminino e podem deixar a maquiagem um arraso, especialmente se os tons forem combinados entre si fazendo um degradê. Show! 2 - Sombras coloridas agora! As paletas desta primavera estão explodindo de cores vivas, sem restrições. Vale até a versão neon! Verde, azul, violeta, amarelo, vermelho, laranja, rosa... Escolha a sua nuance e arrase com sua maquiagem primavera 2019. 3 - Esfumar é preciso A técnica de deixar a cor mais fluida é um excelente recurso para você, que faz a linha discreta mas se identifica com a trend, se lançar nas maquiagens coloridas. Começando assim, com o efeito esfumado, não fica tão chocante o uso de tons vibrantes, sem contar que traz um ar sofisticado ao make. 4 - Combine o colorido com o neutro Outra maneira de facilitar o uso de cores fortes, para quem não está acostumado, é combiná-las com nuances neutras como o marrom e o dourado. Você pode misturar um verde esmeralda bem vivo com dourado, um laranja com dourado ou um laranja com marrom: essas combinações são sucesso. É só ir fazendo as simulações no dorso da mão e testando nos olhos que, aos poucos, você vai ser a diva colors. 5 - Sobrancelha é fundamental Todo mundo sabe que ela é a moldura do rosto e, bem desenhada, faz toda a diferença para o resultado do make. O ideal é ir adquirindo prática para desenhar direitinho o arco. Se você não tem muita habilidade, treine cada dia um pouquinho. Assim, à medida que dominar a técnica, vai ficando mais fácil e, por consequência, mais rápido.  6 - Abuse do delineador O traço está super em alta. E se for colorido, então, arrasa na maquiagem primavera 2019! Pode usar sem medo de ser feliz! O traço preto também traz um contraste lindo com as sombras coloridas e é super versátil, combina com tudo. 7 - Aposte no look monocromático Você pode eleger uma cor queridinha ou que combine com o look da balada e fazer o make com uma cor só. Por exemplo, aplique duas sombras de cor azul, uma mais clara em todo o côncavo e outra mais escura para esfumar o canto externo dos olhos. Pronto. Se quiser chegar chegando pode ainda aplicar um delineador gatinho da mesma cor. Diva blue! Use sem medo de arriscar. Para valorizar o tom azul e criar um contraste, aplique máscara preta nos cílios. A mesma ideia fica demais com o verde. O look monocromático é tendência total na maquiagem primavera 2019!  
> Leia mais
6 truques para apostar nas sobrancelhas naturais
Modelos e celebridades estão apostando no novo visual. Prova disso é que no último São Paulo Fashion Week, em abril deste ano, as sobrancelhas naturais, com um estilo mais livre, marcaram presença nas passarelas – nos desfiles da A. Niemeyer, Lenny Niemeyer, Osklen e Beira. Assim como na edição anterior do evento (outubro de 2018), em que o desenho menos perfeitinho também roubou a cena em alguns desfiles. De onde vem a febre das sobrancelhas naturais Acredite, o estilo que está derrubando padrões hoje em dia já foi moda nos anos 1980, quando a atriz Malu Mader ostentou “as sobrancelhas naturais”, como it girl da época, com seus personagens marcantes e polêmicos e uma beleza igualmente natural, sem filtro. “A tendência voltou com tudo em 2019, ano-ícone do estilo, em que o mundo inteiro só fala no valor e empoderamento da liberdade da mulher”, esclarece Gisele Nunes, instrutora dos cursos de Designer de Sobrancelhas e Depilação do Instituto Embelleze Centro, de São José dos Campos (SP). De fato, se analisarmos por esse prisma, uma coisa tem relação direta com a outra. É mesmo libertador poder ser o que quiser, soltar as amarras de padrões e dar voz ao instinto e à espontaneidade, sem se submeter a imposições sociais que ditam “isso é bonito, aquilo é feio”. Por mais diferente que o conceito “sobrancelhas naturais” possa parecer para algumas pessoas, os experts de moda e beleza garantem: essa febre vem para combinar com outras tendências minimalistas que estão bombando, como o make-no-make, o no filter, o “bonito é ser você” e todos os outros que seguem essa linha, cuja bandeira é não se submeter aos padrões. Veja agora como criar (e manter!) esse efeito natural com muito estilo. 1º Truque – Deixe os fios crescerem Bem diferente dos arcos perfeitos, preenchidos e superdesenhados, a ideia da sobrancelha messy é simples: desalinhar o visual. De acordo com Gisele Nunes, do Instituto Embelleze, para deixar o look rústico, o primeiro passo é manter a pinça bem guardada por alguns meses, para que o visual fique o mais bagunçadinho possível. “Só assim a sobrancelha vai retomando seu formato original”, explica ela, destacando que essa é a dica mais básica para quem vai encarar a empreitada das fluffy brows. Em alguns casos, no entanto, nós sabemos que na prática é impossível aposentar a pinça de uma vez e existe a necessidade de se fazer a sobrancelha, ainda que discretamente. “A dica aqui é tirar apenas os excessos, tomando sempre o cuidado de não desenhar demais o look para manter as sobrancelhas mais volumosas e naturais, o que define o estilo messy”, ensina Gisele. 2º Truque - Não basta abandonar a pinça  Mesmo o estilo despojado e imperfeito requer certa produção para arrasar! Não é só deixar as sobrancelhas naturais, literalmente, com um ar selvagem e pelos longos. Na-na-ni-na-não! Alguns truques, que podem ser feitos com maquiagem ou não, trazem ainda mais poder ao olhar e uma personalidade ímpar ao resultado do make. Tudo para deixar o arco mais cheinho e “natural”. Na verdade, tem um jeito certo de pentear, de alinhar os fios de maneira que fiquem no lugar, em alguns casos pode até ser necessário dar um pique de leve com a tesourinha para eliminar algum pelo fujão. Enfim, tem uns segredinhos para manter o estilo messy, ou seja, sobrancelhas naturais arrepiadinhas e com volume. Esse é o charme. 3º Truque – Acerte o design dos arcos Deixe o desenho mais grosso, com alguns milímetros a mais de pelos em todas as direções (região entre os olhos e as áreas em cima e embaixo do arco). Cuide para o excesso de pelos ficar especialmente em cima: são eles que vão produzir o estilo messy. Depois, basta ir acompanhando e alinhando os fios sempre que necessário, mas sem exageros. 4º Truque – Lance mão da tesoura O mesmo vale para o momento de usar a tesourinha. Você até pode aparar os fios rebeldes das sobrancelhas naturais (os mais longos e desalinhados), porém bem menos do que se você não estivesse se jogando no “projeto messy”, de modo que o volume na parte superior seja mantido – afinal, é essa a ideia. 5º Truque – Faça um make apropriado Enquanto o resultado não fica naturalmente como você quer, vale usar um lápis ou uma sombra próprios para sobrancelha para preencher falhas e aparentar mais volume. Mas atenção, não exagere e jamais use um lápis para olhos, que tem o tom mais forte e deixará o truque em evidência. “Em seguida, use uma máscara para sobrancelhas (ou mesmo para cílios) incolor, penteando os pelos para cima. Um truque para mantê-los assim o dia todo é espirrar um pingo de spray fixador ou pomada de cabelo numa escovinha e passá-la no arco da sobrancelha, penteando em direção à testa”, entrega Gisele. É tiro e queda! Atenção meninas ousadas, uma dica esperta para quem quer logo causar com o visual bagunçadinho: use máscara de sobrancelhas com cor. Ela é multifuncional: enquanto facilita o pentear, ainda fixa os fios para cima, dando a impressão de mais volume de pelos. 6º Truque – Use iluminador Não é porque a trend é o mais clássico estilo “me deixa” que você vai abandonar o iluminador de sobrancelhas. Pelo contrário, o recurso continua imbatível ainda que seja para produzir um look mais natural. Como fazer? É só aplicar um pouquinho de produto abaixo do arco, no canto externo – esse pontinho de luz é essencial para levantar o olhar e deixar a maquiagem mais feminina. Detalhe que faz toda a diferença. Pode se jogar, o glow nunca sai de moda! A atriz Cara Delevingne sempre foi adepta da messy brow  Produtos e técnicas BFF para as sobrancelhas naturais De uns tempos pra cá, o mercado de maquiagem evoluiu bastante, tanto no sentido de variedade/novidade, com itens inusitados, nunca antes imaginados; quanto em tecnologia, entregando qualidade e resultados primorosos nos benefícios prometidos. E uma das áreas que mais ganha com esse up do setor são as sobrancelhas naturais. O business da beleza parece ter descoberto um nicho, com produtos dedicados ao styling dos arcos. E, nós consumidores, só temos que comemorar porque tem para todos os gostos e estilos. O arsenal é enorme: gel de volume, máscara de sobrancelhas, canetas de preenchimento, escovas, ativos de crescimento, sombras para camuflar falhas entre muitos outros produtos. Além desses paleativos, há séruns e tratamentos que fortalecem, dão volume e criam densidade tornando as sobrancelhas literalmente naturais. Impossível falar de sobrancelhas messy sem mencionar a importância da técnica de microblading que a cada dia ganha mais adeptas. Trata-se de um procedimento de maquiagem semi-permanente feito com o tebori, uma espécie de caneta que por meio de microcortes deposita o pigmento na pele, reproduzindo a aparência dos pelos da cliente, tanto em espessura quanto em tamanho. Outra alternativa é a micropigmentação que funciona mais ou menos da mesma forma, o que muda é que em vez do tebori é usado um dermógrafo, aparelho elétrico também semelhante a uma caneta, que provoca microlesões na pele para depositar o pigmento. O expert Biel Portella, do Rio de Janeiro, recentemente premiado em Paris como micropigmentador, é enfático ao falar sobre o quanto esses métodos podem ajudar no resultado de uma sobrancelha com mais densidade. “Para quem não possui uma quantidade suficiente de pelos, a micropigmentação é uma ótima alternativa que, se bem-feita, produz um efeito extremamente natural. A técnica fio a fio é a mais indicada”, destaca o designer.   A atriz Kiernan Shipka também ostenta sobrancelhas naturais Dicas valiosas para ter sobrancelhas naturais Biel Portella lista abaixo alguns cuidados que se deve ter para manter um design perfeito e natural quando o objetivo é obter uma sobrancelha bagunçadinha com estilo. Confira: Segure o impulso de pegar a pinça. O ideal é procurar um bom profissional, de confiança, ainda que seja para definir o desenho inicial ou, melhor dizendo, o design original dos fios. Em hipótese alguma utilize lápis de olho ou de escrever (6B) para fazer preenchimento. O uso desses produtos pode ocasionar queda dos fios que, em muitos casos, é irreversível. Para disfarçar as falhas das sobrancelhas naturais não use uma tonalidade mais escura que a original para fazer o preenchimento, o aspecto fica pesado e feio. O ideal é manter o tom do arco inteiro bem uniforme. Nunca deixe o início da sobrancelha (as extremidades internas) com aquele desenho marcado, quadradão – dá uma péssima impressão e denuncia na hora o recurso fake. Caso não tenha tempo ou dinheiro para fazer o design com um profissional, como um Especialista em Beleza do Olhar, mantenha a área penteada com uma máscara incolor, o truque superfunciona, fica bem legal e trás uma boa definição.
> Leia mais
Corte curto para lisos e cacheados
Quando uma mulher decide ir ao cabeleireiro para fazer uma mudança radical, a responsabilidade do profissional é imensa. Afinal, ela está entregando a “vida” dela nas mãos dele e, se arrepender depois, significa esperar muitos meses até os fios crescerem — e você não quer pagar o preço, né? Influenciadoras não faltam na mídia para estimular lisas ou cacheadas a passar a tesoura no cabelo! As atrizes Deborah Secco, Fernanda Paes Leme, Bruna Marquezine, Agatha Moreira, Mariana Rios, Leandra Leal e Regiane Alves se encheram de coragem, tosaram as madeixas e causaram o maior frisson. Deborah Secco ainda foi mais longe: além de encurtar, platinou os fios — uma supertendência em coloração nesta temporada. O sucesso do curtinho não é de hoje... O pixie, ou o bom e velho Joãozinho, já fez uma revolução nos anos 1950 quando as eternas divas Audrey Hepburn e Elizabeth Taylor aderiram ao visual, quebrando paradigmas. Depois disso, o corte teve seus altos e baixos durante as décadas, mas chegou aos 1990 com força. “Na época, Winona Ryder, Gwyneth Paltrow e Halle Berry estavam no auge de suas carreiras e investiram no pixie cut trazendo a ele um ar mais moderno, com muita textura e desfiado”, lembra Rafaella Coffoni, analista de produtos do Instituto Embelleze (SP). Atualmente, o corte curto pixie volta com tudo e promete ser a tendência das próximas estações. O short bob, ou o Chanel batidinho, é uma releitura do long bob, que esteve em alta nas temporadas passadas: mais curto, na altura do queixo, assimétrico e cheio de atitude. Nos anos 1950 e 1960, Marilyn Monroe e Jackie Kennedy já usavam o short bob, mas com menos textura, camadas e desfiados. A finalização do corte no estilo messy hair (aquele cabelo bagunçadinho de propósito sabe?!) traz um ar despojado ao visual que tem tudo a ver com o momento em que vivemos de empoderamento feminino. Pixie cut para todas Existem muitas variações do corte curto pixie cut: com franja longa ou curta, desfiado, texturizado, com a lateral raspada... bem curtinho, como o boyish, ou um pouco mais longo, cobrindo as orelhas. As possibilidades são muitas! O pixie cut é um corte que pode ser feito em mulheres de todas as faixas etárias e em qualquer tipo de cabelo: liso, ondulado, cacheado ou crespo. Nos cacheados e crespos, é importante usar, no dia a dia, produtos que tratem e modelem os fios, como os ativadores de cachos. Vale lembrar que o pixie cut vem sendo muito adotado por mulheres crespas que estão em transição capilar. “No momento do big chop, ou seja, do ato de cortar toda a parte do cabelo com química (de alisamento, progressiva, relaxamento), elas investem no cabelo curto cheio de estilo”, diz Rafaella. Assim, ficam com o visual bonito até que os fios voltem a crescer de forma natural e saudável.     Short bob para todas Assim como o pixie, o short bob fica bem em mulheres jovens e maduras e em todos os tipos de cabelo. Mas, aqui, também é essencial apostar nos finalizadores e ativadores de cachos na hora de pentear os crespos e encaracolados. A característica do short bob são as pontas desconectadas, o que traz bastante textura ao look. Cabelos muito volumosos se beneficiam do corte curto short bob, pois o corte em camadas ajuda a controlar os fios.     Aprenda as técnicas dos cortes Interessado em saber mais detalhes desses dois cortes e dominar as técnicas para oferecer às suas clientes? Na grade de aulas do curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende o pixie cut e o short bob, além de muitos outros cortes. Técnicas avançadas de finalização e texturização de cortes e penteados são ensinados no curso de especialização de design em cortes femininos do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
7 tendências de maquiagem inverno 2019
Assim como no verão, os anos 90 continuam influenciando a beleza no inverno. Na moda, a estação será marcada pela mistura de estampas, pelo romantismo dos babados, o animal print e o brilho de tecidos, como veludo e couro. Na maquiagem, os looks são inspirados em algumas trends retrô de sucesso, como os tons terrosos, os olhos delineados, os pigmentos metalizados e o efeito glossy. Pode parecer exagerado, mas não é. Usadas na dose certa e do jeito atual, essas trends deixam o visual chique e moderno. Confira agora as 7 tendências de maquiagem que você pode e deve usar nesta temporada, de acordo com Luciane Rios, instrutora do curso de maquiagem no Instituto Embelleze Foz do Iguaçu e Cascavel (PR). 1 Batom escuro Ele é sexy e destaca bastante os lábios, portanto o contorno precisa estar bem delineado (se necessário, use um lápis labial de mesma cor que o batom). Se você tem rugas na região, evite os tons escuros. “Dentre as tendências de inverno estão o batom marrom, que combina com qualquer ocasião, e o vermelho fechado”, diz Luciane.   2 Tons terrosos x Coloridos Dê uma pausa no lindo olho preto esfumado e invista na sombra marrom, o hit da temporada. Há espaço também para as tonalidades de rosa, coral e vermelho (puxando para o vinho). A paleta combina com qualquer tom de pele e é fashion usá-la dando destaque à pálpebra móvel.   3 Sombra metalizada “Vale apostar no sutil brilho dos metais e, quem gosta de ousar, pode até arriscar produtos cintilantes”, avisa Luciane. Os tons metalizados de marrom são ideais para dar uma atualizada nos olhos e nos lábios, mas, se não quiser um look dramático, vá de nude metalizado. Quando usar uma sombra metalizada, prefira um batom neutro e mate, ou o contrário.   4 Cílios de boneca “Sabe quando o rímel fica acumulado nos cílios, dando a impressão de estarem grudados ou empelotados? Pois o efeito está em alta nas tendências de inverno 2019. A dica é aplicar de duas a três camadas de máscara nos fios superiores e inferiores sem retirar o excesso de máscara da escovinha ou usar um pincel aplicador com cerdas longas e cheias. 5 Efeito glossy A aparência de olhos ou boca plastificados, sucesso no verão, continua no inverno. A inspiração vem do final dos anos 90 e pode ser usada de dia ou à noite. Você pode investir em lábios glossy, obtido com batom cremoso (vinho ou marrom, que estão em alta) e uma camada de gloss transparente por cima, ou pálpebras glossy, feitas com sombra gloss específicas.   6 Delineados As tendências de inverno 2019 trazem para os olhos outro ponto de destaque: o delineado – de contorno, aplicado na linha d’água superior e inferior (com lápis marrom ou preto); e de delineador – simples ou gatinho (com delineador preto ou colorido). Se você gosta de ousar, arrisque um traço diferente, como o gatinho máxi ou linhas duplas. 7 Blush draping A técnica se baseia em esculpir o contorno facial com blush, concentrando o produto das maçãs do rosto até as têmporas. O efeito é dado com dois tons de blush: um escuro, que deve ser aplicado da orelha em direção ao canto da boca, para afinar suavemente a face e definir ângulos; e outro mais claro, espalhado com movimentos circulares da parte alta das maçãs até as têmporas, como se fosse desenhasse um C. Com um pincel de esfumar, dilua bem os dois tons para que eles se fundam. Em relação às tonalidades, você pode apostar no blush marrom e no pêssego ou rosado.   Que tal agora ver como usar algumas dessas tendências de maquiagem em você ou em suas clientes? Confira as dicas de Luciane Rios, instrutora do curso de maquiagem no Instituto Embelleze Foz do Iguaçu e Cascavel (PR), no vídeo a seguir!  
> Leia mais
TENDÊNCIAS DE BELEZA PARA NOIVAS 2019
Menos é mais até no dia do casamento! Com a ideia de valorizar o natural, a pele da noiva deve ter cobertura leve e iluminada, deixando o make mais carregado nos olhos. No cabelo, coques (especialmente o chignon), tranças e soltos texturizados estão entre os destaques da moda. A instrutora Bel Marçal, do Instituto Embelleze Campo Grande (RJ), explica que a maquiagem de contorno, que já fez tanto sucesso, é muito mais suave em 2019, elaborada com menos produtos. O iluminador e o blush estão em alta: tudo para garantir um rosto fresco e viçoso. Nos olhos, a tendência de beleza para noivas são as cores opacas, mas quem gosta de brilho não vai ficar de fora! O efeito glossy, obtido com sombras cremosas, o cintilante ou o pigmento brilhante também valem, especialmente para casamentos à noite. “Em relação à cor, os tons rosados, como Living Coral, da Pantone, são o hit. Ficam lindos tanto no visual romântico quanto no moderno ou clássico e pode ser usado nos olhos e nos lábios”, afirma Bel. Ainda nos olhos, o côncavo esfumado, o delineador (gatinho ou não) e os cílios postiços são recursos nos quais você pode usar e abusar, pois ajudam a dar profundidade ao olhar para que a noiva não pareça muito apagada. Fora o resultado incrível que o olhar poderoso garante nas fotos! Assim como na maquiagem, o cabelo da noiva também deve imprimir leveza e naturalidade ao visual. Preso ou solto, a ordem é deixar o penteado com bastante textura, pois isso ajuda na aparência natural. Por exemplo: se o cabelo é crespo, valorize os cachos em vez de alisá-los. Dessa forma, o penteado pode ser solto ou semi-preso, definido com babyliss para eliminar o frizz, e enfeitado com um belo arranjo. Se o desejo é fazer uma trança, uma sugestão é prendê-la em camadas para um caimento charmoso. Ondas marcadas também estão em alta e podem deixar o solto sofisticado. Confira no final deste post o vídeo que a instrutora Bel Marçal preparou especialmente para falar sobre as tendências de beleza para noivas 2019! Agora, inspire-se em looks que confirmam algumas trends... TENDÊNCIAS DE BELEZA PARA NOIVAS DE DIFERENTES ESTILOS Simplicidade máxima Reprodução/ Pinterest Menos é mais até no dia do casamento! As bases de alta cobertura e os pós faciais devem ser leves para trazer leveza e naturalidade à cútis. Pele iluminada e com tons sutis é a ordem. Para conseguir o efeito, invista em bases suaves e iluminador, aplicado nas têmporas e sobre o nariz. O cabelo acompanha a proposta da maquiagem, com fios mais soltos. O volume no topo e o movimento de ondas que lembra o beach hair são apostas certeiras. Flores são perfeitas para arrematar o look.   Toda moderna Reprodução/ Pinterest Para as noivas que querem fugir do tradicional, a tendência é um visual mais urbano e descolado. A pele aparece mais iluminada, com blush marcado em tons terrosos ou coral. Nos olhos, um bom delineado preto e várias camadas de rímel; nos lábios, um batom mate nude ou cor de rosa fecham o visual. O cabelo é outra tendência à parte. Os presos e meio-presos, mais altos, dão uma pitada de modernidade ao penteado clássico. Já os coques mais baixos e desfiados deixam o visual mais despojado, sem perder a beleza dos cabelos mais tradicionais.   Clássico revisitado Reprodução/ Pinterest Não abre mão do tradicional? Ok, mas adicionar detalhes atuais pode fazer toda a diferença no resultado. Nos olhos, use as clássicas sombras nude combinadas com tons alaranjados para esquentar a maquiagem sem pesar no look. Como são curingas, podem compor produções mais casuais, em parceria a batons nude e pele natural, ou mais ousados, adicionando cor aos lábios e dando um brilho dourado à pele. As madeixas podem ser soltas ou presas, acompanhadas de acessórios. O cabelo pode ficar mais desconstruído, como uma releitura de um coque clássico. Para deixá-lo mais romântico, basta usar um arranjo de flores, como miniorquídeas.  
> Leia mais
Loiro ou castanho?
Escurecer o cabelo é sempre mais simples do que clarear — afinal, as bases marrons tendem a cobrir bem os tons da cartela de loiros. No entanto, para o resultado ficar perfeito e os fios, a salvo de danos, os dois processos exigem tempo e uma análise minuciosa do estado da fibra capilar. Se a estrutura estiver muito danificada ou porosa, é importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Cabelos porosos podem ficar manchados, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento da coloração do que outras. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Os processos químicos desequilibram o pH e a estrutura interna dos fios. Os produtos pós-coloração contêm agentes umectantes, que devolvem a água perdida, evitam que a tinta se solte e prolongam a cor. Entenda a seguir qual é o caminho ideal para ficar loira ou morena — e feliz! DE LOIRO PARA CASTANHO A atriz Paolla Oliveira deu adeus ao loiro e entrou na tendência chocolate amargo para viver a personagem Virgínia na próxima novela das nove A Dona do Pedaço (Globo), Os responsáveis pela transformação foram os cabeleireiros Getúlio Cruz, do salão C.Kamura Rio, e Marcos Padilha, do Lab. Duda Molinos.Veja neste vídeo como ela anunciou aos fãs a sua morenice...     Como tingir A cor chocolate amargo fica bem em peles claras, morenas e negras. Mas só um cabeleireiro profissional pode indicar a necessidade de uma mistura com outro tom ou uma técnica de iluminação (como a ombré) ou uma mudança na nuance de base para você conquistar a tonalidade da moda — ou a que mais vai valorizar a sua beleza. Os fios pretos naturais têm uma pigmentação muito intensa, mas o chocolate amargo consegue dar uma boa cobertura, porque pega bem e também faz uma transformação mais sutil no visual. Se o cabelo tem tintura preta, daí é preciso passar antes por uma decapagem. Porém, atenção: somente um profissional pode fazer o processo de forma segura para a saúde dos seus fios! Cabelos claros, com menos pigmentos fixados na fibra capilar, podem ficar manchados por causa das falhas na fixação da cor nas mechas. Para não correr esse risco, o ideal é ir do claro ao escuro aos poucos, adotando um ou dois tons mais escuros que a nuance de base por vez. Uma solução para escurecer os fios de uma só vez, é a pré-pigmentação. Primeiro o cabelo recebe um pigmento fixador e depois é tingido com a tonalidade de castanho escuro. Como manter a cor Agentes agressores, como sol, secador, água quente e chapinha, avermelham e levar embora a cor do cabelo. Proteja os fios tingidos usando produtos com filtro solar na fórmula e que contenham ingredientes que seguram o tom. Os xampus antioxidantes são ótimos para devolver o brilho perdido. Soluções para desbotamento Quando o castanho estiver desbotando pela ação dos agentes externos, revive a cor com um tonalizante do mesmo tom da coloração permanente. O produto vai adiar o retoque por mais uns 15 dias. O reflexo ficou alaranjado ou avermelhado? Para evitar, na próxima coloração, inclua tons frios, como cinzas ou mate. Se o chocolate amargo deixar o seu visual meio apagado, use nas lavagens xampus e cremes que restauram o brilho. Um truque instantâneo é borrifar spray de brilho nos fios secos sempre que sentir a cor muito densa. Destaque o cabelo castanho Para isso, tire proveito da maquiagem... Os tons terrosos, do blush à sombra, são neutros e básicos para o dia a dia. Não tem como errar! Brinque também com as cores marrom, rosa e azul. O batom acobreado, vinho ou vermelho são ótimas opções.   DE CASTANHO PARA LOIRO O hairstylist Wilson Eliodorio, especialista em fios crespos e cacheados, é o mago do cabelo afro da atriz Lucy Ramos há um tempão. E ela entregou a ele a missão de radicalizar a cor de seus fios, mudando do castanho acobreado para o loiro mel. Tudo para entrar de corpo e alma no papel de Silvia, também da novela A Dona do Pedaço. Como adora cuidar do próprio cabelo e sabe bem do que os crespos precisam, Lucy explica que ainda faltam algumas etapas de coloração para que o loiro fique mais claro e atinja o tom ideal. Ela já declarou à imprensa: “Os fios crespos são muito sensíveis. Não dá para fazer tudo de uma vez, porque ou você chega na cor de uma vez e fica sem cabelo, ou demora um pouco mais e fica com o cabelo”. Vamos guardar a dica, né? Veja neste vídeo como Lucy ficou lindamente loira...     Como tingir Mais do que para qualquer outra coloração, a loira exige fios saudáveis e bem tratados. Nunca faça relaxamento, escova progressiva ou alisamento antes de um processo de clareamento. Tanto peles claras quanto escuras ficam bem de loiro. De modo geral, loiro acinzentado, bege, camomila e claríssimo cai como luva na pele branca; dourado, loiro-escuro e reflexos acobreados para morenas; e dourado e acobreado vão bem em negras. Se o seu cabelo é virgem o processo de clareamento é mais fácil. Há a possibilidade de fazer uma descoloração gradual com tinta permanente loiro. A descoloração (mix de pó descolorante com água oxigenada ou amônia) é indicada para fios que estão com pigmentos castanhos: é um clareamento power feito para que a tintura loiro “pegue” no cabelo. Já quem tingiu o cabelo de preto precisará passar por uma decapagem, um método que retira a tintura antes de uma nova cor clara ser aplicada em vez de apenas clarear os fios. Ao remover a coloração antiga, a decapagem abre espaço no córtex capilar para que o fio possa receber a tonalidade mais clara. Tudo isso realizado sob os cuidados de um profissional habilitado, como os capacitados pelo Instituto Embelleze, não há perigo. Mas se você cair em mãos erradas... pode ficar com as madeixas manchadas, fracas e quebradiças, sem falar que o enfraquecimento pode provocar a queda. Como manter a cor O sol não modifica tanto o aspecto da tintura clara quanto o das mais escuras. Mas, em compensação, o clareamento do cabelo sempre está associado ao processo de oxidação, um dos mais danosos para os fios. Se o cabelo não for bem tratado, ele perde força, elasticidade e maciez e resseca. Portanto, o ideal é usar e abusar de produtos com ingredientes altamente hidratantes e que evitam que o loiro desbote ou fique amarelado. Soluções para desbotamento Por mais que a raiz escura não seja mais um sinal de desleixo no cabelo loiro e, sim, um toque de modernidade, as loiras não gostam. Então, o jeito é retocar a raiz a cada 15 dias. O mais importante é que se utilizem os mesmos produtos e nuances para um resultado uniforme de cor. Em relação a comprimento e pontas, melhor só esticar a tinta quando os fios estiverem opacos ou amarelados, o que se faz, em média, a cada três meses. Caso contrário, as pontas ficam fragilizadas e podem se romper. Se os fios ficarem verdes, pelo uso de piscina, e faltar algum tempo para retocar, use um tonalizante da cor mais próxima à sua. Para prevenir o efeito esverdeado, antes de nadar, aplique um creme protetor com silicone nos fios. Destaque o cabelo loiro Para isso, tire proveito da maquiagem... Abuse do rímel e contorne os olhos com lápis preto esfumado. Esse truque ajuda a aumentar o contraste com o loiro, principalmente se os olhos forem castanhos. Para colorir e ressaltar os olhos, invista nos tons de sombra marrom, bege, rosa, verde, cinza e prata. Gloss ou batom rosa-pálido resolvem a boca com classe no dia a dia. Pó com efeito bronzeador deixa o rosto em sintonia com o brilho do cabelo. Pode usar, especialmente à noite.   Outras famosas que também radicalizaram o visual       As atrizes Giovanna Lancellotti e Monica Iozzi transformaram as longas madeixas castanhas em loiro claríssimo!
> Leia mais
Delineado gatinho em 5 lições
A sensação nas semanas de moda outono-inverno de Paris foi o make colorido nos olhos das modelos. O diretor de criação e imagem da linha de maquiagem Dior, Peter Philips, foi um dos responsáveis pela tendência. Ele trabalhou com delineador rosa, amarelo, vermelho, verde e azul nas pálpebras superior e inferior, bem rente aos cílios. No fashion week de Milão, a maquiadora Pat McGrath também causou frisson para a grife Prada, criando um traço gráfico e ousado, valorizado por pontos de brilho. A ideia é deixar o visual alegre nos dias mais cinzentos da próxima temporada. Além dos grafismos e dos traços que se limitam ao contorno nos olhos, o delineado gatinho também é uma opção. O desenho foi popularizado nas décadas de 50 e 60 por divas do cinema americano, como Audrey Hepburn, Sophia Loren e Brigitte Bardot, e eternizado pela moda. De tempos em tempos ele é exaltado como tendência, o que está acontecendo agora. Se você ainda não domina a técnica do gatinho e tem dúvida sobre o tipo de delineador ideal, aprenda estas lições e veja como desenhar passo a passo!     LIÇÃO 1 - ESCOLHA O DELINEADOR Caneta: ainda não tem prática e está na fase iniciante do delineado? Invista num delineador-caneta. Ele tem um formato que dá firmeza na hora de manuseá-lo, o que é essencial para desenhar o gatinho. A ponta é fininha e mais durinha, na medida certa para o delicado contorno, e a tinta já sai diretamente por ela. Truque: na hora de usar a caneta, deite-a paralelamente à pálpebra, na posição horizontal, quase encostando-a na pele. Isso facilita a aplicação e evita que o delineado fique tremido. Você pode ir “carimbando” a pálpebra com a lateral da caneta, formando o traço, em vez de desenhar a linha com a ponta. Líquido: é o tipo mais difícil para quem está começando, pois demora um pouco para secar, aumentando o risco de borrar. Além disso, exige maior precisão no manuseio. O pincel aplicador é fininho e resulta em uma forte intensidade de cor. Gel ou creme: ele vem em pote, como se fosse uma sombra cremosa, e necessita de um pincel de maquiagem específico para ser aplicado — pequeno e chanfrado, sendo o corte diagonal na ponta; também pode ser usado um pincel fino para acabamentos. O delineador gel ou creme é fácil de ser aplicado, mas requer prática. Uma dica: se você achar que o tom está fraco, reforce o traço e intensifique a cor com o delineador líquido. Sombra: a sombra em pó misturada com um pouco de água ganha densidade e cor intensa, fazendo as vezes de delineador. Precisa ser aplicada com pincel fino cortado na diagonal. Não é difícil traçar com a sombra, mas requer treino e habilidade. É um recurso muito usado por maquiadores profissionais.   LIÇÃO 2 - SEJA PACIENTE Está apressada? Então nem tente fazer o delineado. Especialmente no início é preciso ter tempo, paciência e disposição. E não invente muita história na hora de desenhar: faça o bom e velho gatinho ou imite o amendoado, criando um traço mais fino no canto interno e mais espesso no externo do olho (como fez Peter Philips para Dior). Detalhe: nunca faça o traço de uma só vez. O ideal é começar o delineado pelo meio da pálpebra até o cantinho externo. Depois volte ao meio e siga para o canto interno.   LIÇÃO 3 - TENHA A MÃO FIRME É essencial ter firmeza na mão ao usar o delineador — de qualquer textura ou tipo. Não dá para tremer! O ideal é você escolher uma posição confortável para a maquiagem, procurando se sentar e apoiar os cotovelos numa superfície. Ajuste-se também em relação ao espelho: se ele estiver de frente para você, puxe levemente a pele do canto do olho para mantê-lo fechado e, assim, enxergar o que está fazendo. O espelho colocado na altura do seu queixo ajuda a enxergar melhor o trabalho, pois ao olhar para baixo a pálpebra se fecha naturalmente, mas não totalmente. LIÇÃO 4 - TREINE, TREINE, TREINE A melhor maneira de aprender a usar o delineador sem medo (e sem erro) é praticando a aplicação — e muito! Não se iluda, porque não dá pra sair delineando de primeira apenas lendo sobre o assunto ou assistindo a tutoriais. Tem que por a mão na massa! Existem vários truques pra você usar enquanto estiver treinando e, dessa forma, ir adquirindo experiência para o delineado perfeito. Veja só: Corte um pedaço pequeno de fita adesiva (2 a 3 cm) e retire um pouco a cola grudando-a uma ou duas vezes no dorso da sua mão (para não machucar a pele fina da região do olho. Agora, com a fita na diagonal, apoie uma ponta dela logo abaixo dos cílios inferiores, tomando cuidado para livrar os pelos, e alinhe a outra ponta com o final da sua sobrancelha. Assim, você forma um ângulo perfeito para o traço gatinho, que tem uma linha alongada no final. Em vez de aplicar o delineador num traço contínuo, passe-o fazendo pequenos tracinhos e sem colocar força no aplicador. Você também pode fazer alguns pontinhos em toda a extensão do desenho e depois vir com o pincel apenas ligando esses pontos. Você pode também fazer primeiro o traço com um lápis e depois passar o delineador por cima. Nunca puxe o canto externo da pálpebra com o dedo quando for fazer o traço inicial do delineador, pois você perde o formato do olho e a noção do desenho. LIÇÃO 5- APRENDA A FAZER O DELINEADO GATINHO O segredo é começar o delineado pelo centro da pálpebra, aplicando o produto com o pincel deitado até o final do contorno externo do olho (se você estiver usando a fita adesiva, o traço deve terminar nela). Esse traço inicial é fino, engrosse-o aplicando uma segunda camada de delineador. Em seguida, usando a ponta do pincel, contorne o restante da pálpebra, do canto interno para o centro, uniformizando o traço em toda a pálpebra. Mas essa linha interna deve ser fininha, pois no delineado gatinho o traço começa fino no canto interno e termina mais grosso no externo. Agora faça o risco que vai definir o gatinho. Marque-o no canto externo do olho em direção à sobrancelha. O tamanho desse traço não é muito longo nem muito curto. Se você estiver usando a fita adesiva, basta aplicar rente a ela. Junte o início do gatinho com o final do delineado de contorno, aplicando o pincel de fora para dentro. Enquanto estiver aplicando o delineador, dê sempre uma olhada no resultado para ir uniformizando o traço. O segredo para o delineado sair perfeito é ter mão leve. É preferível você adicionar camadas de produto aos poucos em vez de ter de tirá-las depois.    DICAS DE PROFISSIONAL Se os seus olhos são pequenos, não delineie o olho inteiro, pois isso deixa a aparência ainda menor. Você pode passar delineador colorido sobre a pálpebra com sombra. Ele proporciona ainda mais vida aos pigmentos brilhantes. Se fizer um delineado expressivo rente aos cílios superiores, deixe a parte de baixo sem nada para não dar a impressão de olhos caídos. O delineador é sempre aplico depois da sombra e antes da máscara para cílios. Que tal se tornar uma expert em maquiagem e dominar esta e muitas outras técnicas? Invista no curso profissionalizante do Instituto Embelleze e prepare-se depois para colher os frutos do sucesso!  
> Leia mais
Cabelo e make inspirados nos anos 90 estão na moda
Na TV, a novela global Verão 90 está um sucesso. Não apenas pela trama, mas também pelo revival de tendências da década de 1990, que marcaram uma geração. Nas ruas já é possível ver as fashionistas com sombra azul, esmalte escuro, cabelo com franja leve... A maquiadora Adrieny Menandes Geraldo, do Instituto Embelleze unidade Manaus Zona Leste, faz um resumo da maquiagem que volta à cena: “As sobrancelhas são mais espessas que as usadas nos 90, porém continuam sendo modeladas como naquela época. Vem daí também a sombra azul e o batom escuro que hoje estão na moda”. A cabeleireira Elem Gleice de Freitas Silva, da mesma unidade, dá um apanhado do visual que subia à cabeça das mulheres nos anos 90 e que ressurge em 2019: “Corte com comprimento médio, bastante volume e movimento, além de uma franja desfiada. Um acessório que fazia sucesso naquela década e que está em alta é a bandana, porém em cores neon para atualizar a tendência”.   Tanto as mulheres clássicas quanto as modernas podem apostar nos looks 90, pois a moda é bem diversificada. Vamos lá? 4 tendências dos anos 90 para o cabelo Coque com franja solta – A atriz Jennifer Aniston e a cantora Jennifer Lopez são os ícones desse penteado que, com certeza, foi um dos mais pedidos nos salões nos anos 1990. O cabelo preso num coque ou rabo de cavalo com uma mecha lateral solta na frente do rosto era muito usado inclusive como penteado em casamentos.       Trancinhas finas – O look que está na moda agora — tranças fininhas de raiz em torno da cabeça — é uma releitura do penteado usado por meninas da época, como a cantora Britney Spears, que disseminou o visual mundo afora.     Volume e ondas – O cabelo ondulado ou cacheado, dividido lateralmente (como usa a atriz Claudia Raia, a Lidiane da novela das sete Verão 90), era queridinho. Para ficar assim, é necessário fazer um corte em camadas com franja lateral. Quem não tem volume natural, basta desfiar os fios e borrifar spray fixador ou fazer babyliss e soltar os cachos.     Acessórios chamativos – Presilhas grandes, tiaras largas e bandanas, todas sucesso nos 90, estão de volta. Elas apareceram nas passarelas de Nova York nos desfiles das grifes Alexander Wang e Anna Sui.   5 tendências dos anos 90 para a maquiagem Sobrancelha natural – A moldura fininha da década, adotada pelas estrelas Kate Moss e Angelina Jolie, não voltou. Hoje ela é mais espessa e natural. Mas o design, que dá uma forcinha na hora de modelar, continua valendo.   Batom escuro – Celebridades como Beyoncé, Drew Barrymore e Cindy Crawford usavam lábios dramáticos em tons de marrom e vinho. Em 2019 os batons escuros voltam a chamar a atenção e já pintam em rostinhos famosos, como de Kylie Jenner.   Lápis delineador – Um olho preto marcado é sempre um sucesso, quase nunca cai de moda. No passado, o lápis preto era um dos itens mais usados do nécessaire para contornar a linha d’água, em cima e embaixo. E hoje é um hit, especialmente entre as mais jovens.   Gloss labial – Outro revival dos 90, os lábios cheios de brilho estão super em alta neste verão. Pode ser usado sozinho ou por cima do batom.   Sombra azul – Uma das tendências de maquiagem mais marcantes da época, os olhos azuis voltam a aparecer nas ruas. O tom azul cobalto é perfeito para qualquer cor de pele e você pode optar por uma sombra metalizada ou cintilante. Recentemente, atrizes internacionais, como Lupita Nyong'o e Queen Latifah, surgiram com o olhar azulado confirmando a trend.  
> Leia mais
Tranças da moda: as tendências para 2019
As tranças sempre estiverem presentes no universo da beleza feminina. Na infância, quem nunca foi pra escola com trancinhas no cabelo? Tudo começou com a trança simples, feita com três mechas do cabelo, mas, com o passar dos anos, a influência de diferentes culturas e da moda acabou popularizando novas versões e, atualmente, não faltam modelos interessantes e lindos! Há várias temporadas de desfiles nacionais e internacionais, especialmente de verão, os estilistas e hairstylists têm apostado nas tranças para compor os looks — e neste verão 2019 não foi diferente. As semanas de moda trouxeram o penteado de forma criativa, em versões naturais, fake (para misturar com o cabelo natural), afro, minimalista, enfeitadas com contas... Como fazer as tranças da moda Trança lateral: romântica, fica bem até para noivas Foto: Reprodução/Pinterest Pegue uma parte do cabelo do topo da cabeça (franja e lateral direita, bem acima da orelha) e divida-a em três mechas. Comece a trançar assim: cruze a mecha da direta para baixo da mecha do meio e cruze a mecha da esquerda por baixo da mecha da direita. Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça, incorpore-a à mecha da direita e cruze-as juntas por baixo da do meio. Repita o procedimento até trançar todo o cabelo, lembrando que essa trança precisa terminar do lado esquerdo da cabeça, sob a orelha. Portanto, você tem que trançar na diagonal. Ao final prenda com um elástico.   Estilo boxeadora: moderna, vai bem na balada e em eventos descontraídos Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo lateralmente (também pode ser ao meio), deixando a risca bem visível. Comece uma trança de raiz desde a franja, alinhando a trama na altura do arco da sobrancelha. Continue cruzando as mechas de como a criar um efeito de trança embutida. Da altura da nuca até as pontas, faça um atrança comum. Prenda com elástico de silicone. Repita o processo do outro lado.   Trança central com coque: ousada e elegante, é uma opção para formatura e casamento Foto: Reprodução/Pinterest Divida o cabelo ao meio passando o pente verticalmente da testa em direção à nuca. Segure as duas mechas que se formaram com piranhas. Agora pegue uma mecha fina nas margens da risca central, na parte de trás da cabeça e faça uma trança de raiz até a altura da nuca. Prenda com um elástico de silicone preto ou transparente. Penteie o restante do cabelo para trás e torça as mechas, juntando-as com a ponta da trança, na linha da nuca até formar um coque baixo, bem despojado. Prenda com grampos.   Trança cornrows: estilosa, para qualquer ocasião Foto: Reprodução/Pinterest Essas trancinhas podem ser feitas em mechas finas ou médias de cabelo, como você desejar. A dica é começar a trançar pela mecha lateral próxima à orelha e ir subindo até trançar o cabelo todo. Para compor o visual da moda, faça as trancinhas bem próximas umas das outras, deixando o couro cabeludo à mostra. As tranças são rasteiras: passe a mecha da direita embaixo da mecha do meio e a da esquerda também embaixo da mecha do meio e prossiga assim até o fim. Você pode enfeitar as trancinhas com contas e variar a finalização como quiser.   Estilo Boho: perfeita para o dia e a noite Foto: Reprodução/Pinterest Inicie o penteado dividindo o cabelo ao meio — faça uma risca até a nuca. Prenda um dos lados com elástico enquanto trabalha o outro. A trança deve ser feita a partir da parte de trás da nuca, bem apertada, num trançado simples.    Vantagens do penteado com trança Além de dar uma boa repaginada no visual, a trança pode ser feita em qualquer tipo de cabelo — do liso e fininho ao crespo ou afro, mas desde que tenha um certo comprimento, claro! Mas talvez a vantagem maior seja não precisar preparar o cabelo antes do penteado, ou seja, você pode mexer nos fios do jeito que eles estiverem: sujos, limpos, com ou sem finalizador... Há até um benefício em fazer trança no cabelo mais pesado: o penteado fica no lugar com mais facilidade e os fios são ais moldáveis. Apenas uma boa escovação para eliminar pequenos nós e emaranhados é suficiente.  Dicas para iniciantes Quando você estiver aprendendo a trançar o cabelo, procure treinar em alguém e não em você mesma.  Dá para treinar até em cabelo de boneca! O que faz do cabeleireiro um bom trançador é a prática. Tenha por perto os seguintes acessórios para descomplicar a tarefa: uma escova, para desembaraçar o cabelo antes; pente fino, para separar ou dividir as mechas; grampos, no caso de elaborar uma trança com coque; elástico pequeno e transparente, de silicone, para prender a ponta da trança (fica imperceptível); elástico comum, para prender rabo de cavalo antes da trança. O finalizador mais indicado para penteados com trança é o spray fixador, que como o próprio nome já diz, fixa os fios no lugar e assegura que o look fique perfeito por um longo período. O cabelo tende a ficar com fiozinhos arrepiados depois da trança pronta? Dê um fim no frizz passando no cabelo um pouco de óleo de argan e depois trance-o.   A clássica trança embutida ou de raiz Todo mundo que começa a fazer trança tem o desejo de aprender a elaborar a clássica trança francesa (ou embutida). Ela é sempre o próximo nível para quem já tem habilidade para fazer o penteado simples, com três mechas.  Vale a pena aprender a trança embutida muito bem, porque é um modelo que vai bem em qualquer ocasião — do dia a dia à festa —, nunca sai de moda e serve de ponto de partida para lindas variações.  Passo a passo Penteie o cabelo e separe a parte de cima (topo da cabeça) Divida essa parte em três mechas iguais Cruze a mecha da direita sobre a do meio Cruze a mecha da esquerda sobre a do meio Pegue uma nova mecha do lado direito da cabeça e incorpore-a à mecha da direita, cruzando-as juntas sobre a mecha do meio Repita o procedimento do lado esquerdo Continue até que todo o cabelo esteja incorporado à trança Ao chegar na altura da nuca, trance o cabelo normalmente até a ponta Prenda com um elástico pequeno   Quer aprender mais sobre penteado e ser um cabeleireiro de sucesso? Inscreva-se no curso de Cabeleireiro Profissional do Instituto Embelleze e arrase!          
> Leia mais
Tutorial de maquiagem primavera 2019 dia e noite
Foi dada a largada para a estação mais feminina do ano: a primavera. As flores enchem a vida de cor e, na maquiagem, não é diferente. Tonalidades fortes, delineados vibrantes, esfumados coloridos, batons vivos..., vale tudo para celebrar a magia dos dias frescos e ensolarados. Seguindo essa tendência, a youtuber Suzy Bezerra (@suzybezerraoficial) criou uma maquiagem primavera 2019 dois-em-um: para o dia, um look básico e fresh e, depois, acrescentando poucos detalhes, transformou-o em um make noite intenso e vibrante. Você tem medo de maquiagem colorida? Tudo bem, a gente sabe que não é lá muito fácil fazer uma boa combinação de tons, sem falar que o resultado é sempre mais ousado. Mas, acredite, com as tendências de moda democratizando o uso das cores já há alguns anos, tem ficado cada vez mais simples acertar. A democracia da beleza também tem tornado a diversidade mais aceita, o que facilita. Depois, com um pouco de técnica e bom gosto, não há look que pareça exagerado — é só uma questão de equilíbrio. Além disso, o efeito esfumado é um grande aliado para aderir a essa tendência (que vem com tudo nesta primavera e vai permanecer no verão), uma vez que ele torna as cores mais suaves. Vem, se joga, e inspire-se aqui a compor um look lindo para a temporada. Leve, é perfeito para você, que é maquiador profissional, sugerir para suas clientes. Passo a passo maquiagem primavera 2019 Se joga nessa super trend da maquiagem colorida, porque é possível adaptá-la ao gosto pessoal e estilo. A youtuber Suzy Bezerra ensina todos os detalhes, a seguir para fazer um make color cheio de personalidade (veja também o vídeo tutorial no final do post). Básico para o dia... 1 Lave o rosto com o seu sabonete facial de costume; e para complementar a limpeza da pele, passe um algodão umedecido com água micelar. Aplique um hidratante, de preferência uma versão com proteção solar, para deixar o rosto hidratado e protegido de dia. Para fechar os poros, aplique um primer em toda a face, o que assegura também que a maquiagem dure mais tempo intacta. Hidrate os lábios com protetor labial, balm ou manteiga de karité.  2 Faça o preenchimento das sobrancelhas utilizando uma sombra própria e pincel chanfrado. Para um acabamento mais natural, desenhe fio a fio e seja criteriosa nas extremidades para evitar riscos de contornos artificiais. 3 Finalize o desenho da sobrancelha contornando a parte inferior do arco com uma base num tom mais claro que o da sua pele, aplicada com pincel língua de gato. Espalhe o produto também na pálpebra móvel para aumentar a fixação da sombra. Com uma esponjinha, esfume bastante o produto para garantir um efeito natural. 4 Aplique uma sombra em pó em tom rosé, esfumando bem, para fazer a cor de fundo da pálpebra, ultrapassando a linha do côncavo. Aplique sombra amarela em pó apenas na região do côncavo, de maneira que a sombra rosé fique aparente. Faça movimentos de vaivém para esfumar, assim a transição entre o amarelo e o rosé não fica tão marcada e o look parece mais profissional. 5 Com um delineador rosa, ou utilizando um batom cremoso e um pincel chanfrado, faça um traço mais grosso do tipo pin up rente aos cílios, deixando um efeito gatinho no canto externo dos olhos. Aplique máscara preta nos cílios superiores e inferiores. 6 Para seguir a linha colors da maquiagem primavera 2019, passe um lápis de olho lilás na linha d'água inferior. Utilize o mesmo lápis para dar um toque de cor à pálpebra inferior: faça um traço e depois esfume. “Esse esfumadinho nos cílios inferiores é tendência total da maquiagem primavera 2019”, afirma Suzy Bezerra. 7 Como esse make é para o dia, aplique um protetor solar com cor, uma base com FPS ou um BB cream, também com filtro solar. 8 Com uma esponjinha, aplique um pó translúcido para matificar a pele. Espalhe-o usando um pincel grande, redondo e fofo. 9 Para fazer os detalhes de contorno, com um pincel firme e de cerdas curtas, aplique um pó compacto dois tons mais escuro que o da sua pele nas laterais do nariz e nas laterais da bochecha (na área funda). Passe o restante de produto que sobrou no pincel rente ao couro cabeludo, em todo o contorno da testa. 10 Na região das olheiras, passe um pó compacto dois tons mais claro que o da sua pele para iluminar a área e rebater o ar de cansaço. Aplique o restinho de produto que ficou no pincel no ossinho do nariz (região central) para potencializar o truque de contorno; no centro do queixo e na testa para garantir um efeito iluminado. 11 Aplique blush alaranjado na região do ossinho das maçãs. Em seguida, utilize um pincel bem fofo para limpar o make e “varrer” o excesso de pó, puxando em direção ao pescoço e espalhando bem. Para finalizar, passe um batom nude rosado, cor que está super em alta.     Especial para a noite... 1 Faça um traço de delineador preto acima da linha rosa que já existe, criando assim um duplo delineado. Aplique cílios postiços nos fios superiores, para dar um ar de balada. 2 Esfume a pálpebra inferior com uma sombra preta em pó e aplique lápis preto na linha d’água para marcar ainda mais os olhos.Passe um batom vermelho puxado para o marrom. 3 Intensifique o look glam aplicando iluminador no topo das maçãs do rosto, na base das sobrancelhas, no centro e na ponta do nariz.        
> Leia mais
Cortes de cabelo com franja: qual é o seu?
Isabelle Drummond, Debora Nascimento e Letícia Colin são as atrizes que acabaram de dar uma repaginada na aparência aderindo ao corte de cabelo com franja. Mas tem uma lista enorme de outras tantas celebridades nacionais e internacionais que também já apostaram no estilo. Em 2019, as franjas curtinhas ou alongadas, retas ou desfiadas, cortininha ou arredondada são as mais pedidas. Para investir na trend sem erro, o ideal é associar o corte da franja com o do comprimento do cabelo para formar um conjunto harmônico. A expert Francine Carvalho, instrutora do curso Cabeleireiro Profissional, do Instituto Embelleze de Taubaté (SP), indica quais cortes de cabelo com franja estão em alta e combinam com os diferentes tipos de rosto e de fio. As dicas são ótimas para quem é profissional e quer seguir a carreira Master em Cortes, que associa as especialidades cabeleireiro e design em cortes femininos. Dê uma olhada também no vídeo que a Francine fez demonstrando um corte de cabelo com franja antes e depois — está logo no final deste post.   FRANJA CURTA   Atualmente chamada de baby bang, a franja curtinha é perfeita para mulheres ousadas e de rostos com traços delicados, não importa o formato. Ela pode ser cortada bem reta e certinha no meio da testa, como a da atriz Letícia Colin, ou ter as pontas desfiadas com navalha, criando um ar moderno e urbano. No cabelo crespo ou ondulado, a franja com cachos forma uma moldura mais desconectada e também pode ser usada lateralmente. Corte que combina com a franja curta:  O longo com base reta é uma opção, assim como o Chanel médio ou curto, também chamado de short bob. Outro corte que combina muito com a ousadia da franja curtinha é o joãozinho ou pixie. Dicas para pentear: No liso - Faça uma escova em todo o cabelo. Despenteie as pontas e aplique spray fixador. No cacheado - A franja pode ser definida com pomada para modelar, espalhada com leves toques das pontas dos dedos.   FRANJA ALONGADA Para quem gosta de um look irreverente, este é o ideal. Longa, a franja é desfiada com tesoura desde o início da testa até a altura da orelha. Deve ser mantida na lateral se o seu rosto é do tipo coração ou triângulo invertido: ela desvia o olhar para o queixo. No rosto muito comprido ou redondo, esse tipo de franja acentua os formatos, por isso deve ser evitado. Donas de traços delicados podem usar a franja longa dividida ao meio, como a atriz Dakota Johnson. Esta franja no cabelo cacheado é perfeita, pois ajuda a modelar o corte. Corte que combina com a franja alongada: Corte com volume nas laterais e franja cobrindo a testa, na altura da sobrancelha (ou um franjão), é a melhor pedida. No cabelo cacheado, diminua o volume do topo e abuse do volume próximo ao queixo. O comprimento long bob, Chanel desconectado e o corte repicado em camadas longas, a partir da franja, são boas pedidas. Dicas para pentear:  No liso – Aplique um creme de modelagem nos cabelos úmidos, faça uma escova e passe chapinha apenas nas pontas para marcar bem o repicado. No cacheado – Borrife spray definidor de cachos em todo o cabelo e amasse a frente com a ponta dos dedos.   FRANJA ARREDONDADA Ela vai contornando o rosto até chagar às laterais. A parte do meio fica na altura das sobrancelhas e os lados alongam até as orelhas. É o estilo perfeito para mulheres com rosto quadrado ou oval. Em faces redondas a tendência é o corte arredondar ainda mais, portanto, evite. Fica bem em fios lisos ou ondulados, porém grossos e bem pesados. Corte que combina com a franja arredondada: Cabelo longo ou médio com base reta sempre fica bem com esta franja. Por causa das laterais compridas ela cai muito bem no penteado preso. Se o seu cabelo é cacheado, aposte no corte arredondado com volume nas laterais. Dicas para pentear:  No liso – Faça escova arredondando todo o cabelo e a franja. Capriche nos lados. No cacheado – Aplique definidor de cachos e modele a frente e as laterais com babyliss para marcar bem o formato redondo do corte.   FRANJA RETA É o tipo que cobre as sobrancelhas e combina com os cabelos que têm a base reta. Deve ser sempre cortada milimetricamente na altura das sobrancelhas e depois toda desfiada nas pontas com navalha. No cabelo cacheado as pontas desconectadas devem ficar mais em evidência, ok? O ideal é que o cabelo seja encorpado. Cai como luva no rosto redondo. Corte que combina com a franja reta: Cortes na altura do ombro ou abaixo dele são os mais indicados, pois a franja reta combina com um visual mais pesado. No cabelo ondulado a franja reta pode ser menos espessa. No curto, o volume das mechas deve se concentrar no topo e não nas laterais. Dicas para pentear:  No liso – Desarrume toda a franja, levantando a raiz. Em seguida, faça movimentos como se estivesse dando beliscões pra deixar alguns fios soltos e despenteados. Para terminar, aplique spray fixador. No cacheado –  Deixe a franja cacheada, definida com pomada ou babyliss ou faça uma escova nela para compor um visual divertido com o restante do cabelo cacheado.    
> Leia mais
Como aplicar (e tirar!) a henna na sobrancelha
As sobrancelhas são responsáveis pela expressão do olhar. Há quem vá mais longe e diga que elas são a moldura do rosto, pois trazem harmonia aos traços da face. De fato, elas têm grande peso no conjunto. Seja como for o formato das sobrancelhas — muito grossas, finas demais, com falhas, rebeldes... —, a questão é que para todos os problemas tem um jeito. As pestanas podem ser corrigidas com pinça, depilação com linha, maquiagem, entre outros métodos. No entanto, uma alternativa semipermanente que está bombando nos salões de beleza, é a henna na sobrancelha. Além de ser muito prática – dispensando o uso de maquiagens regulares no dia a dia –, proporciona um resultado é extremamente natural. “Isso porque o tom da henna pode ser criado conforme a cor da pele e dos cabelos da cliente. Hoje temos um leque de opções, henna orgânica, vegetal, natural. O mais importante é ficar a contento da cliente”, explica Rayssa Pryscilla de Nezio Silva, instrutora dos cursos de designer de sobrancelhas e de cílios do Instituto Embelleze, de João Pessoa (PB). A seguir, a especialista em beleza do olhar tira todas as dúvidas sobre o método. Como funciona a henna na sobrancelha? A técnica consiste em pintar as sobrancelhas com a velha e boa henna (sim, a mesma utilizada para colorir os cabelos). A coloração entre um fio e outro disfarça as falhas dos pelos; e o tingimento da pele potencializa o efeito, já que provoca uma ilusão de ótica de um arco mais cheio e vivo. Assim, levanta o olhar, realça os traços e deixa o rosto mais expressivo, de forma absolutamente natural. Lembrando que o método nada tem a ver com tatuagem definitiva, no qual outros recursos são utilizados e, por consequência, o efeito também é outro, digamos, um pouco mais forçado. Quem pode fazer henna na sobrancelha? O uso dessa técnica de coloração na sobrancelha praticamente não implica em nenhuma contraindicação. Todas as mulheres que desejam corrigir alguma falha, deixar o desenho mais alongado ou intensificar a tonalidade do arco podem lançar mão do método. A exceção fica para as grávidas, que devem se manter longe do recurso, por ser uma substância que contém chumbo na formulação.   Como se produz sobrancelhas de henna? “O preenchimento com o produto é utilizado para corrigir ou realçar os arcos, por isso não é recomendado aplicar a henna na sobrancelha antes do design, de definir o formato, já que a aplicação do pigmento acompanha o desenho, e por isso mesmo torna o resultado impecável”, destaca Raissa. A seguir, ela explica passo a passo como é feito o procedimento (assista o vídeo no final do post também). Antes, uma última dica da especialista: “É importante fazer o teste antialérgico para saber se a cliente tem alergia. Muitas pessoas têm e não sabem”. Passo 1 Desenhe o formato desejado da sobrancelha com um lápis de olho branco. Passo 2 Retire o excesso de pelos com uma pinça, com cuidado, sem deixar um só fio desalinhado. Passo 3 Coloque a henna em um pequeno frasco e, com um pincel fino, aplique com cautela e devagar, a tinta sobre a sobrancelha. Passo 4 Espere o tempo de ação da pigmentação do produto, de 40 a 50 minutos, para que a henna fixe bem na área aplicada. Passo 5 Retire o produto com um algodão umedecido com água. Dica preciosa para a cliente: no primeiro dia, evite lavar o rosto com sabonete, para aumentar a fixação do produto na pele.   Como tirar a henna da sobrancelha? “Caso a cliente não goste do desenho ou da tonalidade feitos com a aplicação de henna na sobrancelha, é possível fazer a remoção do pigmento com um removedor próprio para henna, de preferência da mesma marca da coloração”, sugere Raissa. Outras dicas para suavizar o tom dos arcos é esfregar uma bucha (com cuidado!) sobre a região durante o banho, lavar o rosto com água morna três vezes por dia ou aplicar creme hidratante na área, de quatro a cinco vezes ao dia. É preciso sempre muita delicadeza para essas ações, porque a área dos olhos é delicada e sensível. Quais são as dicas para um bom resultado da técnica de henna na sobrancelha? Ao pensar em fazer a técnica de pigmentação, não tenha dúvida, faça o procedimento sempre em um salão de beleza com um profissional habilitado. Se você é profissional, essa informação pode estar em destaque num cartaz no seu salão, de maneira que as clientes entendam que se trata de um método que é melhor não arriscar e fazer em casa. O produto pode durar de 15 a 30 dias, vai depender do estilo de vida de cada mulher, dos hábitos diários: se transpira muito, se pratica natação ou hidroginástica, se faz sauna, se toma mais de um banho por dia e por aí vai... Nas peles mais oleosas a henna tende a durar menos, porque a oleosidade não deixa que a aderência do produto na pele seja 100%; e nas peles mais secas, geralmente o efeito da henna na sobrancelha tem uma durabilidade maior. Existem hennas de diferentes tons e cores, portanto não tem por que deixar o efeito deselegante em relação ao tom da pele e do cabelo da cliente. Ok, sabemos que a ideia é justamente intensificar e dar um “toque mais vivo” aos arcos, mas mesmo que haja certa insistência por parte da cliente para uma coloração mais forte, cabe ao profissional de beleza explicar como fica a cor depois de pronta etc. Ver a cor do produto no frasco não quer dizer nada, o que vale aqui é saber (talvez vendo uma foto de alguém que tenha uma pele com as mesmas características) como fica o resultado da henna na sobrancelha. E esse bom senso cabe exclusivamente ao designer de sobrancelhas.
> Leia mais
Botox capilar para homens
Passar um bom tempo em frente ao espelho e ostentar fios bonitos e bem cuidados não é mais exclusividade das mulheres. De uns tempos pra cá, os homens resolveram assumir sua vaidade e se dedicar mais aos cuidados com a beleza. Super de boas! Tanto que a febre do momento é o botox capilar masculino, uma tendência que está bombando entre os procedimentos feitos por eles nas barbearias e nos salões. Rodrigo Lima, diretor artístico do salão Circus, de São Paulo, com duas unidades na região da Paulista – uma na Augusta e outra na Pamplona – credita essa mudança de comportamento a uma nova postura. “O homem está se cuidando muito mais e procurando meios para manter um estilo, a saúde e o bem-estar. E, claro, que nessa busca entra uma primazia com o visual, para deixar o cabelo com bom caimento, sem frizz e com um brilho bacana. É visível como aumentou a procura por procedimentos que deixam os cabelos mais estruturados e alinhados”, pontua o cabeleireiro, proprietário do espaço que já tem 50% de homens entre a sua clientela. Mas atenção antes de correr em busca do botox capilar: o tratamento pode ter nomes diferentes conforme a região do país, podendo ser chamado também de plástica dos fios ou escova orgânica. E mais: é o mesmo tratamento que já faz sucesso entre as mulheres há algumas temporadas. Saiba tudo sobre o assunto agora. Como funciona O botox capilar tem como principal vantagem devolver componentes perdidos pelo cabelo no dia a dia, como ceramidas, queratina e lipídeos. Também fecha as cutículas do fio, aquelas escamas protetoras, trazendo brilho e alinhamento à fibra capilar, além de garantir uma hidratação potente. “É importante lembrar que o botox capilar não necessariamente alisa o cabelo, mas sim reduz volume e frizz”, destaca Rodrigo Lima. Para quem é indicado Homens que não têm química nos cabelos possuem poucas restrições — a maioria é liberada para fazer essa técnica de tratamento. O formato do cabelo também não implica em nada, seja reto, seja ondulado. Por outro lado, é sempre válido uma análise e diagnóstico do cabeleireiro antes de optar por qualquer procedimento para definir se o cabelo realmente precisa do procedimento ou não. Muitas vezes, a mudança de um produto no cotidiano já resolve, mas só mesmo um profissional especializado para falar. É importante lembrar que em casos de problemas, como queda de cabelo ou afinamento excessivo do fio, é bom se consultar como um médico previamente para determinar a possibilidade da realização do botox capilar. “Tome cuidado também com a mistura de químicas! Não é recomendável fazer o botox capilar em cabelo descolorido ou com outras químicas”, aconselha Rodrigo Lima. Manutenção Vai depender do efeito desejado, mas em linhas gerais, na maioria dos casos, os retoques são feitos em média, a cada dois meses. Novamente é importante lembrar que o produto utilizado é que define essa variação. “O número de lavagens interfere diretamente também, porém se considerarmos que a maioria dos homens lava o cabelo todo dia, a média do tempo de duração do tratamento é de 30 a 40 dias”, mensura Rodrigo Lima. Alguns cuidados no dia a dia não estendem o tempo de duração do procedimento, mas aumentam o grau de satisfação com o efeito desejado do botox capilar como, por exemplo, manter a hidratação semanal e evitar produtos anti-resíduos para não mandar embora os ativos utilizados no salão. A dica básica para garantir o realinhamento capilar e preenchimento da fibra é escolher uma linha de xampu e condicionador com ação de plástica dos fios ou que contenham ceramidas, colágeno, arginina e queratina na fórmula. Para turbinar a hidratação, use máscara com efeito de reconstrução do cronograma capilar uma vez por semana (ou de acordo com indicação do cabeleireiro).    
> Leia mais
Guia de cores de cabelo 2019
Embora a coloração do cabelo da atriz Juliana Paes esteja fazendo o maior sucesso, os castanhos não reinam absolutos nesta estação. Também são destaque as cores de cabelo loiro, vermelho e preto. Outra novidade são as luzes marcadas em tons que contrastam aos de base para iluminar o visual. Há opções para quem prefere nuances naturais, exóticas, suaves ou intensas. Animada para mudar o visual? Então preste atenção neste conselho: quem vai fazer uma mudança radical ou quer dar um efeito especial aos fios nunca deve arriscar a tingir o cabelo em casa. Procure um profissional qualificado para avaliar as condições das suas madeixas e determinar a melhor técnica para realizar a transformação sem danos, ok? Só para ter uma ideia dos perigos, se a estrutura capilar estiver muito danificada ou porosa, a nova coloração pode ficar manchada, pois algumas mechas absorvem mais o pigmento do que outras. É importante fazer uma hidratação prévia com produtos identificados como pré-colorantes, que promovem o fechamento das cutículas. Depois de colorir, é necessário selar a cutícula e neutralizar os resíduos oxidantes das tinturas. Conheça a seguir as cores de cabelo que vão atualizar a sua aparência e tudo o que é necessário levar em conta na hora de sugerir uma transformação para a sua cliente, se você é cabeleireiro profissional. Loiros em alta Clarear o cabelo é ainda mais arriscado sem a supervisão de um cabeleireiro — os castanhos, por exemplo, podem ficar alaranjados! Outro cuidado para quem pretende ficar loira é fazer retoques mensais para deixar o loiro luminoso. Além disso, usar no dia a dia um xampu antioxidante para o tom não ficar esverdeado ou amarelo. Uma vez por semana aplique uma máscara hidratante para evitar a secura. Escolha agora um loiro para chamar de seu... Manteiga ou neutro Nem platinado, nem escuro quente: o loiro do inverno que já conquistou famosas, como Sophie Turner, Jennifer Lawrence, Hailey Baldwin, Elsa Hosk e Khloe Kardashian, está próximo do bege, areia, nude e perolado. “É o meio do caminho entre o loiro platinado e o loiro escuro. Para alcançar o perfil neutro, é feita uma combinação de nuances quentes e frias. A fusão resulta em um visual sofisticado, com muita luminosidade”, explica Jackson Nunes, hairstylist do In Beauty Luxury, em Campinas (SP). Além de dar um aspecto moderno e delicado, as cores de cabelo neutras valorizam todos os tipos de pele e não exigem muita manutenção, uma vez que as técnicas de coloração visam deixar um efeito de clareamento natural dos cabelos.   Fotos: Reprodução   Platinado Os fios claríssimos, quase brancos, com fundo acinzentado (também chamados de loiro frio ou gelo), são tendência. A opção é perfeita para quem já tem o cabelo descolorido. Para o resultado ficar bonito, o ideal é manter a raiz escura e criar uma transição bem esfumada. Essa técnica também ajuda a diminuir a necessidade de retoques. Depois da coloração é fundamental aplicar xampu roxo, que possui concentração de pigmento violeta: ele neutraliza reflexos indesejados e mantém o platinado radiante.  Fotos: Reprodução/Pinterest e Shutterstock   Loiro mel Quem já é loira ou tem fios castanho-médio pode conquistar facilmente o loiro mel da temporada. No caso de fios mais escuros, é necessário descolorir e depois tonalizar para atingir o resultado, o que acaba danificando muito o cabelo. A tonalidade mais quente pode ser aplicada por igual em toda a cabeça ou aparecer em mechas sutis, com a raiz esfumada. Assim não dá para perceber onde o clareamento começa.  Foto: Shutterstock   CASTANHOS CHIQUES O castanho e suas variantes caem bem em todos os tons de pele, das branquinhas às morenas, e combinam tanto com o inverno quanto com o verão. Nesta estação eles estão mais badalados do que nunca, graças à tendência dos tons terrosos. Pintar as madeixas de castanho não tem segredo, mas caso você se sinta segura para dar um passo além da coloração uniforme, pode testar a técnica da marmorização. Ela ilumina as mechas que emolduram o rosto e outras, no meio do cabelo, quebram o visual chapado. Confira os castanhos que são trend entre as cores de cabelo da moda — um deles está no vídeo de antes e depois, no final deste post, realizado pelo professor Mychael Alcântara, do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP). A transformação foi inspirada no castanho desejo da atriz Juliana Paes na novela A Dona do Pedaço.  Castanho terroso Os tons do deserto são a opção perfeita para deixar o cabelo loiro-escuro mais quente e glamouroso. A ideia é usar alguns marrons para ressaltar vários pontos de luz em toda a cabeça. E foi o que o cabeleireiro Felipe Freitas, do FIL Hair & Experience, fez na atriz Juliana Paes, a Maria da Paz de A Dona do Pedaço. Ele aplicou as tonalidades terrosas com a técnica balayage, que cria mechas finas por quase todo o cabelo. Foto: Divulgação   Caramelo Essa versão iluminada da cor pode tingir luzes no cabelo castanho-claro, médio ou escuro, porque não cria um contraste muito marcante. É perfeita para ressaltar a cor de base.  Foto: Reprodução/Pinterest   Chocolate Quer continuar morena? O chocolate é a sugestão ideal para quem deseja sair do preto, mas sem cair no loiro. Para a cor de cabelo ficar glamourosa, intercale mechas marrons de tonalidades mais claras com escuras.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Cold brew coffee A inspiração para essa nuance é uma bebida de mesmo nome, um café gelado com aparência semelhante ao refrigerante de cola. A coloração é um castanho com um pouco de vermelho e mogno. O cold brew dá um efeito iluminado lindo e sofisticado ao cabelo escuro.   Fotos: Reprodução/Pinterest   PRETO MARCANTE A tonalidade mais escura da cartela de cores de cabelo volta à cena depois de décadas. Como se fixa bem em fios claros, como castanhos e loiros, o preto tem alto poder de cobertura. No entanto, se você tem luzes ou mechas, o recomendado é descolorir antes para que o preto fique uniforme. Veja qual é o matiz de preto que está em alta... Preto azulado Essa tonalidade clássica volta à cena depois de décadas! Ela tem reflexos acinzentados e, por isso, ganha o aspecto azul, principalmente sob o sol. O cinza acaba deixando a cor fria e mais intensa que o preto natural, o que também evita que os fios desbotem para o vermelho. A numeração 1 depois do ponto indica que o reflexo é acinzentado, ok?   Foto: Reprodução/Pinterest   RUIVOS E VERMELHOS Os pigmentos avermelhados são partículas grandes que têm dificuldade de se instalar dentro do fio. Eles acabam se fixando superficialmente e se desprendem com mais facilidade. Por isso, cabelo vermelho se torna gradativamente loiro-dourado ou alaranjado com as lavagens. Anote os cuidados: não lave os fios mais do que três vezes por semana, use xampu neutro, não esfregue o cabelo molhado com intensidade na toalha e invista em produtos especiais para ruivos e vermelhos, que realçam mais a cor. Fique por dentro das principais tendências de cores de cabelo!  Blorange ou ruivo pessego Ousado, o tom alaranjado com nuances de rosa e dourado já fez a cabeça de muitas mulheres. É uma cor de cabelo fantasia, perfeita para quem busca uma transformação radical. Para conquistá-la, o primeiro passo é descolorir os fios.   Fotos: Reprodução/Pinterest   Ruivo acobreado Para alcançar o tom, esqueça as nuances de vermelho e laranja. O pulo do gato é manter o seu fundo de cabelo natural e matizá-lo com reflexos acobreados. A técnica pega melhor em quem é loira ou tem cabelos castanhos-claros.     Foto: Reprodução/Pinterest   Vermelho carmesim Forte, brilhante e profundo, esse vermelho não é nada discreto. Cabelos do castanho ao preto necessitam de descoloração seguida de tonalização. Diminuir a frequência das lavagens é essencial para segurar o tom.   Foto: Shutterstock   Técnicas para aplicar as cores de cabelo da moda Os métodos de aplicação das tinturas vão se aperfeiçoando e mudando conforme as tendências em alta. Conheça o que vem por aí... Luzes marcadas O que antes era tido como artificial agora é moda. As luzes bem marcadas, especialmente na parte da frente do cabelo, ajudam a iluminar o visual. Esfumado degradê A técnica é indicada para quem quer clarear o cabelo sem radicalismo, já que a raiz fica mais próxima da cor natural e vai clareando gradativamente pelo comprimento até as pontas. A combinação de luz e sombra realça o movimento do cabelo e tem a vantagem de exigir menos retoques. Ombré hair Perfeita para ser feita na coloração loiro mel da moda, o ombré ilumina apenas as pontas dos fios. Haircontour É um método inspirado na famosa maquiagem de contorno e funciona como uma moldura, feita de acordo com o formato de rosto de cada mulher. Alguns pontos da cabeça são iluminados (com técnicas de clareamento à mão livre — hands free) e outros são sombreados (com tinturas ou tonalizantes escuros). Se você quer disfarçar a testa grande, evite descolorir os fios da raiz próximos à área. Quer valorizar o bocão? Faça um degradê de luzes a partir das têmporas.        
> Leia mais
Novidades para as unhas 2019
Cores neon, tie-dye, marrom, animal print e o visual extravagante dos anos 90 são tendências que saem das passarelas direto para a beleza das unhas. De acordo com a expert Hemilin Jéssica Ghislandi  Pinsegher, instrutora do curso de manicure e pedicure do Instituto Embelleze, das unidades Jaraguá do Sul, Itajaí e Balneário Camboriú, de Santa Catarina (SC), a tonalidade hit da temporada é o chiquérrimo bordô, como foi em 2018. “Não resta a menor dúvida de que a paleta do vermelho ao vinho vai vir com tudo entre as novidades para as unhas! Inclusive, passeando pelo roxo, da nuance mais escura até o divertido violeta. Porém, as mais ousadas podem investir nos tons de cinza e azul e suas variações, sem medo de errar, que também estão em alta, além do verde militar. O acabamento pode ser cremoso ou metálico. Os dois vão arrasar”, assegura a especialista. Mas ela ressalta que entre as duas versões de acabamento, a cremosa dura mais tempo com a aparência intacta. Bola dentro! Pois essas cores já podem ser consideradas os clássicos tons fechados de inverno, que sempre ajudam a dar aquele ar mais sofisticado no look e sair do óbvio, como pede a temporada. E por falar em clássicos, os tons terrosos continuam em alta e prometem ser a cor-sensação do inverno, como sempre. A paleta de marrons é bem democrática, com nuances de café, chocolate, caramelo, camurça, indo até o nude – não é exatamente uma super trend entre as novidades para as unhas, mas é a cara do frio. E a nail art? A que vai dar o que falar neste inverno tem como base os apliques minimalistas de pedrarias e pequenas frases que dão um toque de delicadeza e poesia às unhas. O resultado é superfeminino! 8 NOVIDADES PARA AS UNHAS  1 Formato oval   Neste inverno, as unhas quadradas com os cantinhos arredondados e as completamente retas saem de cena e as com formato oval, que há muito tempo não se via nas mãos mais antenadas, chegam com tudo e se consagram a sensação da temporada. “O desenho oval está ganhando evidência e caindo no gosto das mulheres. Uma das vantagens desse formato é que as unhas não quebram com facilidade e nos alongamentos de gel pode-se fazer o lixamento correto com o micromotor sem comprometer o resultado do acabamento”, explica Hemilin Jéssica. 2 Tons terrosos Assim como nos cabelos, o marrom vem com tudo em nuances bem ecléticas, que vão do café ao nude, passando pelo caramelo e chocolate. 3 Puro Brilho Os anos 90 estão de volta nas músicas, nas roupas, nas unhas! Invista, sem medo de arriscar, nas técnicas de glitter e de brilho reproduzidos em adesivos e enfeites, um super sucesso dessa época que está bombando. A versão atual dessa tendência, no mesmo estilo e igualmente moderninha, são os esmaltes de efeito holográfico, que também voltam com tudo. 4 Degradê A ideia de pintar uma unha de cada cor e que fez a cabeça das meninas em 2018 continua em voga em 2019. Pode apostar! Para não ficar parecendo “arte de criança”, um pouquinho de harmonia cai bem. Vale apostar em cores da mesma nuance ou num degradê de tons. 5 Cartela de vermelhos As várias tonalidades da cor são um clássico que nunca saem de moda. Portanto, se a ocasião pedir algo marcante e a dúvida pairar no ar, não tenha dúvida: vá de vermelho! Vivo, queimado, sangue, fechado, cereja, melancia, vinho... Todos eles fazem bonito no inverno. 6 Efeito ombré É a mesma técnica usada nos cabelos, em que as mechas vão clareando gradualmente em direção às pontas. Nas unhas, o efeito é um degradê sutil da cor do esmalte que deixa as mãos com um visual ultrassofisticado e moderno, além de superfeminino. 7 Neon colors Quem falou que as cores fantasia são a cara do verão? Na-na-ni-na-não! Acredite, a beleza anda tão democrática que o neon é o queridinho do frio de 2019. Ele pode ser usado de um jeito suave ou mais discreto, como na foto, mas mesmo assim vai chegar causando. 8 Nail art sensitive Quando o assunto é arte em novidades para as unhas, entram em cena os apliques minimalistas de pedrarias e as pequenas frases que dão um toque de delicadeza às unhas. O resultado é pura poesia!
> Leia mais
UNHAS DECORADAS PARA NOIVAS
Na hora da troca das alianças a atenção dos convidados (e dos flashes) vai toda para elas: as mãos da noiva! E já que atraem tantos olhares não podem estar descuidadas, não é mesmo? Como o foco nas unhas é inevitável, há alguns anos muitas noivas têm investido em algo mais que o tradicional branquinho. Novas tonalidades, técnicas de esmaltação, acessórios e até formatos já estão pintando na ponta dos dedos das noivas! A instrutora Márcia Lúcia, do Instituto Embelleze Campo Grande (RJ), conta que os esmaltes nudes rosados e os cinzas translúcidos são tendência para 2019, assim como as nail arts com detalhes em dourado e prata e as joias de unha. “Esmaltes transparentes e brancos leitosos são sempre os clássicos em noivas, mas o mercado tem atendido o pedido das mulheres que querem inovar e lançado produtos e acessórios diferentes que vale a pena experimentar”, diz Márcia. Segundo a expert, a francesinha, muito adotada como unhas decoradas para noivas, é um clássico que nunca sai de moda. Porém, ela ressalta que há novas versões da manicure que cabem perfeitamente para quem quer inovar. Viu quantas sugestões você, que é manicure profissional, pode indicar para as suas clientes? Assista ao vídeo da Márcia no final deste post e veja, a seguir, tudo o que pode ser feito em unhas decoradas para noivas. Esmaltes discretos, mas notáveis Embora os clarinhos sejam a primeira opção das noivas quando se pensa em esmaltação, o que define, na verdade, a tonalidade do esmalte é o estilo da noiva e do casamento. A noiva extremamente clássica, por exemplo, pode ir ao altar até de unhas vermelhas! No entanto, a maioria das unhas decoradas para noivas ficam em nuances mais discretas. Mas você não precisa ficar presa somente ao branquinho. Graças à moda dos nudes, existe uma cartela enorme de esmaltes de cor suave, em tons que vão do bege e rosa ao cinza, verde e azul.    Reprodução/ Pinterest     A eterna filha única A ideia de pintar uma única unha com uma cor diferente das demais caiu no gosto popular há, pelo menos, uma década aqui no Brasil e nunca mais saiu de moda. Desde então, não existem regras para chamar a atenção: vale simplesmente esmaltar com uma tonalidade mais ou menos chamativa que o restante, fazer uma nail art, colocar um aplique, acrescentar uma textura, um brilho... No universo do casamento não é diferente: dá para apostar em uma infinidade de contrastes lindos nas unhas decoradas para noivas.      Reprodução/ Pinterest   Rendas e babados, sim! A inspiração para as unhas das noivas enfeitadas com tramas de tecido vem da ideia de reproduzir o mesmo efeito do vestido nas garras. Há casos em que se usa uma pequena parte da renda como molde vazado para a esmaltação. Já existem vários moldes no mercado para isso, com padronagens diversas. Você pode imprimir o desenho em todas as unhas ou em apenas uma, tudo vai depender do gosto pessoal.      Reprodução/ Pinterest Apliques e joias para brilhar Quem deseja algo que vá além da pintura, pode contar (e se encantar) com os apliques e joias disponíveis para decorar as unhas. Há desde decalques de coração, motivos geométricos e flores a pedraria, pontos de brilho e pequenas joias. Plumas, glitters, caviar e fragmentos, como os espelhados, também não ficam de fora. Geralmente as noivas optam por enfeitar apenas uma unha, para não sobrecarregar o visual. No entanto, dependendo do aplique ou da joia, é possível fazer uma decoração mais generosa.     Reprodução/ Pinterest Flores, listras, arabescos Mulheres românticas costumam enfeitar as unhas com flores e folhas. Mas os desenhos geométricos e sinuosos também fazem a festa nas unhas decoradas para noivas. Eles dever ser pintados com cores contrastantes ao do esmalte de base e podem ser feitos em quantas unhas desejar.       Reprodução/ Pinterest Formatos e comprimentos de arrasar Se a intenção é usar um esmalte tradicional, como o transparente ou o branquinho, para deixar a atenção somente para o formato das unhas, considere o que combina mais com o seu estilo. A forma quadrada, redonda e oval é fácil de modelar em unha natural, já que não precisa de uma ponta muito proeminente. Mas se o que faz a sua cabeça são os formatos stiletto, bailarina e amendoado, há duas opções para conquistá-los: deixar a sua unha crescer bastante até atingir uma ponta consideravelmente grande, ou investir no alongamento de unhas em gel. A prótese de gel é um método sem contraindicações e que oferece a impressão de unha natural. Uma vez colocadas, as unhas de gel podem permanecer aplicadas por tempo indeterminado, desde que você faça a manutenção adequada com a manicure profissional. Isso quer dizer que é preciso visitar o salão a cada 20 dias, em média. Em comparação com a unha natural, a de gel é bem mais dura, permitindo dar formatos que só são possíveis em superfícies resistentes.      Reprodução/ Pinterest
> Leia mais
20 looks masculinos para casamento
É verdade que o universo casamento prioriza a noiva. É uma infinidade opções de vestidos, arranjos, véus, joias, calçados e referências para cabelo e maquiagem. Mas graças à expansão do mercado de beleza masculina, o cenário está mudando... Segundo dados da Euromonitor International, o crescimento do setor nos últimos 5 anos cresceu 30%. Só as vendas de cosméticos para homens cresceram 70% no Brasil, o que coloca o país em segunda posição no ranking de vendas mundiais — ficando atrás apenas dos Estados Unidos. A tendência grooming, um termo em inglês para cuidados pessoais, tem sido usada para definir o comportamento masculino nesses últimos anos: o chamado men’s grooming. O ponto central na preocupação com a aparência deles é a moda da barba, que trouxe mais estilo e personalidade para muitos. Até as novelas já incorporaram a barba para dar mais atitude a alguns personagens (já viu os atores Rodrigo Simas, Renato Góes e Carmo Della Vecchia em Órfãos da Terra, da Globo?). E é justamente o uso da barba pelo homem moderno também o responsável pelo resgate das barbearias antigas, que tomaram conta do mercado. Além dos serviços tradicionais, como corte de cabelo e barbear, elas oferecem cuidados para pele, sobrancelhas, unhas, corpo e a venda de cosméticos, em ambientes inovadores, dedicados especialmente para o público masculino. Essa oferta de novos tratamentos garante que mesmo quem não tem barba ou bigode seja um cliente em potencial. As barbearias antenadas já estão divulgando, inclusive, o Dia do Noivo, para sugerir modelos de barba, bigode e cabelo mais harmoniosos para o grande evento. Precisando de inspiração para recomendar o melhor para o seu cliente ou para você mesmo? Veja a seguir 20 looks masculinos para casamento! Dia do noivo Antes de fazer qualquer mudança no visual, cuide para não desrespeitar o seu estilo e gosto pessoal. A pior coisa é ficar incomodado com a aparência num dia tão importante. Não existem regras sobre como o homem deve usar o comprimento da barba em relação ao cabelo. Tudo vai depender do estilo que ele quer fazer: rebelde, clássico, moderno, roqueiro, grunge, tipo lenhador... Seja qual for o look escolhido, todos os fios precisam estar aparados, com o corte renovado, e hidratados para refletir maciez e brilho. Siga as dicas e confira também na galeria looks masculinos para casamento.   Finalização polida e alinhada Se a ideia é exibir um visual certinho, o corte de cabelo repicado com fios curtos é o mais indicado. Para ganhar charme, trabalhe nuca e laterais bem curtinhas e corte um degradê no topo para criar um leve topete. O graduado navalhado com mechas quiff também é uma alternativa, especialmente para cabelo ondulado a cacheado. O corte degradê é longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. Para um alinhamento perfeito dos fios, penteie com pomada ou spray fixador. Um rosto lisinho, completamente barbeado, ou com a barba rala, por fazer, é o mais indicado para o look polido.     Estilo bagunçadinho Os cabelos repicados médios, com ou em franja, ganham movimento e uma aparência despojada penteados com mousse. Coloque o produto na palma das mãos e espalhe nos fios ainda úmidos, passando os dedos pelas mechas para trás. O look fica bem natural e combina com barba crescida e até um cavanhaque, com fios mais concentrados na região do queixo e maxilar. O cavanhaque pode ter vários formatos e comprimentos, podendo ir do clássico, com linhas mais quadradas, ao mais “grunge”, com fios mais longos.     Look selvagem Quem prefere o visual mais naturalista, no estilo lenhador, não pode abrir mão do cabelo cortado com volume e da barba longa. O corte das madeixas pode ser com o volume mais concentrado no topo ou por igual na cabeça toda. A barba comprida exige hidratação semanal e aparo com mais frequência. Se o seu look é selvagem, mas nem tanto, aposte na barba mediana, com fios entre 3 e 6 centímetros de comprimento.   Visual fashionista O cabelo longo, na altura do ombro ou abaixo, é perfeito para homens jovens e modernos. Os fios podem ser retos, repicados em camadas ou desfiados com franjão. A vantagem do longo é ter mais opção na hora de pentear: dá para deixar solto, fazer coque ou trança e prender rabo de cavalo. O que garante a beleza do cabelo são os produtos de finalização, que acrescentam textura aos fios, definem camadas e eliminam o frizz. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz.   Interessado em proporcionar serviços mais profissionais para os seus clientes ou atualizar a sua barbearia? Invista no curso de barbeiro profissional do Instituto Embelleze. Nele, você desenvolve as competências com excelência no atendimento de cortes masculinos, modelagem de barba e aparo de pelos faciais, designer de cortes e barba, aprende as técnicas de cor, tratamentos e as mais variadas técnicas de transformação capilar masculina de alisamento e relaxamento. O barbeiro formado pelo Instituto Embelleze também será capaz de conhecer informações sobre o mercado, excelência em atendimento ao cliente e como montar sua própria barbearia.    
> Leia mais
PENTEADOS PARA NOIVAS
Penteados para noivas clássicas Não abre mão do tradicional? Ok, mas adicionar detalhes atuais pode fazer toda a diferença no resultado. O penteado pode ser solto ou preso, acompanhado de tiara ou coroa e véu. O coque é sempre uma opção para noivas tradicionais. Ele pode ser no modelo banana, bem polido e alinhado, ou mais desestruturado, numa releitura. Para garantir o visual desconstruído, antes de prender lave o cabelo e deixe os fios secarem naturalmente. Depois de secos, desfie as mechas do topo para dar volume à raiz e aplique spray fixador. Prenda o coque banana penteando os fios superficialmente para não eliminar a textura “bagunçada”. Outro preso que faz sucesso para as noivas clássicas é o coque inspirado nos anos 1940, com volume no topo da cabeça ou baixo — no centro ou na lateral da nuca. Opte pelo coque alto se quiser acrescentar alguns centímetros à sua estatura e também se a intenção for alongar o rosto.   Penteados para noivas românticas As adeptas desse estilo podem escolher entre o visual campestre, sempre romântico, e o princesa. Vale coque banana, coque trançado, coque com mechas, coque com detalhes embutidos... E também vale trança clássica, lateral, com mechas soltas e texturizadas, no estilo espinha de peixe, coroas de trança... O solto e o semipreso também podem ser uma opção. O que vai determinar se é uma noiva romântica do campo ou princesa são os acessórios: para a primeira, flores delicadas, como miniorquídeas e minirrosas; para a segunda, coroas tradicionais, estilo princesa. Uma dica para quem vai usar flores é escolher as espécies da temporada para se manterem impecáveis durante toda a cerimônia.   Penteados para noivas modernas Para as noivas que querem fugir do tradicional, a tendência é um visual mais urbano e descolado. Para uma pitada de modernidade no cabelo, opte pelo preso ou meio-preso com fios bem texturizados. O coque baixo também deixa o visual despojado, sem perder a classe. Se o seu desejo é um cabelo solto, invista no glamour das ondas marcadas, no estilo old Hollywood. Inspirado nas divas dos anos 1950, o look é mais indicado para casamentos em lugares fechados, assim você não corre o risco de ter as ondas desmanchadas pelo vento. O solto com ondas pode ser preso lateralmente e adornado com um acessório lindo.   Penteados para noivas naturais Cabelo solto é a primeira sugestão para noivas que são despojadas. Um penteado com fios soltos, volume no topo e o movimento de ondas, tipo beach hair, são apostas certeiras. Flores são perfeitas para arrematar o look. Fios cacheados, crespos e ondulados não devem ser alisados, ok? A textura natural ajuda a dar o visual natural que você está procurando. Basta tratar o cabelo para ele parecer saudável e bonito no grande dia. Mousse, difusor e babyliss são seus aliados na hora de pentear. Você pode usar os cachos soltos, definidos, ou optar por coques soltinhos e desestruturados. O semipreso lateral também é um luxo. Ainda há o cabelo trançado como sugestão para a sua cerimônia. A naturalidade no visual também pode ser obtida com o moderno estilo boho chique. Ele é estilizado por tranças, coques baixos (como o chignon), coques com tranças e o semi preso trançado. Vale destacar que no boho a trança tem sempre os gominhos folgados e o acabamento dos fios é levemente desalinhado. Seja qual for o penteado escolhido, aposte em arranjos, véu e grinalda leves.   Penteados para noivas retrô Ondas, coque baixo, adornos com pedrarias, pérolas, plumas e casquetes fazem parte do charmoso universo vintage. O coque baixo pode ter torções delicadas e detalhes bem desenhados para imprimir elegância ao look. O adereço de cabeça pode envolver bastante o penteado ou dar apenas um toque lateral. Uma dica para ficar bem retrô é usar joias de família no penteado, como um broche ou um colar que pode se transformar em tiara. Se quiser seguir uma referência para não se perder no estilo, dê uma olhada nas pin-ups, que traziam cabelos ondulados e bem polidos, numa mistura de clássico e romântico. Gostou das ideias de penteados para noivas? Confira também dicas de maquiagem para noivas.
> Leia mais
A NOVA MANICURE FRANCESINHA
Ela não é nenhuma mocinha — tem quase 90 anos —, mas sempre que atinge o auge da moda aparenta ser a mais nova tendência do momento. É que, embora possua uma característica clássica (marcar as pontas das unhas), é capaz de ganhar variações que trazem uma cara nova ao estilo. O precursor da francesinha foi Max Factor: em 1927 criou um creme rosado para ser aplicado como base e um líquido branco, só para as extremidades das unhas. No entanto, somente em 1970 a manicure foi batizada com esse nome. A pedido dos diretores de cinema por um esmalte mais neutro, o norte-americano Jeff Pink, fundador da marca Orly, lançou o primeiro kit de francesinha. Sorte a nossa! Desde então, a manicure virou a queridinha de famosas, como Kim Kardashian e Ariana Grande, e anônimas. E também evoluiu visualmente, com versões que vão muito além da faixinha branca, e na técnica de aplicação — os profissionais criaram vários jeitos de esmaltar para facilitar o trabalho.  Conheça todos as variações e segredos do estilo que está em alta no outono-inverno 2019. Métodos de manicure francesinha 1 Adesivo Feita com fita adesiva própria para a francesinha. A tira é colada sobre a unha, deixando uma área da ponta da unha livre para o esmalte branco (a espessura é você quem determina de acordo com o seu gosto). Depois é só passar o branquinho, esperar secar e tirar o adesivo. 2 Polegar Nessa técnica, o profissional aplica o esmalte branco usando a ponta do dedão. Ele tinge a própria pele com o branquinho e depois a encosta na unha da cliente, movimentando o dedão de um lado para o outro até que toda a extensão da ponta seja coberta. Às vezes, o traço não fica super retinho, então é preciso corrigir com um palito. 3 Pincel artístico Ele tem as cerdas fininhas, próprias para nail art. Basta mergulhar o pincel no esmalte branco e fazer o traço da francesinha do tamanho que desejar. A espessura fina ajuda a conseguir maior precisão no desenho.   4 Palito de unha Nesse método, o esmalte branco é aplicado com o próprio pincel do produto, da ponta até mais ou menos a metade da unha. Em seguida, com um palito, o profissional delineia a francesinha e depois limpa os excessos com removedor embebido em algodão para acertar o desenho. 5 Borrada Como o nome já diz, é uma técnica que borra o dedo, mas apesar da sujeira, é muito boa para controlar a espessura e a precisão do traço. Você posiciona o pincel do esmalte sobre a ponta da unha e, conforme vai desenhando o traço da francesinha, vai pintando também a ponta do dedo. Depois é só limpar com removedor.  Dicas infalíveis para a manicure francesinha Se o esmalte branco for novo e ralo, aplique duas camadas dele. Sempre que quiser acertar o traço de esmalte branco, faça isso usando um palito de algodão embebido em removedor. Mas enrole uma quantidade pequena de algodão no palito e, depois de mergulhá-lo no removedor, retire o excesso apalpando o algodão na sua mão. Se você não tiver um pincel artístico à disposição, fabrique um em casa: basta cortar as cerdas de um pincel de esmalte antigo com a tesoura, até sobrarem quatro ou cinco cerdas. Depois de terminada a manicure francesinha é imprescindível aplicar uma camada de extrabrilho (ou top coat) para evitar lascas do esmalte.  Estilos consagrados A expert Cláudia Cecília, instrutora do Instituto Embelleze de Brasília, fala sobre os dois tipos de francesinha mais pedidos nos salões: Francesinha mediana – “Tem a ponta branca mais larga que o tradicional. É usado o pincel do próprio esmalte para o traço que, depois, é acertado com um palito de algodão embebido em removedor”, explica Cláudia. Francesinha fina – Aqui, o traço é bem delicado, feito somente na pontinha mesmo da unha. “Corte as cerdas do pincel do esmalte com tesoura ou alicate, deixando apenas um filete no meio. Em seguida, molhe o pincel no branquinho e encoste-o horizontalmente na unha, formando o traço”, ensina a instrutora. A partir desses estilos clássicos, muitos outros são criados pelos profissionais no dia a dia. A Cláudia Cecília, por exemplo, tem várias versões autorais que fazem sucesso. Uma delas é a francesinha camuflagem, que ela ensina passo a passo no vídeo do final do post (veja abaixo). O passo a passo dessa técnica é assim: Faça o traço branco na ponta da unha do tamanho que desejar —use um palito com algodão e removedor para delinear perfeitamente. Espere secar e aplique uma demão de base por cima. Aguarde secagem. Agora passe um esmalte claro por cima, pode ser rosinha, cintilante, perolado..., desde que tenha transparência para não cobrir a francesinha. Essa “camuflagem” aumenta a durabilidade da francesinha.   A nova manicure francesinha para você se inspirar Nos desfiles de moda internacionais, a francesinha foi a mais pedida por grandes marcas, como Versace e, Prabal Gurung. Nas versões contemporâneas da técnica apareceu de tudo um pouco na ponta das unhas: traço metalizado, pontinha em formatos geométricos e até coração, francesinha ombré, com cristais, em linha bem grossa ou finíssima, desconstruída... Enfim, não faltam decorações criativas para colocar esse estilo amado cada vez mais no topo fashion. Numa pesquisa no Instagram notamos que já tem um monte de gente investindo nos novos estilos. Vem ver aqui na galeria!    
> Leia mais
COQUE ALTO: COMO FAZER O PENTEADO BÁSICO E PARA FESTA
O coque alto, ou top knot, como é chamado lá fora, foi o escolhido pela atriz Zendaya para glamourizar no Oscar 2019. Ela optou por uma versão bem minimalista, ou seja, com o cabelo bem puxado para cima e num torcido simples. Mas não foi só ela que exibiu o penteado na festa: a atriz Laura Harrier também surgiu com o coque no topo, porém num look mais romântico, com divisão central e fios soltos nas laterais do rosto; e Lady Gaga apostou no top knot vintage, com referência no coque-banana. Mais recentemente, a marca Chanel fez do coque alto o penteado único das modelos que desfilaram na semana de moda-inverno de Paris. Totalmente inspirados nos anos 60, as torções não tinham acabamento impecável para parecer bem fashionistas. Seja qual for a aparência dos coques — bem enroladinhos ou “desabados” —, uma coisa é igual para todos: cabelo puxado para cima, bem no centro do topo da cabeça. A vantagem do penteado, é que ele pode ser feito em qualquer tipo e textura de cabelo, não tem restrição de idade e vai do básico ou despojado ao sofisticado num piscar de olhos. No dia a dia, é uma ótima opção para variar com o rabo de cavalo. Coque alto básico O look do dia pode ser despojado e ter até um aspecto bagunçadinho. 1.    Com uma escova, puxe todo o cabelo para cima e prenda a mecha com um elástico fino (pode ser do tipo silicone). 2.    Se o seu cabelo é crespo ou cacheado, simplesmente enrole a mecha do rabo em volta do elástico e prenda com grampos escondidos. Não se preocupe em deixar um acabamento perfeito do torcido. 3.    Se o seu cabelo é liso ou fino, dê uma encorpada nos fios do rabo, desfiando-os com pente-fino ou aplicando um spray de xampu a seco ou um beach wave. Em seguida, passe a escova superficialmente no cabelo e enrole-o fazendo o coque. 4.    Jogue um pouco de spray fixador na frente e nas laterais do penteado e passe as costas do pente-fino sobre os fios para eliminar frizz e dar um acabamento melhor. 5.    O seu coque básico pode ser bem apertadinho ou com a raiz mais frouxa, você decide. Também pode ser enrolado com todos os fios no lugar, parecer “podrinho” ou ser inspirado no coque nó. Inspire-se nestas propostas...     Coque alto para festa Para uma ocasião que exige glamour, como casamento e formatura, prefira um visual bem polido e charmoso. 1.    Antes de prender o cabelo no alto, aplique um pouco de mousse para ajudar a dar volume e textura aos fios e controlar o frizz. 2.    Penteie o cabelo para cima, com uma escova, puxando bem os fios. Prenda a mecha com elástico fino de silicone. Se você quiser uma aparência mais suave e delicada, antes de fazer o rabo alto, separa duas mechas laterais para deixá-las soltas contornando o rosto. 3.    Na hora de prender o rabo num coque, as opções para festa são várias. Você pode enrolar o cabelo bem rente ao elástico, sem deixar nada frouxo, formando um rolinho pontudo e alto. Pode fazer um rolo mais achatado, tipo donut. Há ainda a opção de dividir a mecha do rabo e criar rolos largos. Ou enrolar a ponta do rabo para dentro, apoiar o coque sobre o elástico e embutir tudo com grampos. 4.    Finalize borrifando spray fixador em todo o penteado. Inspire-se nestas propostas...     
> Leia mais
Cabelo longo masculino: como usar
Está precisando renovar o corte? Que tal dar só uma bela repicada nas mechas e deixar os fios crescerem? A tendência masculina para outono-inverno aponta cabelo comprido para os homens! Nas semanas de moda internacionais, o destaque ficou para a cabeleira ao vento, compondo um visual bem despojado e despretensioso (veja algumas inspirações na galeria).   Diferentemente do que se viu nas ruas até agora — o longo preso por coque samurai ou trança — o cabelo masculino surge solto, com textura natural saudável. Isso quer dizer que os fios, mesmo estilizados com produtos, precisam parecer leves. Além disso, o longo da vez não é simplesmente crescido, ele tem corte para exibir o efeito da moda e pode ter franja. Siga as dicas para aderir ao look ou indicar para os seus clientes. Longo, bonito e saudável Antes de entrarmos no visual da moda em si, vamos falar de saúde. Afinal, o cabelo não cresce, ou não cresce bonito, se alguns cuidados não forem seguidos. “O uso constante de gel, pomadas e outros fixadores, influenciam diretamente na saúde dos fios e do couro cabeludo. Se não forem higienizados corretamente, podem acumular resíduos e provocar inflamação e descamação na pele e ressecamento e pontas duplas na fibra. Para o crescimento saudável é preciso fazer, a cada três meses, um detox capilar, que é uma limpeza profunda em toda a cabeça. Também é recomendado hidratações frequentes”, diz Diogo Rogério de Oliveira, orientador técnico pedagógico do Instituto Embelleze Grajaú e Cupecê (SP).  O ideal é se submeter a esses tratamentos com um profissional, no entanto, também dá para se virar em casa com xampu antirresíduos e cremes hidratantes. O corte comprido da moda O que se viu nas passarelas foi o cabelo crescido. Os modelos dos desfiles tinham fios longos que beiravam, no mínimo, o início ou o final da nuca, nada menor que isso. Como se fosse um cabelo que não é cortado há quatro meses. O especialista Diogo Rogério indica que uma boa pedida para fios de qualquer tipo (liso a encaracolado), que estão em processo de crescimento, é o corte de mecha móvel, em que se trabalha as pontas fazendo o uso de angulações. “Isso traz uma modelagem leve entre as camadas e movimento.” Já quando os fios estão grandes, o corte repicado em camadas desde o comprimento é ideal. Nessa técnica, se as camadas do topo da cabeça são cortadas mais curtas, o cabelo ganha volume; ao contrário, mais longas, evitam que os fios armem. O desfiado e com franjão também é uma opção e combina com todos os tipos de cabelo.   Sugestões de penteado Por mais que a tendência seja o cabelo com aspecto natural “nasci assim”, é com produtos de texturização que muitas vezes se consegue esse efeito. Porque daí o natural aparece sem frizz e com as camadas bem definidas. Seja qual for o cosmético escolhido (pomada, cera, gel...), use pouca quantidade para não ganhar uma aparência suja e nunca aplique na raiz. Confira como estilizar seus penteados... *Pomada ou cera – Coloque um pouquinho na palma da mão, friccione até sentir aquecer e espalhe superficialmente nos fios secos, começando a modelar da parte de trás da cabeça para a frente. Deslize as mãos puxando os fios para baixo e valorizando o corte. Geralmente a pomada e a cera têm acabamento matte. Mantêm as mechas modeladas, porém maleáveis. Esses produtos são perfeitos para deixar o cabelo despojado, como pede a moda. Dão volume aos lisos e ondulados e definição aos cacheados e crespos. *Ativador de cacho – Basta aplicar no cabelo úmido e massagear cacho por cacho, apertando-os com as mãos, das pontas em direção à raiz. O resultado são mechas definidas, sem frizz e brilhantes. *Gel – Bom para os lisos repicados, o gel passado na cabeleira molhada garante que ela seque exatamente da forma que foi penteada, sem eriçar. Sendo assim, depois de colocar o cosmético na palma da mão e espalhar em todo o comprimento, deslize os dedos da raiz em direção às pontas para um visual liso e com pontas definidas. Se quiser ondular, passe um pente de dentes largos ou dê uma leve bagunçada jogando a cabeça para trás e para os lados. *Mousse – Recomendada para homens de cabelo fino e com pouco volume que querem ganhar o visual bagunçado. No cabelo úmido, distribua a mousse uniformemente em todo o comprimento, depois modele as mechas com a ajuda do secador.
> Leia mais
TOP 5 BARBAS DA MODA
A barba sempre fez parte do universo masculino, como sinal de virilidade, poder, classe social e até cultura. Mas, atualmente, exibir uma bela barba é sinônimo de charme e autenticidade. Hoje, cor, forma e textura dos pelos têm a ver com estilo. Porém, vale lembrar que quem ostenta um “rosto peludo” precisa manter alguns cuidados diários de lavagem e hidratação para não parecer desleixado e anti-higiênico. Lavar o rosto de manhã e à noite é fundamental para prevenir coceiras e irritações, de preferência, com um xampu específico para barba. É que o produto contém ingredientes que não enfraquecem nem ressecam os fios, além de proporcionar um perfume agradável. Depois da limpeza, hidratação nela, para evitar pontas duplas e ressecamento! Use um balm (à base de manteiga de karité ou óleo de argan, que hidrata e ajuda a modelar) ou um óleo (líquido, é mais fácil de aplicar. Basta uma ou duas gotas para amaciar os pelos e deixá-los assentados). Na dúvida sobre quais modelos estão em alta em 2019 e para quem são indicados, o professor de barbearia Diogo Victor, do Instituto Embelleze unidades Sobradinho e Planaltina (DF), preparou um top 5 barbas da moda que vai facilitar a sua vida na hora da escolha como cliente ou como barbeiro profissional. 1. Barba com laterais altas   Nas temporadas anteriores, as barbas eram desenhadas respeitando uma linha imaginária da orelha até o canto da boca. Agora, a tendência é deixar as laterais mais altas, juntando com as costeletas. “Esse modelo adiciona muita personalidade à barba e ao rosto. Você pode deixar os fios subirem um pouco sobre as maçãs do rosto, a ponto de criar um ‘vão’ sem pelos aparentes entre as laterais e o bigode”, explica Diogo. A finalização mais alta na bochecha pode ser desenhada com lâmina, delimitando bem o fim dos fios com a pele, ou os pelos podem ser cortados em degradê à máquina, fazendo uma transição suave. O estilo é recomendado para quem não tem barba volumosa. 2. Barba na linha do maxilar   No fim dos anos 1990, as barbas desenhadas começaram a fazer sucesso e a febre continuou por todo o início de 2000. O modelo concentra os pelos (aparados) na ponta do queixo e na linha de contorno do maxilar. Esse delineado, conhecido como jawline, em inglês, pode ser marcado, desenhado com lâmina, ou feito de forma mais livre, com um degradê. “Só tome cuidado para não desenhar uma linha muito fina de barba”, alerta Diogo. “Quem tem barba falhada, com regiões onde não crescem bem os pelos, é o candidato ideal para esse estilo”, indica o expert.   3. Barba quadrada   Engana-se quem pensa que com a barba quadrada o rosto vai ficar com ângulos muito marcados, com o mesmo aspecto da figura geométrica. A barba tem esse nome por conta das linhas retas de contorno e combina muito bem com o corte de cabelo undercut. “Para fazê-la, você precisa deixar os pelos crescerem e ganharem um volume considerável, pois o corte é feito em camadas nas laterais com diferentes níveis de pentes; depois é criada uma linha bem delimitada na região do maxilar e do pescoço, no sentido do queixo”, revela Diogo. Você pode apostar tanto num bigode aparado quanto num bigode definido e volumoso.   4. Barba bagunçada   Um pouco cansados da barba desenhada, em 2018 alguns homens começaram a surgir com os pelos menos desenhados e crescidos de forma irregular. O visual ganha força este ano e já faz mais adeptos. A barba levemente bagunçada é cortada em degradê e tem tamanho médio – portanto, é indicada para homens que geralmente ficam bem barbudos. Pode exibir um bigode ou um cavanhaque mais volumoso, que não segue o corte em camadas da barba. Uma característica marcante deste modelo são os pelos um pouco mais revoltos na região lateral e não tão aparados (certinhos) com barbeador, criando assim o ar de rebeldia.   5. Barba ralinha   Se você tem pouco pelo ou uma barba com muitas falhas vai cair como uma luva neste estilo, que não é uma novidade, mas vem com tudo em 2019.  “Mas atenção: ter uma barba rala não é deixar os fios crescerem de maneira aleatória. Você pode apará-la com um barbeador, uniformemente, ou criar um degradê em áreas com falhas, diminuindo as imperfeições”, finaliza Diogo. Interessado em conhecer outras tendências para a beleza masculina? Confira a matéria sobre os novos cortes de cabelo para crespos, ondulados e lisos e saiba também como funciona o método barboterapia, que já virou febre nas barbearias.  
> Leia mais
CORTES DE CABELO MASCULINO PARA CRESPOS, ONDULADOS E LISOS
Desde que a indústria da moda e da beleza olhou para a ala masculina de modo especial, as novidades nunca mais pararam de surgir. Das passarelas fashion saem roupas cheias de bossa e cortes e penteados repletos de charme e estilo. Nada mais é apenas o tradicional para os homens. Tanto que até a clássica profissão de barbeiro não é mais a mesma. Há algum tempo as barbearias têm investido alto em informação e capacitação para trabalhar com técnicas modernas e diferenciadas e, assim, atender aos desejos do público masculino. No quesito cabelo, as tendências estão cada vez mais ousadas. A influência americana e europeia trouxe formas e texturas que, definitivamente, subiram à cabeça deles. “Para este ano, não tenho dúvida de que, dentre os cortes de cabelo masculino da moda, o graduado e suas variações vai ser o grande hit. Conhecido popularmente como degradê (em inglês, fade), o corte se concentra na parte de baixo da cabeça, a partir das orelhas — laterais, trás e nuca. O topo pode ser elaborado a gosto do cliente”, diz Jimmy Medeiros, instrutor do curso de Barbearia do Instituto Embeleze de Taguatinga, Brasília. De acordo com o expert, o estilo que combina base graduada e corte livre na parte superior é chamado de corte híbrido e é exatamente essa proposta que vai pegar. Quer saber o que vem por aí e como fazer a melhor escolha para cada tipo de cabelo? Leia a seguir!    Graduado médio com nudred: ideal para cabelo afro Foto: Reprodução/Instagram Corte Também chamado de mid fade e taper fade, o graduado médio é feito à máquina nas laterais. A gradação (ou esfumado) fica restrita à base da cabeça e os pentes utilizados na máquina de corte são 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um). “Para o graduado médio a linha inicial é feita com o 0 (zero) e deverá subir, aproximadamente, dois dedos da nuca e também nas laterais, tendo a altura das orelhas ou das sobrancelhas como referência de limite. Já na parte superior da cabeça, o comprimento dos fios deve ter, no mínimo, dois centímetros de altura”, explica Jimmy. Penteado A onda agora é pentear os fios longos do topo da cabeça com a esponja nudred. Esse produto é próprio para cabelo crespo ou afro, curtos, e específico para fazer cachos. Parece uma esponja de lavar louça, porém é bem grossa e um dos lados é todo perfurado para modelar os cachos. Na hora de produzir o penteado, aplique um pouco de pomada de modelagem no cabelo e passe o lado com furos da esponja sobre os fios em movimentos circulares, no sentido horário. Passe quantas vezes forem necessárias até formar os cachinhos. Finalize com uma névoa de spray fixador.   Graduado navalhado com mechas quiff: para cabelo ondulado a cacheado Foto: Reprodução/Instagram Corte O corte de cabelo masculino também conhecido como high fade nasceu nos anos 1950. Ele tem a parte superior elaborada com mechas quiff, que em inglês significa topete. Ou seja, o corte não passa de um degradê longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. “Nessa gradação, cria-se inicialmente uma linha com o pente 0 (zero) da máquina e, toda a região abaixo desta linha, é cortada com a navalhete. Depois, deve ser utilizado o pente 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um) para fazer a gradação. Já os fios do topo são cortados com tesoura para formar as mechas quiff. Resultado: laterais e o quadrante de trás do cabelo curtos — com tamanho aproximado de 6 cm ou 3 dedos – e o quadrante do meio e da frente do cabelo maiores para que o volume seja valorizado”, diz Jimmy. Penteado A finalização deste corte deve ser feita com secador e escova. Escove de trás para frente até os fios ficarem lisos. Depois, aplique um pouquinho de pomada fixadora de efeito seco nas mãos e penteie as mechas para trás, marcando as camadas do corte. Use spray fixador, se necessário. O visual fica cuidadosamente bagunçado e com uma leve ondulação.     Social curto com topete: indicado para os lisos Foto: Reprodução/Instagram Corte A gradação também pode ser feita no social curto e é perfeita para aquele cliente que foge do pente zero (0) da máquina. “Os pentes utilizados são 1 (um), 1 e ½ (um e meio) e 2 (dois). A nuca e as laterais são trabalhadas primeiro com pente 1. As laterais ficam com altura de 3 a 6 cm (ou dois a três dedos) para poderem ser integradas à parte superior com a gradação, que utiliza pente 1 e ½ (um e meio).  O topo da cabeça é cortado em degradê com tesoura, devendo ficar com 10 cm de comprimento para a criação do topete. Penteado Aplique gel de fixação média a forte em todo o cabelo do topo e, com um pente jacaré (de dentes largos), elabore um topete.   Você também pode aprender a cortar cabelo masculino e se tornar um expert. Informe-se numa unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você! 
> Leia mais
CORTES DE VERÃO 2019: PARA CURTOS, MÉDIOS E LONGOS
Cortar o cabelo não é uma decisão simples para quem tem apego ao comprimento ou ainda não conhece um bom profissional. Afinal, não é só criar coragem para ir em frente, é preciso também levar em conta se o corte escolhido combina com o seu dia a dia, com o formato do rosto e até com sua personalidade para não se decepcionar depois. Mas a verdade é que repaginar os fios é sempre bom para variar e dar um up na autoestima. As celebridades vivem fazendo isso! Se você é adepta do “cabelo cresce” ou é cabeleireiro e quer levar novidade para o seu salão, confira as tendências em corte (para curtos, médios e longos) reveladas por Ivanete Coelho, instrutora do curso de cabeleireiro do Instituto Embelleze de Petrolina, Pernambuco.   CURTOS Short bob  Esse é o modelo curto do long bob e fica bem em todo tipo de cabelo – do liso ao crespo. O comprimento é na altura do queixo ou um pouquinho mais abaixo, com pontas arredondadas contornando as maçãs do rosto. O volume é concentrado junto à raiz e a nuca é mais batida. No cabelo crespo ou cacheado deve-se fazer um leve desfiado para “encaixar” os caracóis no corte. “A combinação imbatível para esse estilo é a franja alongada lateralmente com ponta repicada ou desfiada suavemente. Na hora de pentear, aposte no efeito messy (bagunçado), super em alta, feito com pomada finalizadora. Babyliss de aro grosso também fica lindo. Pixie cut  É a versão atualizada do tradicional corte “Joãozinho”, que está na moda já há algumas temporadas. Em 2019 o pixie cut vem mais desconectado. Para ter um bom caimento, ele precisa ser bem desfiado. O cabelo naturalmente volumoso deve ser mais desfiado que o cabelo fino, ok? Para manter o corte sempre bonito, é preciso retocá-lo com frequência e investir em produtos de finalização para marcar as mechas e adicionar textura.   MÉDIOS Repicado        A ordem é imprimir mais identidade aos fios médios, portanto, além de repicá-los em camadas (mais atrás do que na frente e a partir das orelhas) e definir o comprimento no ombro, faça uma franja. Ela pode ser longa ou curta, mas sempre desfiada. A franja longa é alinhada na altura dos olhos ou das maçãs do rosto. Usada para o lado, ela se mistura com o restante dos fios, dando movimento ao corte. Outra franja alongada é a tipo cortina, desfiada nas pontas e usada dividida ao meio. A franja curta da moda é a baby bang — de comprimento no meio da testa ou logo acima das sobrancelhas —, um estilo bem ousado. Como pentear o repicado médio? Simples, só com secador para definir o repicado. Sleek bob Esse corte de comprimento médio não tem camadas repicadas. É reto e proporciona um look uniforme. Para ganhar personalidade pode ser assimétrico, com a parte de trás um pouco mais curta e a frente alongada. A ideia é exibir um visual liso, então adote um produto leave-in que elimina o frizz antes de fazer escova.    LONGOS Camadas O longo moderno é cortado em camadas, tudo para dar leveza, movimento e volume natural à cabeleira. E o comprimento máximo bonito é na linha do busto. As camadas repicadas dão aos fios uma desconstrução toda especial e podem vir desde a altura dos olhos.   O penteado que realça as camadas é feito com babyliss ou escova modelada. Blunt cut Para as mulheres que amam madeixas bem longas, o corte reto voltou a fazer sucesso e é tendência. Chamado blunt cut, possui base e fios retos, sem nenhuma mecha ou ponta repicada. Como a aparência tem de ser reta, é importante estar com a hidratação, nutrição e reconstrução dos fios em dia. A finalização do penteado pode ser feita com chapinha, deixando as pontas retas, ou babyliss e spray de ondas para o cabelo ficar com aspecto messy (bagunçado).   No curso de cabeleireiro profissional do Instituto Embelleze você aprende muito mais do que cortar cabelo. Domina também técnicas de coloração, modelagem, transformação capilar, alisamento, relaxamento, encacheamento e muito mais. Se a sua ideia é abrir o próprio salão de beleza, fique tranquilo, o curso também instrui sobre o mercado, atendimento ao cliente e biossegurança.
> Leia mais
FRANJA: ESCOLHA O ESTILO QUE COMBINA COM O SEU ROSTO
Tem coisa que nunca sai de moda, não é mesmo? Podem passar anos e anos que sempre cai bem. Assim é com a franja, que não perde espaço no universo da moda e da beleza. Os vários estilos vão e voltam, mas estão sempre aparecendo nas cabeças das celebridades e de homens e mulheres que buscam um visual diferente. Peraí, homens? Sim! Eles também se renderam aos encantos das franjas, principalmente as longas, que estão em alta em alguns cortes. Mas por que será que a franja é tão bem-vista por tanta gente? Simples! Ela tem fama de trazer um ar jovial, além de se desdobrar em diversas opções. Ou seja, ideal pra quem quer rejuvenescer e dar aquele ar moderno à aparência. Por isso, é muito comum alguém aparecer com franja no trabalho após um feriado prolongado, na volta das férias da faculdade ou até mesmo após superar uma fase difícil na vida. É como se ela expressasse aquela sensação de “Mudei”, “Sou outra pessoa”, “Nova fase”. E o melhor é que funciona mesmo! Não faltam elogios e comentários para quem resolve aderir à onda da franjinha. Portanto, todo profissional precisa estar super por dentro das tendências e também dos modelos tradicionais de franja, sempre pronto para sugerir a melhor opção aos clientes. Aí vai uma ajudinha com os tipos de franja mais pedidos no momento... Franja tradicional É o formato mais comum e um dos mais usados. Cortada em camadas densas e compactas, na altura da sobrancelha, ela tem uma aparência reta. Esse estilo é ideal para quem não pretende ousar muito, mas não abre mão de uma boa mudança. Dica: é perfeita para rostos em formato oval ou triangular. Franja lateral É aquela cortada em camadas que se iniciam na altura dos olhos e terminam na ponta do nariz, deixando bastante volume na lateral. Ideal para quem quer destacar o olhar e dar aquele ar moderno ao rosto. Indicado às clientes que desejam um aspecto um pouco mais volumoso no cabelo. Dica: funciona muito bem em rosto quadrado.     Franja repicada Nesse tipo de franja, os fios são repicados de dentro para fora, sempre abaixo da sobrancelha. As laterais ficam um pouco mais compridas, por isso é perfeita com penteados presos, como coques e rabos de cavalo. Dica: vai bem em quase todos os formatos de rosto, mas não é indicado aos mais arredondados.   Franja desconectada É aquele tipo mais curtinho, acima da sobrancelha. Os fios são desfiados deixando a franja lateral, porém cobrindo toda a testa. A aparência desconectada deixa o visual mais fashion e atraente. Dica: combina com quase todos os tipos de rostos, mas deve ser evitada nos redondos.   Gostou das opções? Então, você também vai gostar de saber que tem muito mais dicas sobre cortes, penteados e tendências de cabelos no curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embelleze. 
> Leia mais
Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados