Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Make

Fotos: Shutterstock

EXTENSÃO DE CÍLIOS: FIOS LONGOS E VOLUMOSOS TODOS OS DIAS

Quem não quer já acordar com os cílios curvados, longos e lindos? Conheça o método de extensão de cílios e o que fazer para o procedimento dar certo

Nossos cílios passam por um ciclo natural de crescimento, que acontece em três fases. A primeira é a anágena, quando o fio desponta da pele e cresce. Na segunda, a catágena, ele atinge o crescimento máximo e para de se desenvolver. A terceira e última é a telógena, de eliminação dos fios envelhecidos ou mortos. Todo esse processo dura, aproximadamente, 90 dias e é bem dinâmico. Para você ter ideia, perdemos cerca de cinco fios todos os dias!

Quem tem cílios naturalmente volumosos nem percebe, mas as donas daquele olhar com fios ralinhos acabam insatisfeitas com o visual minguado. Agora, imagine não precisar mais se importar com isso e nem ter que ficar disfarçando com maquiagem? A “mágica” pode ser feita com a extensão de cílios, um procedimento estético que já mudou o visual de várias mulheres no exterior (muitas delas celebridades) e agora está virando febre aqui no Brasil. O sucesso é o efeito natural que ele dá aos cílios.

Se você trabalha com beleza ou pretende entrar para a área, o método é uma ótima oportunidade para aumentar seu rendimento. Portanto, vale a pena buscar capacitação agora! O Instituto Embelleze abriu, recentemente, o curso profissionalizante de Designer de Cílios e em pouco tempo já é sucesso. No curso, são abordados todos os assuntos relacionados à área dos olhos, bem como a extensão de cílios, e qualquer pessoa pode se matricular. No entanto, quem tiver conhecimento prévio em designer de sobrancelhas e maquiagem profissional terá melhor aproveitamento, principalmente nas questões de estudos da pele, proporção facial, harmonização por meio das medidas do rosto e utilização de cosméticos.

“O mercado de trabalho com extensão de cílios está aquecidíssimo! O Brasil só perde para o Japão e para os Estados Unidos, que são líderes no segmento. Porém, há uma deficiência muito grande para profissionais qualificados. Existem muitos curiosos entrando na área, sem o mínimo de conhecimento, e colocando a saúde das clientes em risco. Isso significa que, quem tiver a qualificação necessária e atuar corretamente se destacará nesse mercado. Quando bem realizado, esse trabalho fideliza a cliente e gera uma renda bastante considerável. Vale lembrar que o investimento inicial não é muito elevado e o ganho real é alto”, afirma Daniele Carlim, coordenadora pedagógica do Instituto Embelleze Interlagos (SP).

extensão de cílios fio a fio

GUIA PRÁTICO DA EXTENSÃO DE CÍLIOS

A seguir, Daniele Carlim esclarece tudo sobre a extensão de cílios — para quem quer se submeter à técnica ou aumentar os conhecimentos para recomendá-la às clientes.

Qual é a técnica

A tradicional ou clássica, conhecida no mundo todo, é chamada extensão fio a fio. “No Instituto Embelleze ensinamos a alongar os cílios com essa técnica, que oferece um resultado naturalíssimo ao olhar”, diz Daniele. Segundo a expert, já existem variações da fio a fio no mercado, porém, para realizá-las, o profissional precisa saber fazer a extensão fio a fio e ter experiência de, pelo menos, seis meses na sua aplicação.

Passo a passo da extensão

A primeira etapa antes da fixação dos cílios é a análise das características físicas e da personalidade da cliente. “Dessa forma, conseguimos harmonizar o olhar da pessoa, suavizando ou ressaltando algum traço que ela possui. O processo é totalmente individualizado”, explica Daniele. E não é só: uma ficha de anamnese detalhada também é preenchida para descartar o risco de alergia ou irritação na região ocular.

O próximo passo é verificar o formato dos olhos da cliente, notando a distância entre eles e o tamanho dos cílios naturais. Feito isso, o designer de cílios separa o material mais indicado (existem fios sintéticos ou de seda de vários tamanhos, espessuras, cores e curvaturas) e começa a aplicação dos fios. As extensões são coladas uma a uma, em cada cílio natural, respeitando a fase de crescimento em que cada fio de encontra.

“A aplicação das extensões precisa ser feita simultaneamente em ambos os olhos, porque se por algum motivo o trabalho tiver que ser interrompido, os olhos estarão visualmente parecidos. Ao final, os cílios são penteados e está pronto”, detalha a instrutora do Instituto Embelleze.

Para quem é indicada

A extensão de cílios fio a fio pode ser aplicada em qualquer pessoa, desde que não tenha nenhuma doença ocular ou histórico de alergias. E não são só as mulheres que podem lançar mão do procedimento: os homens também podem se beneficiar com fios menos curvados, mais discretos.

O que pode e não pode ser feito depois da extensão fio a fio

  •  Nas primeiras 24 horas após a aplicação evite molhar os cílios. Para o banho é recomendado proteger os olhos com óculos de natação. Não faça atividades que provoquem a transpiração excessiva, como ginástica aeróbica. Não use maquiagem.
  • Sempre que for dormir, cuidado para não esfregar o rosto no travesseiro.
  • Não use máscara de cílios à prova d’água e itens oleosos difíceis de limpar, como lápis de olho. “É que esses cosméticos precisam ser removidos com demaquilante bifásico, que contém óleo na composição. A substância pode causar o descolamento das extensões”, alerta Daniele.
  • A máscara para cílios comum pode ser aplicada, mas nem é recomendado, pois as extensões já são tão realçadas que dispensam o produto.
  • No dia a dia, lave os olhos sem esfregá-los. Se necessário, use xampu de bebê diluído em água há higienização.
  • Para alinhar os cílios, penteie-os usando uma escovinha de rímel limpa.

Quanto tempo dura a extensão

A durabilidade varia entre 3 e 4 semanas, após esse período o ideal é a cliente procurar o mesmo profissional para fazer a manutenção. Como? “Os fios que estão mais nas pontas dos cílios que cresceram são removidos e novas extensões são coladas no lugar”, explica Daniele. Mas a duração também está relacionada aos cuidados diários.

Importante: de forma alguma puxe ou retire as extensões em casa, mesmo as que estiverem caindo, justamente para preservar a integridade dos cílios naturais.

 

Interessado em ser um designer de cílios? No curso do Instituto Embelleze você aprende muito mais que a técnica de extensão fio a fio. As aulas ainda capacitam o aluno a realizar lifting e coloração de cílios, incluindo todos os assuntos correlatos, como a anatomia dos olhos, saúde ocular, biossegurança, design, proporções e mapping, aplicação e cuidados pós procedimento. Torne-se um profissional competitivo no mundo da beleza!

Tags

extensão de cílios, cílios grandes e volumosos, máscara para cílios

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

ESMALTE NEON: APRENDA A USAR SEM ERRO
Foi lá nos anos 1980 que as cores neon ou fluorescentes estiveram no auge em roupas, acessórios e na maquiagem. Tempos depois, foram ofuscadas pelo minimalismo da moda e só voltaram à cena nos anos 2000 (mas sem muita adesão). Agora, em 2019, elas ressurgem com força total, já que pintaram nas passarelas em muitas grifes durante as semanas de moda nacional e internacional.  Estilistas famosos, como Marc Jacobs, Carolina Herrera, Wagner Kallieno e André Sampaio, não pouparam na cartela de cores iluminada e elegeram principalmente o laranja, o amarelo, o verde e o rosa fluorescentes para tingir suas peças da coleção de verão. Neon nas roupas, no make e... nas unhas! Nas passarelas, o visual dos anos 80 predominou em roupas e na maquiagem – um exagero fantástico, que resultou eletrizantes blocos de cor. Modelos cruzaram o palco com as pálpebras em uma única cor neon ou com até duas nuances combinadas. Uma dica para quem quer se inspirar, mas tem medo de arriscar e ficar neon demais: experimente só um delineado gatinho fluorescente e bastante máscara para cílios preta. O seu olhar vai parecer mais discreto, sem passar despercebido. Nas ruas, as famosas não poupam a tendência e já desfilam o colorido neon e muita ousadia por aí. As irmãs Kim e Khloé Kardashian e Kilye Jenner são as maiores entusiastas do hit fluo – sinal de que a moda vai pegar! Veja só as roupas e as unhas vibrantes delas! Fotos: Reprodução/Instagram Amarelo é o hit O destaque para o amarelo tem a ver com o sol que irradia intensamente nesta estação do ano. Mas rosa, verde e laranja também estão em alta – na moda e na manicure.  Tanto para o dia, quanto para a noite. O que determina a ocasião é a forma como você compõe o look: com itens básicos ou mais glamourosos. O look total fluo ou monocromático é uma das formas de usar a tendência sem errar. Ou seja, ao escolher uma roupa amarela, por exemplo, invista no esmalte também amarelo neon. Um bom exemplo é a modelo americana Bella Hadid, que usou a combinação lindamente no desfile da Dior. Foto: Reprodução/Instagram A ideia neon ainda é muito over para você? Então dê um toque somente nas unhas — tá aí uma boa recomendação que você, manicure profissional, pode fazer para aquela sua cliente basiquinha. A instrutora de unhas artísticas Kelly Neves, do Instituto Embelleze-Belém do Pará, afirma que muitas clientes dela ainda ficam inseguras quanto aos tons fluorescentes. “Para elas, indico apostar em nail art neon ou escolher apenas uma unha para aplicar essa cor (nesse caso, as outras unhas devem ficar num tom neutro).” Na ponta dos dedos A responsável pela manicure de Bella Hadid é a nail artist internacional Nelly Ferreira, que dá uma dica para usar o amarelo ou outro tom neon sem estranhar o resultado final: “encontre a matiz que melhor se adapta ao seu tom de pele”. Peles claras ficam bem com nuances abertas e iluminadas, como amarelo canário. Peles escuras combinam com tons mostarda flúor. Outro segredo é escolher o comprimento e o formato de unha certos para chamar mais ou menos a atenção. Para Kelly, os estilos bailarina, stiletto e amendoado deixam as unhas mais em evidência. Unha curta e arredondada ou levemente quadrada é discreta. Unha longa na forma amendoada, bailarina ou stiletto é mais chamativa. Khloé Kardashian, por exemplo, não abre mão da unha longa e perfeita. Atualmente ela exibe o formato squareletto, que é uma versão do stiletto com ponta quadrada (square). Manicure profissional Existem algumas dicas para quem está a fim de adotar o neon ou sugerir para a cliente. A instrutora Kelly Neves conta os segredos... Uma maneira de fazer o esmalte durar na unha é polir a sua superfície com lixa própria antes de passar a base. Ah, e prefira uma base fosca. Antes de aplicar o esmalte fluorescente, espalhe uma camada de esmalte branco opaco. Isso ajuda a tornar a cor ainda mais vibrante e iluminada e com um resultado igual ao tom que aparece no vidrinho. O esmalte neon perde o brilho muito fácil, então use um top coat ou verniz de qualidade, que ajuda a manter o brilho intacto. Na dúvida sobre pintar ou não as unhas de neon, comece aos poucos. Esmalte só os pés, que podem ficar escondidos quando você quiser dar um tempo no fluorescente, ou use o neon apenas na ponta das unhas da mão, no estilo francesinha. Mas daí, opte por deixar o comprimento com base transparente e ponha cor somente nas pontinhas mesmo. Não esmalte a mão de amarelo e o pé de rosa, por exemplo. O neon já é chamativo, então deixe tudo numa cor só. Na vida real, nail art ou adesivos combinados a esmalte neon não rolam. O visual fica carnavalesco demais. Embora a esmaltação neon seja ousada, ela é usável e tem tudo a ver com o verão, que propicia uma moda mais colorida, estampada e cheia de vida. Portanto, se quiser arriscar, o momento é agora! Quer aprender mais? Conheça o curso de manicure e pedicure profissional do Instituto Embelleze.
> Leia mais
CORTES DE CABELO MASCULINO PARA CRESPOS, ONDULADOS E LISOS
Desde que a indústria da moda e da beleza olhou para a ala masculina de modo especial, as novidades nunca mais pararam de surgir. Das passarelas fashion saem roupas cheias de bossa e cortes e penteados repletos de charme e estilo. Nada mais é apenas o tradicional para os homens. Tanto que até a clássica profissão de barbeiro não é mais a mesma. Há algum tempo as barbearias têm investido alto em informação e capacitação para trabalhar com técnicas modernas e diferenciadas e, assim, atender aos desejos do público masculino. No quesito cabelo, as tendências estão cada vez mais ousadas. A influência americana e europeia trouxe formas e texturas que, definitivamente, subiram à cabeça deles. “Para este ano, não tenho dúvida de que, dentre os cortes de cabelo masculino da moda, o graduado e suas variações vai ser o grande hit. Conhecido popularmente como degradê (em inglês, fade), o corte se concentra na parte de baixo da cabeça, a partir das orelhas — laterais, trás e nuca. O topo pode ser elaborado a gosto do cliente”, diz Jimmy Medeiros, instrutor do curso de Barbearia do Instituto Embeleze de Taguatinga, Brasília. De acordo com o expert, o estilo que combina base graduada e corte livre na parte superior é chamado de corte híbrido e é exatamente essa proposta que vai pegar. Quer saber o que vem por aí e como fazer a melhor escolha para cada tipo de cabelo? Leia a seguir!    Graduado médio com nudred: ideal para cabelo afro Foto: Reprodução/Instagram Corte Também chamado de mid fade e taper fade, o graduado médio é feito à máquina nas laterais. A gradação (ou esfumado) fica restrita à base da cabeça e os pentes utilizados na máquina de corte são 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um). “Para o graduado médio a linha inicial é feita com o 0 (zero) e deverá subir, aproximadamente, dois dedos da nuca e também nas laterais, tendo a altura das orelhas ou das sobrancelhas como referência de limite. Já na parte superior da cabeça, o comprimento dos fios deve ter, no mínimo, dois centímetros de altura”, explica Jimmy. Penteado A onda agora é pentear os fios longos do topo da cabeça com a esponja nudred. Esse produto é próprio para cabelo crespo ou afro, curtos, e específico para fazer cachos. Parece uma esponja de lavar louça, porém é bem grossa e um dos lados é todo perfurado para modelar os cachos. Na hora de produzir o penteado, aplique um pouco de pomada de modelagem no cabelo e passe o lado com furos da esponja sobre os fios em movimentos circulares, no sentido horário. Passe quantas vezes forem necessárias até formar os cachinhos. Finalize com uma névoa de spray fixador.   Graduado navalhado com mechas quiff: para cabelo ondulado a cacheado Foto: Reprodução/Instagram Corte O corte de cabelo masculino também conhecido como high fade nasceu nos anos 1950. Ele tem a parte superior elaborada com mechas quiff, que em inglês significa topete. Ou seja, o corte não passa de um degradê longo em cima, formando um topete alto, e mais curto no restante da cabeça. “Nessa gradação, cria-se inicialmente uma linha com o pente 0 (zero) da máquina e, toda a região abaixo desta linha, é cortada com a navalhete. Depois, deve ser utilizado o pente 0 (zero), ½ (meio) e 1 (um) para fazer a gradação. Já os fios do topo são cortados com tesoura para formar as mechas quiff. Resultado: laterais e o quadrante de trás do cabelo curtos — com tamanho aproximado de 6 cm ou 3 dedos – e o quadrante do meio e da frente do cabelo maiores para que o volume seja valorizado”, diz Jimmy. Penteado A finalização deste corte deve ser feita com secador e escova. Escove de trás para frente até os fios ficarem lisos. Depois, aplique um pouquinho de pomada fixadora de efeito seco nas mãos e penteie as mechas para trás, marcando as camadas do corte. Use spray fixador, se necessário. O visual fica cuidadosamente bagunçado e com uma leve ondulação.     Social curto com topete: indicado para os lisos Foto: Reprodução/Instagram Corte A gradação também pode ser feita no social curto e é perfeita para aquele cliente que foge do pente zero (0) da máquina. “Os pentes utilizados são 1 (um), 1 e ½ (um e meio) e 2 (dois). A nuca e as laterais são trabalhadas primeiro com pente 1. As laterais ficam com altura de 3 a 6 cm (ou dois a três dedos) para poderem ser integradas à parte superior com a gradação, que utiliza pente 1 e ½ (um e meio).  O topo da cabeça é cortado em degradê com tesoura, devendo ficar com 10 cm de comprimento para a criação do topete. Penteado Aplique gel de fixação média a forte em todo o cabelo do topo e, com um pente jacaré (de dentes largos), elabore um topete.   Você também pode aprender a cortar cabelo masculino e se tornar um expert. Informe-se numa unidade do Instituto Embelleze mais próxima a você! 
> Leia mais
Copyright © 2019 · Todos Direitos Reservados