Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Unhas

Fotos: Shuttersctock

Vantagens da cutilagem russa para clientes e manicures

A cutilagem russa traz um diferencial para o serviço de manicure e benefícios para os clientes: sem riscos de corte, é ideal para diabéticos e a manutenção é quinzenal. Saiba tudo sobre o método

As mulheres russas são conhecidas no mundo inteiro por dois motivos: a beleza física e as unhas saudáveis. Tanto que grandes marcas de cosméticos de tratamento de unhas e cutículas são, originalmente, vindos da Rússia. E sabe qual é um dos segredos das russas nesse quesito? O modo de retirar a cutícula! Em vez de usar alicate, como nós, elas usam tesourinha. Neste post, vamos falar sobre essa técnica que, aliás, está bombando nos últimos meses por aqui e ainda pouca gente conhece. É a cutilagem russa ou manicure russa.

No procedimento, o bom e velho alicate de cutícula é substituído por uma tesourinha própria para a região e uma lixa elétrica cilíndrica, que lembra uma broca. “Em vez de simplesmente empurrar ou mesmo cortar a cutícula com o alicate — o que normalmente favorece exageros por ser uma ferramenta muito cortante, estimula o crescimento contínuo da película e pode levar à retirada acidental de ‘bifes’ —, na cutilagem russa o profissional elimina delicadamente e com cautela o contorno da unha com a tesoura e a lixa”, explica Vanessa Castro, instrutora do curso de manicure do Instituto Embelleze unidade Santo Amaro, São Paulo (SP). Some a esses benefícios o fato de não ter mais aquelas “peles levantadinhas” crescendo em volta da unha, já que a cutícula não será removida, apenas aparada.

A cliente fica feliz...  

A manicure russa pode ser feita nas unhas das mãos e dos pés, e praticamente não há contraindicação. “Mas pode-se dizer que nos casos de cutículas muito finas e de diabéticos, a técnica é altamente indicada, por permitir ao profissional mais controle e delicadeza”, destaca Vanessa Castro. A técnica parece mesmo ser tudo de bom: além de reduzir a praticamente zero o risco de cortes, a manutenção é quinzenal, diferentemente do procedimento feito com alicate, que geralmente requer idas semanais ao salão. Isso, porque, como só é retirado o excesso de pele com a tesourinha, sem arrancar a cutícula, não há um crescimento acelerado e regular, dessa pele. Resultado: com o tempo, a cutícula que vai cobrindo a unha deixa de ser um fator antiestético. No final das contas, o procedimento quinzenal não chega a representar uma contenção de custo, já que o valor da cutilagem russa é dobro da manicure tradicional — o que fica elas por elas. Por outro lado, tem o ganho de tempo, já que as visitas ao salão são quinzenais.

Se durante a quinzena a cliente reclamar do desbotamento do esmalte (já que vai levar mais tempo para ela voltar para o salão), sugira que ela aplique um top coat antes de terminar a quinzena, para dar um up na cor e no brilho das unhas. Ah, e repita para ela a velha e boa dica (superútil) de usar luvas durante os afazeres domésticos para preservar ainda mais o esmalte.

Uma dica: ressalte os benefícios da cutilagem russa listados aí acima para as suas clientes apostarem na novidade! Ok, a gente sabe que não é nada fácil mudar a tradição do alicate, tão forte para as brasileiras. Mas o protocolo russo tem todo potencial para fazer a cabeça das mulheres e cair no encanto. Num primeiro momento, é comum que algumas clientes nem queiram conhecer a cutilagem russa por “ter ouvido falar” que se trata de um procedimento caro. Então, é aqui que entra a habilidade do profissional de explicar tudo direitinho, com detalhes.  

O profissional em manicure sai ganhando...

Investir na cutilagem russa é um diferencial para a carreira de manicure. Isso mesmo. É preciso acompanhar as novidades e tendências para ser visto de forma diferente e até se tornar uma referência no domínio de técnicas moderninhas entre as clientes. A cutilagem russa é uma excelente oportunidade para dar um up no seu menu de serviços. Apesar de ser um procedimento que já existe, a febre é agora! Conclusão: vai ganhar quem oferecer o serviço do momento. Sem contar que o espaço de beleza que sai na frente com novidades desse tipo ocupa outro patamar no mercado, muito acima de quem continua oferecendo o básico. Há mais chances de fidelizar clientes com serviços exclusivos ou diferenciados. E, claro, o profissional também se torna especial, tendo uma formação acima da média, especialmente nesse caso que envolve saúde por se tratar de cuidado com as cutículas. O profissional inspira confiança, credibilidade.

Cutilagem russa passo a passo  

Entenda, a seguir, como é feita cada etapa da técnica que é sucesso e, depois, é só se lançar para experimentar!

1

O esmalte (ou resíduos) é retirado com removedor sem acetona. Depois, as unhas são molhadas suavemente com água. Após enxugadas, recebem um hidratante. Quanto mais grossa e grande a cutícula, mais tempo é necessário para o produto agir e amolecer a estrutura. Já as cutículas mais finas nem precisam tanto desse recurso do creme, é opcional.

2

Em vez de utilizar a espátula para empurrar a cutícula, na cutilagem é usada a broca, que nada mais é do que uma lixa cilíndrica elétrica. Esse é o grande lance da manicure russa. A função dessa ferramenta é levantar a película, facilitando a etapa seguinte (corte com a tesourinha), e polir a unha, removendo as peles que ficam aderidas à superfície.

3

Com a cutícula suspensa e descolada fica muito mais fácil removê-la com a tesourinha, que tem uma curvatura na ponta que acompanha a anatomia dessa estrutura de pele. Lembrando que, no caso de cutículas muito finas ou discretas, nem é necessário remoção com a tesourinha, basta o polimento com a broca.

4

A partir daqui a esmaltação é feita normalmente, conforme o método de cada profissional.  

 

Gostou? Deixe o seu comentário e compartilhe o post com a sua rede de amigos!

 

Tags

cutilagem russa, manicure, unhas, saúde das unhas, alicate, cuidado com as unhas, curso de manicure, Instituto Embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

QUAL É O PROBLEMA DA SUA SOBRANCELHA?
Volumosa e natural. Assim é a sobrancelha da moda em 2019, menos simétrica e um pouco mais grossa comparando com o design que imperou até hoje. Em inglês, são chamadas de fluffy brows, ou “sobrancelhas fofas”. Mas nem sempre a gente tem pelos suficientes ou um desenho favorável para seguir tendências, não é mesmo? A boa notícia é que tem jeito pra tudo e dá para transformar imperfeições em sobrancelhas perfeitas! A seguir, vamos estudar caso a caso os problemas mais comuns e como resolvê-los, no entanto, antes aqui vai uma dica para quem é profissional: “Quando você recebe uma cliente com a sobrancelha detonada, o primeiro passo é conversar com ela para saber por que o design apresenta falhas. Somente após uma análise minuciosa, inclusive do formato do rosto da cliente, é que podemos indicar o melhor tratamento”, diz a cabeleireira e maquiadora Rosana Pinheiro, instrutora do Instituto Embelleze Aracaju (SE). Sobrancelha com falhas Os motivos de falhas no crescimento de alguns pelos podem ser ocasionados por vários fatores — a própria natureza, resultado de uma cicatriz ou de fios arrancados incorretamente. #Solução: Desenhar fios nas áreas falhadas. O preenchimento pode ser feito com maquiagem, usando lápis universal para sobrancelhas ou sombra em pó marrom-clara. Porém, antes de cobrir as falhas, com uma pinça, acerte o design da sobrancelha para o resultado ficar harmonioso, levando em consideração o formato do rosto. Depois, invista no make: Usando um lápis bem apontado, desenhe traços levemente curvados e curtos, começando pelo canto interno da sobrancelha. Ou com uma sombra em pó e um pincel chanfrado, simule fios em toda a extensão, também a partir do canto interno. Em ambas as técnicas, finalize a maquiagem eliminando o excesso de produto com uma escovinha. Passe-a suavemente penteando a sobrancelha.   Sobrancelha sem forma natural O formato perfeito segue a linha dos olhos e os pelos não são removidos em excesso. O arco é sutil, suave e no lugar certo, ou seja, no local em que a lateral da ponte nasal cruza com o canto externo da pupila do olho.  Uma sobrancelha sem a forma ideal pode estar reta, triangular ou parecendo uma vírgula. #Solução: A sobrancelha reta é aquela em que o arco nunca existiu, ou que desapareceu devido à remoção excessiva de pelos. É o formato mais difícil de corrigir com lápis ou sombra. O ideal é deixar os fios crescerem novamente e recorrer a um profissional para criar o novo arco. A linha triangular demonstra que o arco foi feito no lugar errado, distante demais do olho. E isso pode ocorrer quando o ângulo de crescimento dos pelos é modificado no arco. O visual dá a impressão de pálpebras inchadas ou olhos vesgos. Corrija preenchendo o vão sob a sobrancelha e removendo alguns fios para que o arco fique com uma curva interna maior. Uma sobrancelha removida excessivamente, começando com uma pequena bola no canto interno é a “sobrancelha vírgula”. Normalmente comete-se esse erro quando os pelos no canto interno crescem para cima e o restante cresce para fora. Para minimizar e suavizar o ângulo, preencha o vão com sombra em pó dando mais volume à sobrancelha. Sobrancelha muito fina Um dos problemas que mais incomodam, pois não emoldura os olhos e envelhece o rosto, além de fazer o nariz parecer maior e deixar os olhos muito separados. “Na maioria das vezes a sobrancelha afina porque as pessoas tiram os fios de forma aleatória, sem ter certeza de onde o arco deveria estar e desrespeitando o alinhamento natural. Ao tentar acertar, acabam removendo os pelos em excesso. É como a sobrancelha fosse se perdendo...”, explica Rosana. O mais recomendado é ir engrossando devagar o desenho com maquiagem ou pigmento até os fios crescerem novamente e a sobrancelha ganhar “corpo” para, posteriormente, ser definida da forma correta por um bom profissional. #Solução: Preencha e engrosse um pouco a sobrancelha que restou com uma sombra em pó de cor suave (marrom acinzentada). Aplique com um pincel chanfrado  imitando o sentido do crescimento dos pelos. Ou use henna, que tem um efeito mais duradoura que a maquiagem — uma semana — e é ótima para encorpar os fios acrescentando volume. O designer de sobrancelha é o especialista mais indicado para o trabalho, pois consegue imprimir um efeito natural. Após a limpeza da pele, a henna é aplicada nos pelos, seguindo o formato que desejar. O retoque deve ser feito a cada 10 ou 15 dias. Você pode tentar estimular o crescimento da sobrancelha massageando a região diariamente para o aumento da circulação sanguínea e nutrição dos fios. Um jeito de fácil de fazer isso é pentear os pelos com uma escovinha macia. Sobrancelha muito grossa Aqui o problema é mais simples de resolver, já que não há falhas. O melhor a fazer é procurar um designer de sobrancelhas para criar um formato harmônico com o rosto. #Solução: A sobrancelha pode ser delineada, e assim parecer menos grossa, com pinça ou depilação com linha (o método é mais preciso e menos dolorido). Como as sobrancelhas grossas são mais expressivas, cuidado na hora de depilar. Arranque os pelos alternadamente de cada lado para uniformizar uma sobrancelha com a outra.  Fios muito compridos, que aumentam ainda mais o volume da sobrancelha, podem ser aparados com uma tesoura específica — fio a fio. Sobrancelha curtinha Ela deixa o olhar triste e sem muita expressão. #Solução: Encontrar o design mais indicado para o rosto e defini-lo com maquiagem ou henna. Usar um sérum fortalecedor de sobrancelhas, à base de aminoácidos, peptídeos e queratina, que estimula o crescimento dos fios.   Sobrancelha com fios brancos Os brancos devem ser pigmentados com tinturas apropriadas para as sobrancelhas — a henna não cobre pelos que perderam a melanina. “Vale lembrar que o fio da sobrancelha é diferente do cabelo da cabeça, portanto é fundamental utilizar coloração específica para não causar alergias e irritações de pele nem provocar a queda das sobrancelhas”, alerta Rosana.  #Solução: Se a sua pele é clara, use uma tintura de sobrancelha castanho-médio. As morenas podem ficar com o castanho-escuro. O preto nunca é uma opção, pois deixa o resultado fake.   Sobrancelha rebelde Fios arrepiados ou ondulados comprometem o desenho correto da sobrancelha. O jeito é usar métodos que ajudem a domar e organizar esses pelos rebeldes. #Solução: Penteie os fios, alinhando-os no desenho. Se precisar, conte com um pouquinho de gel fixador para mantê-los no lugar. Corte-os fios que ficarem fora do alinhamento com uma tesoura específica. Para manter os pelos no lugar, use diariamente um gel de sobrancelhas, aplicando-o com uma escovinha de rímel. Passar um sérum hidratante todos os dias, de manhã e à noite, amacia os fios rebeldes e ajuda a mantê-los sob controle.   Um design perfeito para cada rosto     As sobrancelhas não muito arqueadas são neutras e combinam com todos os formatos de rosto. Mas quem procura um design perfeito, que dê harmonia ao visual, pode seguir estas dicas... Rosto redondo: para que ele fique mais alongado, desenhe uma sobrancelha levemente arqueada. Evite sobrancelhas finas e arredondadas para não correr o risco de ficar com o contorno ainda mais arredondado. Rosto quadrado: definir um arco na sobrancelha é fundamental para desviar o olhar da mandíbula angulosa. Rosto triângulo invertido: esse formato combina com sobrancelhas levemente arredondadas para que ele pareça menos amplo na parte superior da cabeça. Quanto mais arqueadas forem as sobrancelhas, mais pontudo fica o rosto na parte de baixo. Rosto oval: harmoniza com vários desenhos de sobrancelhas. Aposte nas arqueadas (sem exageros) para levantar o olhar. Rosto longo: a dica é escolher o design reto, pois o arco dá a impressão de rosto ainda mais alongado.     Como definir as sobrancelhas e preenchê-las com maquiagem   1.Penteie as sobrancelhas para alinhar os fios. 2.Pegue um palito de unha e apoie-o na lateral do nariz verticalmente. O ponto em que ele passa rente à sobrancelha é onde ela deve ter início. Caso sua sobrancelha seja mais curta do que o ponto em que o lápis está, você deve preenchê-la com lápis ou sombra. 3.Agora, com o palito ainda apoiado na lateral do nariz, leve-o em direção ao meio da sobrancelha. Ele deve cruzar o canto externo da pupila. Esse é o ponto em que a sobrancelha deve se curvar ou formar um arco. 4.Desloque o palito em direção à ponta externa da sobrancelha. O ponto em que ele tocar o osso da sobrancelha é onde ela deve terminar. Caso sua sobrancelha não alcance o palito, você deve preenchê-la, assim como fez no canto interno. Se ela ultrapassar, basta tirar os pelos excedentes. 5.Penteie os fios para cima e, caso tenha algum muito comprido, desalinhando o design, apare-o cuidadosamente com uma tesoura específica. 6. Com um lápis cor universal ou sombra em pó marrom acinzentado, preencha as falhas tendo em mente esses pontos. Respeite o sentido de crescimento dos fios na hora de simular os pelinhos. 7.Esfume o desenho com uma escovinha, passando-a sobre os pelos no sentido horizontal, de baixo para cima. 8.Ilumine a pálpebra superior, rente à sobrancelha, do centro ao canto externo, com um pó iluminador. Isso ajuda a destacar o arco.    
> Leia mais
Tutorial de maquiagem de casamento
Você foi convidada para um casamento ou é até a madrinha e tem dúvidas sobre o make... Juntamente com o penteado, a maquiagem de casamento é um dos pontos mais importantes da produção, pois além de ter que combinar com o seu estilo, deve valorizar a sua beleza, sem deixá-la com aparência artificial. Há dois cuidados essenciais na hora de se maquiar: preparar bem a pele e acertar na escolha das cores. Carregar demais a maquiagem é um perigo que você deve fugir: menos é mais, sempre! Não exagere nunca. Lembre-se: se focar o make nos olhos, neutralize a boca e vice-versa. Deixe o brilho e as tonalidades intensas para a noite e aposte em nuances suaves para o dia. Combine tudo com o seu tom de pele e não queira chamar mais atenção que a noiva! Quem tem pele negra ou morena não deve tentar clareá-la com base ou pó. Valorize a sua beleza escolhendo produtos que iluminam o seu rosto. No passo a passo a seguir (veja o tutorial no final do post), a youtuber Letícia Ruiz mostra em detalhes como fazer uma maquiagem linda, que destaca o olhar, e que combina com qualquer visual. Se a festa for diurna, evite aplicar cílios postiços, ok? Vamos lá! Passo a passo maquiagem de casamento 1- Prepare a pele com base no seu tom. Agora faça um make de contorno com uma base dois tons mais clara, aplicando-a nos seguintes pontos: entre as sobrancelhas, nas olheiras, na parte superior do nariz, logo acima do V dos lábios, no queixo e nas laterais em direção aos maxilares. Deposite essa base com um pincel kabuki, dando leves batidinhas. Sele a base espalhando em todo o rosto um pó facial translúcido, o que vai ajudar na durabilidade da maquiagem. Com um pó marrom escuro (pode ser um blush), marque a região logo abaixo do osso das maçãs do rosto. Esse truque é ótimo para afinar a face. Passe o pó escuro também nos maxilares, no topo da testa próximo à raiz dos fios e nas laterais do nariz. 2 - Hora do blush. Dê um leve sorriso para definir a parte alta das maçãs do rosto e aplique o produto nessa área em direção às têmporas. 3 - Com um pincel de esfumar, espalhe na parte alta das maçãs um pouco de iluminador. Aproveite e dê um toque também no centro da parte superior dos lábios e na ponta do nariz. 4 - Acerte as sobrancelhas ou corrija falhas com uma sombra específica.  5 - Com um pincel língua de gato, aplique corretivo sobre as pálpebras e no contorno das sobrancelhas. Isso ajuda na fixação da sombra e também ressalta a sobrancelha.     6 - Com pó solto, sele as pálpebras.   7 - Com um pincel de esfumar, aplique um blush ou uma sombra laranja nos cantos externos dos olhos, subindo em direção ao côncavo.   8 - Com um pincel chato, de cerdas curtas, aplique o mesmo laranja nas pálpebras inferiores, rente aos cílios.   9 - Usando uma sombra rosa de tonalidade quente, reforce a marcação dos cantos externos dos olhos e ligeiramente o côncavo, fazendo um degradê entre o laranja de base e o rosa. Isso dá um ar mais profissional ao make.   10 - Nos cantos internos dos olhos até o centro das pálpebras, deposite uma sombra pigmento perolada. Além de iluminar o olhar, ajuda a esconder qualquer imperfeição. Faça uma linha fina, bem rente à linha dos cílios, com delineador em gel ou caneta. O traço começa mais fino e termina um pouquinho mais grosso.   11 - Dê volume aos cílios com máscara preta e, se desejar, alonge e aumente ainda mais os fios colando cílios postiços.   12 - Para fixar a maquiagem, aplique um spray fixador apropriado em todo o rosto. Finalize o make com um batom marrom terroso.
> Leia mais
Copyright © 2021 · Todos Direitos Reservados