Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Unhas

Fotos: Shutterstock

Banho de gel nas unhas: solução antiquebra em 30 minutos

Suas garras são fracas e quebram à toa? A solução é investir no banho de gel, também conhecido como blindagem de unhas. Saiba tudo sobre o método

Ter unhas fracas é um problema que pode afetar todos nós em algum momento da vida. Os motivos são diversos, vão desde a exposição a situações que causam fragilidade até alguma disfunção mais séria, que requer tratamento médico. Algumas doenças dermatológicas, como micoses e fungos, assim como distúrbios hormonais, podem levar à quebra e, algumas vezes, à queda das unhas. No dia a dia, o contato constante com a química dos produtos de limpeza e atritos podem desgastar sua estrutura. Uma dieta fraca em nutrientes, higiene inadequada e uso de removedores de esmalte com acetona são outras causas para o enfraquecimento das unhas. O antídoto? Além de mudanças de hábitos, aproveitar algumas técnicas de manicure que podem ajudar no processo de recuperação e fortalecimento, como o banho de gel nas unhas, por exemplo.

Afinal, que mulher não sonha com unhas compridas, durinhas e saudáveis? Para garantir o crescimento natural delas é só investir no banho de gel – também chamado blindagem de unhas ou banho de verniz. “Trata-se de uma película que favorece o crescimento das unhas, já que protege contra lascas e quebras. Além disso, o esmalte dura mais, em torno de 20 dias”, garante a instrutora do curso de manicure Maria Aparecida Fátima Pereira da Silva, do Instituto Embelleze Taubaté (SP). A expert diz ainda que o procedimento também pode ser feito nas unhas dos pés, sem restrições.

Não confunda banho de gel com alongamento em gel 

Febre nos salões, o banho de gel é uma cobertura, em gel ou acrílico (sem o uso de nenhum tipo de cola para fixar na superfície), que protege as unhas naturais criando uma barreira contra os agentes agressores e favorecendo seu crescimento e resistência.

O passo a passo do banho de gel nas unhas é muito parecido com o que as manicures seguem quando aumentam o tamanho das unhas usando a técnica do alongamento em gel. Contudo, o primeiro não modifica o tamanho das unhas, apenas produz uma camada de produtos na superfície, que não altera em nada a aparência, somente aumenta sua resistência. No alongamento, o comprimento das unhas é aumentado, podendo em alguns casos até alterar o seu formato.

Ficou animada para conhecer como é aplicada essa camada protetora que deixa a unha mais resistente e favorece seu crescimento saudável? Nós explicamos tudinho pra você agora!

Banho de gel passo a passo

banho de gel nas unhas 

O procedimento é simples e, o melhor, rápido! No entanto, precisa ser feito por um profissional capacitado. Caso contrário, a chance de ganhar um resultado indesejado é grande. A seguir, a instrutora Maria Aparecida explica todos os detalhes sobre o banho de gel. Confira e tire as suas dúvidas.

1

Antes de qualquer coisa é feita uma assepsia nas mãos e/ou nos pés com álcool 70%.

2

Com uma lixa (do tipo banana, elétrica ou bloco, que são menos abrasivas) é removida toda a oleosidade (lubrificação natural) da superfície das unhas. Além de limpar, essa remoção deixa a área lisa e na condição ideal para a total fixação dos produtos de blindagem de unhas.

3

A primeira etapa do procedimento, pós-higienização, é passar uma camada de primer ácido (ele tem melhor fixação que o primer em gel). O produto tem a função de proteger as unhas do banho de gel que virá em seguida. Atenção: é importantíssimo não deixar a substância entrar em contato com as cutículas da cliente, se for necessário, utilize palito de madeira para remover os excessos.

4

Na sequência, a manicure aplica uma boa quantidade de gel (clear) sobre as unhas com pincel apropriado e usa a cabine de luz led para secagem por 1 minuto.

5

Após o Gel, as unhas são novamente lixadas, com suavidade, apenas para remover algum excesso. O ideal é utilizar a lixa bloco e cuidar para que o gel, aplicado anteriormente, não seja removido.

6

Por último, a superfície da unha recebe uma camada de top coat, cuja função é blindar as unhas, garantir brilho intenso e prolongar a durabilidade do banho de gel. O top coat, além de ser útil no processo de secagem, ajuda a eliminar imperfeições.

7

As unhas são levadas à cabine de led por dois minutos para uma secagem eficaz.

8

No final, aplica-se o esmalte na cor desejada. Aqui não há nenhuma ressalva quanto à textura, efeito ou consistência do esmalte.

Atenção: durante o período em que estiver com a blindagem de unhas, você pode usar algodão com removedor (sem acetona) para retirar o esmalte normalmente e reaplicar outra cor, sem que isso seja um problema para a duração do banho de gel.

Cuidados pós-blindagem de unhas

blindagem de unhas

Estes pequenos detalhes ajudam, e muito, a prolongar a vida útil do banho de gel nas unhas, garantindo um efeito bonito e íntegro por mais tempo.

  • Não ter contato com água por pelos menos 11 horas após o procedimento.
  • Não abrir latas, apertar botões ou digitar.
  • Não levar as unhas à boca, para evitar o descolamento do produto.
  • Não fazer uso de acetona. Mas o removedor de esmaltes, sem esse ativo, está liberado.
  • No dia a dia, utilize luvas de borracha para realizar os afazeres domésticos, garantindo assim uma durabilidade mais longa do efeito de blindagem de unhas.

Manutenção e duração do banho de gel nas unhas

De acordo com Maria Aparecida, do Instituto Embelleze, o procedimento completo no salão demora cerca de 20 a 40 minutos. Já para fazer a manutenção, o tempo necessário é bem menor, apenas o suficiente para repor as camadas de gel e top coat. “Inclusive, esse procedimento deve ser feito a cada 15 ou 20 dias, dependendo do desgaste cotidiano sofrido pelas unhas. Com a manutenção feita de maneira correta e os cuidados para prolongar o tempo de ação, o banho de gel pode durar até 60 dias”, diz a especialista. Lembrando que é muito importante fazer a manutenção porque a unha vai crescendo e a área “nova” que aparece rente à cutícula também precisa receber o banho de gel para que esse detalhe não fique aparente. Quem quiser dar um tempo para deixar as unhas respirarem, o mais indicado é ir ao salão e retirar o banho de gel com um profissional. Dessa forma, fica garantido evitar traumas e manter a unha comprida e fortalecida. Afinal, esse era o objetivo inicial, não é mesmo?

Não faça o banho de gel nas unhas se...

Você é alérgico a odores fortes, tem rinite ou sinusite. “Grávidas e pessoas com doenças dermatológicas nas unhas também devem evitar o procedimento ou consultar um médico antes de fazer o banho de gel”, avisa Maria Aparecida, do Instituto Embelleze Taubaté.

 

Tags

banho de gel, unhas, gel, saúde das unhas, esmalte, manicure, alongamento de unhas, esmaltação em gel, curso de manicure, Instituto Embelleze

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

Aula de maquiagem para iniciantes: como aplicar a base
O momento mais importante de uma maquiagem, que define se ela vai ficar linda ou não, é a cobertura da pele com base. No tom e na fórmula certos, ela proporciona uma cútis uniforme com brilho saudável e ainda parece invisível. Por ser um cosmético tão essencial, deve ser escolhido com cautela! Na hora de comprar, privilegia composições que contenham agentes hidratantes e fator de proteção solar, além de combinar com o seu tipo de pele — seca, normal, oleosa ou mista e sensível. Também dedique um tempo para descobrir qual é o seu tom. Aliás, essa é outra questão fundamental para um resultado final perfeito. Acompanhe todas as dicas da maquiadora Anildes Pereira, instrutora pedagógica do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP), que também gravou um vídeo mostrando passo a passo o jeito certo de aplicar. Tem cada segredo nesta aula de maquiagem para iniciantes...   Tipos de base – A escolha ideal e como usar • Líquida: é o tipo mais fácil de aplicar e oferece naturalidade no resultado. Por ter uma cobertura leve, em geral, não cobre manchas acentuadas nem olheiras profundas. À base de água (oil free) é perfeita para peles oleosas e sensíveis; as composições que vão óleo são indicadas para as peles normais e secas. Coloque um pouco no pincel chato (também chamado de língua de gato) e espalhe na pele. Depois dê acabamento com uma esponja. • Mousse: não tem poder de cobertura tão bom quanto a base líquida; deixa um acabamento opaco e natural. Pode ser usada tanto nas peles secas quanto nas oleosas, pois a maioria das formulações é oil free. Aplicá-la com um pincel é o mais apropriado, no entanto, como ela seca rápido, você tem que ter agilidade. • Pó: indicado para cútis oleosa, pois sua textura ajuda na absorção da oleosidade. Se o seu desejo é uma pele sem brilho, essa é a melhor opção. Faz uma boa cobertura, mase tende a deixar o visual meio pesado caso não seja bem aplicada. Espalhe a base em pó no rosto com um pincel de cerdas naturais e finalize com uma esponja. • Cremosa: possui alta cobertura e é perfeita para peles secas ou maduras, já que não se acumula nos vincos das ruguinhas. Mas as oleosas devem passar longe dela, pois é muito pesada. Pincéis com cerdas sintéticas são boas opções para aplicá-la. • Bastão ou stick: pense na versão mais pesada de uma base... é esta! Tanto, que também é utilizada como corretivo. É recomendada para peles irregulares (com acne ou cicatrizes de acne, por exemplo), com olheiras e manchas acentuadas. A base em barra precisa ser muito bem espalhada para não ficar artificial. O melhor pincel para isso é o kabuki com cerdas curtas e achatadas. • Air brush: é um aerógrafo que deposita na pele base líquida, substituindo o pincel. Por meio de ar a base vai saindo do aparelho e tingindo o rosto. A vantagem dessa tecnologia é o acabamento suave e impecável: uma vez que não precisa ser espalhada depois de aplicada, evita que a base fique com possíveis marcas de ranhuras do pincel ou “carimbos” da esponja. Oferece uma durabilidade extensa de até 12 horas.   A cor certa pra você – Aprenda a adequar à sua pele Uma das maiores dúvidas – se não a maior – em relação à base é a escolha da cor, que combine perfeitamente com o tom da pele para proporcionar um resultado natural. O melhor jeito de acertar na compra é experimentando – e no rosto! Nada de espalhar um pinguinho no dorso da mão ou no interior do antebraço. O correto é testar a cor na própria face. A explicação é simples: a pigmentação do rosto é diferente da pele mais escurecida da mão e muito clarinha do braço. Experimente a cor da base na linha da mandíbula. O produto deve desaparecer na pele e misturar-se harmoniosamente entre o rosto e o pescoço.   Segredos de aplicação – Para um acabamento natural Usando um pincel próprio para base, aplique um pouco do produto no centro do rosto, descendo em direção ao nariz e trabalhando para fora, sobre as bochechas. Pronto, agora, com uma esponja macia, tipo beauty blender (aplicador em forma de gota,) faça o movimento de pressionar e soltar a esponja em toda a extensão com base, de modo que ela vá sendo depositada na pele, cobrindo a área. Aliás, guarde bem essa palavra: depositar. Esse é o segredo de 10 entre 10 maquiadores profissionais para fazer a base aderir à pele e proporcionar aquele resultado natural perfeito. A base não deve ser espalhada com pincel em movimentos de vai e vem, ok? Você tem que ter paciência e ir depositando o cosmético, o que pode levar tempo. Agora, aplique mais um pouco de base na região do queixo, da boca e da mandíbula e repita o processo com a esponjinha. Finalize a aplicação na testa e nas pálpebras (isso ajuda na fixação da sombra depois). Com a beauty blender uniformize a base em todo o rosto.   Cobertura impecável – Complementos de correção Uma pele sem imperfeições ganha uma aparência linda e uniforme só com a base e não precisa de mais nada. Porém, a cútis que tem manchas escuras, pequenos vasinhos avermelhados, cicatrizes ou olheiras deve continuar o processo de cobertura com um corretivo. Sim, esse produto vem depois da base, pois é aplicado pontualmente. Caso contrário, ele sai do lugar quando a base for espalhada. Geralmente o corretivo líquido é universal para todos os tipos de pele e imperfeições, mas você também pode optar por corretores em creme, caneta ou bastão. Os maquiadores profissionais costumam usar dois tons do produto, um mais claro e outro mais escuro que a pele, misturando-os para obter o tom exato de cobertura da imperfeição. O corretivo deve ser amarelado e o tom ideal é determinado pela cor da sua pele. A tabela a seguir não é uma regra, mas costuma ajudar na escolha: Evite corretivos muito rosados ou brancos. Usar uma tonalidade muito clara sob os olhos enfatiza a área escura em vez de disfarçá-la, deixando você com olhos de panda. A escolha do cosmético depende do tipo de pele e da área em que será aplicado. Para que não fique visível, necessita de uma aplicação correta, senão você acaba realçando o que está tentando disfarçar. Faça assim: deposite o produto com um pincel apropriado na área que deseja camuflar e depois uniformize dando leves batidinhas com a ponta do dedo ou com o lado fino da esponja beauty blender.   Ângulos perfeitos – Base de contorno Ao preparar a pele para a maquiagem, você pode modificar ângulos do rosto, afinar ou engrossar áreas, esconder ou realçar traços tirando proveito da técnica de contorno. Ela é feita usando base ou pó opaco: dois ou três tons mais escuros que a sua pele para disfarçar ou mais claros para destacar. Com o contorno dá para minimizar imperfeições, como: Queixo duplo – Aplique um pó escuro abaixo do queixo para suavizar a aparência. Passe pó claro na ponta do queixo e uniformize bem os cantos. Nariz largo ou grande – Para afinar, faça uma linha vertical nas laterais do nariz com pó escuro e esfume. Para encurtar, passe o pó abaixo da ponta do nariz e esfume. Testa larga ou alta – Disfarce o efeito saltado aplicando o pó escuro ao longo da testa. Se quiser diminuir a largura, faça um sombreado nas têmporas. Para enfatizar uma característica, como as maçãs do rosto, utilize pó ou base opaca um tom mais claro do que a sua pele (um iluminador). Aplique ao longo da parte superior de cada maçã. Para tornar os olhos maiores, realce a área abaixo do osso da sobrancelha.   Antes e depois da base A maquiadora Anildes Pereira, instrutora pedagógica do Instituto Embelleze unidades Praça da Sé e Tatuapé (SP), gravou um vídeo com o passo a passo de aplicação da base, do corretivo e do contorno para você aprender de uma vez por todas a preparar a pele para a maquiagem. Veja só que perfeito o antes e depois na modelo. Animada? Vamos lá!  
> Leia mais
PENTEADOS PARA NOIVAS
Penteados para noivas clássicas Não abre mão do tradicional? Ok, mas adicionar detalhes atuais pode fazer toda a diferença no resultado. O penteado pode ser solto ou preso, acompanhado de tiara ou coroa e véu. O coque é sempre uma opção para noivas tradicionais. Ele pode ser no modelo banana, bem polido e alinhado, ou mais desestruturado, numa releitura. Para garantir o visual desconstruído, antes de prender lave o cabelo e deixe os fios secarem naturalmente. Depois de secos, desfie as mechas do topo para dar volume à raiz e aplique spray fixador. Prenda o coque banana penteando os fios superficialmente para não eliminar a textura “bagunçada”. Outro preso que faz sucesso para as noivas clássicas é o coque inspirado nos anos 1940, com volume no topo da cabeça ou baixo — no centro ou na lateral da nuca. Opte pelo coque alto se quiser acrescentar alguns centímetros à sua estatura e também se a intenção for alongar o rosto.   Penteados para noivas românticas As adeptas desse estilo podem escolher entre o visual campestre, sempre romântico, e o princesa. Vale coque banana, coque trançado, coque com mechas, coque com detalhes embutidos... E também vale trança clássica, lateral, com mechas soltas e texturizadas, no estilo espinha de peixe, coroas de trança... O solto e o semipreso também podem ser uma opção. O que vai determinar se é uma noiva romântica do campo ou princesa são os acessórios: para a primeira, flores delicadas, como miniorquídeas e minirrosas; para a segunda, coroas tradicionais, estilo princesa. Uma dica para quem vai usar flores é escolher as espécies da temporada para se manterem impecáveis durante toda a cerimônia.   Penteados para noivas modernas Para as noivas que querem fugir do tradicional, a tendência é um visual mais urbano e descolado. Para uma pitada de modernidade no cabelo, opte pelo preso ou meio-preso com fios bem texturizados. O coque baixo também deixa o visual despojado, sem perder a classe. Se o seu desejo é um cabelo solto, invista no glamour das ondas marcadas, no estilo old Hollywood. Inspirado nas divas dos anos 1950, o look é mais indicado para casamentos em lugares fechados, assim você não corre o risco de ter as ondas desmanchadas pelo vento. O solto com ondas pode ser preso lateralmente e adornado com um acessório lindo.   Penteados para noivas naturais Cabelo solto é a primeira sugestão para noivas que são despojadas. Um penteado com fios soltos, volume no topo e o movimento de ondas, tipo beach hair, são apostas certeiras. Flores são perfeitas para arrematar o look. Fios cacheados, crespos e ondulados não devem ser alisados, ok? A textura natural ajuda a dar o visual natural que você está procurando. Basta tratar o cabelo para ele parecer saudável e bonito no grande dia. Mousse, difusor e babyliss são seus aliados na hora de pentear. Você pode usar os cachos soltos, definidos, ou optar por coques soltinhos e desestruturados. O semipreso lateral também é um luxo. Ainda há o cabelo trançado como sugestão para a sua cerimônia. A naturalidade no visual também pode ser obtida com o moderno estilo boho chique. Ele é estilizado por tranças, coques baixos (como o chignon), coques com tranças e o semi preso trançado. Vale destacar que no boho a trança tem sempre os gominhos folgados e o acabamento dos fios é levemente desalinhado. Seja qual for o penteado escolhido, aposte em arranjos, véu e grinalda leves.   Penteados para noivas retrô Ondas, coque baixo, adornos com pedrarias, pérolas, plumas e casquetes fazem parte do charmoso universo vintage. O coque baixo pode ter torções delicadas e detalhes bem desenhados para imprimir elegância ao look. O adereço de cabeça pode envolver bastante o penteado ou dar apenas um toque lateral. Uma dica para ficar bem retrô é usar joias de família no penteado, como um broche ou um colar que pode se transformar em tiara. Se quiser seguir uma referência para não se perder no estilo, dê uma olhada nas pin-ups, que traziam cabelos ondulados e bem polidos, numa mistura de clássico e romântico. Gostou das ideias de penteados para noivas? Confira também dicas de maquiagem para noivas.
> Leia mais
Copyright © 2020 · Todos Direitos Reservados