Experts    |    Eu, profissional    |    Tendências    |    Guia da Beleza
Voltar

Experts

Colorimetria: conheça a ciência por trás das cores que todo cabeleireiro precisa entender

Entenda a importância do estudo das cores nos cabelos de forma personalizada e garanta resultados ainda mais satisfatórios para suas clientes

Antes de aplicar uma tonalidade nos cabelos da cliente é essencial fazer um estudo das cores que mais trarão harmonia de acordo com a pele e outros elementos. Por isso, a Colorimetria vai determinar a nuance certa a partir da avaliação do matiz, intensidade e saturação. Dessa forma, o profissional saberá quais são as misturas de cores que devem ser utilizadas para que obtenha o resultado desejado.

Saber calcular os efeitos das tintas é muito importante para atingir bons resultados, as diferentes texturas e cores dos cabelos das clientes afetam o processo, então este conhecimento é relevante, já que existem vantagens com o trabalho bem executado como por exemplo:

Economia: Sabendo utilizar as tintas baseando-se no cabelo da sua cliente você evita o desperdício, utiliza o produto correto e economiza, já que não será necessária a utilização de vários produtos para alcançar o resultado esperado.

Sem erros: Com a frequência de busca por conhecimento no estudo das cores a probabilidade de erro é mínima. Então, o ideal é sempre buscar aprimorar as informações com cursos a respeito da Colorimetria.

Cliente satisfeita: Com a menor chance de erro e escolha certa dos produtos, a cliente fica satisfeita, aumentando a fidelidade no seu salão.

Dicas para utilizar a Colorimetria no dia a dia:

Use tintas de qualidade, de preferência as que você já tem uma experiência maior. Esteja sempre atento aos prazos de validade e guarde em local adequado conforme manda a embalagem.

Pratique sempre, já que sabemos que a prática leva a perfeição, então, não tenha medo, todo bom profissional leva tempo para se tornar o que é, na base dos estudos e testes é que se transforma!

Faça o uso do teste de mecha nas suas clientes, principalmente quando o produto não é o que você está acostumado a utilizar. Por mais que as colorações tenham o mesmo nome ou a embalagem demonstre uma cor muito próxima elas nunca são iguais, então, não se arrisque em acabar um trabalho todo utilizando uma coloração errada.

Não se esqueça dos números de tinta nas caixas, eles correspondem a tabela de coloração, assim fica mais fácil saber qual é o tom e calcular de forma correta qual cor utilizar para cada fundo específico.

Incrível, não é mesmo? E você pode aprender tudo isso e muito mais no nosso curso de cabeleireiro, acesse já o site https://institutoembelleze.com  e se matricule!

Tags

cabelo

Comentários

Fique por dentro
Cadastre-se e receba as novidades!

Veja também ...

> Leia mais
Cuidados com cabelos descoloridos
O processo de descoloração exige muito da fibra capilar, pois age retirando os pigmentos de cor do cabelo, e para isso, eleva o ph dos fios – que costuma ser de 5,5 para 10 – fazendo com que as fibras do cabelo se abram por completo. Junto com a cor, também vai embora a hidratação, o que torna o processo agressivo e deixa as madeixas mais finas e frágeis, propensas até a quebra e queda. Por isso, cabelos descoloridos necessitam de cuidados especiais para se manterem saudáveis, principalmente antes de passarem por outros procedimentos químicos como escovas progressivas ou tintura, por exemplo. Para proporcionar a sua cliente o cabelo dos sonhos sem sofrer com os pesadelos, os cuidados pré e pós descoloração são mais do que necessários! Separamos algumas dicas para que você possa lidar melhor com os fios fragilizados.   Antes de descolorir Antes de iniciar o processo de descoloração é necessário se certificar de que o cabelo está forte o suficiente para passar pelo procedimento. Caso os fios estejam muito fragilizados, cresce a chance de um corte químico. O corte químico pode acontecer quando o cabelo sofre uma agressão extrema. De uma hora para outra os fios são simplesmente cortados e caem, como se a mecha estivesse se “desmanchando”, muitas pontas duplas ou fios elásticos também podem ser sinais de corte químico. Para evitar maiores problemas, antes de descolorir, faça um teste de mecha: Separe ao menos duas mechas do cabelo: uma mais em baixo e outra um pouco mais acima.Aplique o produto que será utilizado para descoloração nessa mecha e deixe-o agir pelo tempo indicado na embalagem. Em seguida, lave e seque a mecha e observe como o cabelo se comporta Depois do teste, caso o cabelo de sua cliente apresente uma grande fragilidade ou sinais do corte químico, o melhor a fazer é esperar para realizar a descoloração e passar a trabalhar na reconstrução dos fios para que o cabelo se recupere. Também é interessante, mesmo que o cabelo apresente um bom desempenho durante o teste de mecha, fortalecê-lo com um tratamento pré-química - assim é possível repor a massa dos fios e devolver sua resistência, que fica menor devido aos danos do dia a dia como uso de sacador e chapinha.   Durante o procedimento Na hora de descolorir, também existem alguns cuidados que podem e devem ser tomados. Primeiro, certifique-se de utilizar uma boa linha de produtos que tenha qualidade garantida, é importante que os materiais sejam da mesma marca – assim não há o risco da química ser incompatível e acontecerem complicações. Você também pode aplicar produtos de proteção para realizar o procedimento. Eles são os redutores de danos - capazes de proteger a estrutura da fibra fazendo com que os fios passem pela descoloração com uma maior segurança, diminuindo os riscos de queda ou corte. Manutenção das madeixas   Após a descoloração os cabelos estarão inevitavelmente fragilizados. Nessa fase, é preciso caprichar nas máscaras de tratamento e cuidados com os fios. Indique a sua cliente que intercale entre tratamentos em casa e no salão. Desta forma, é possível entender do que as madeixas estão precisando. Além disso, para finalizar as madeixas utilize sempre um reparador de pontas e antes de usar chapinha ou secador, aplique um protetor térmico. Caso sua cliente tenha a intenção de manter o cabelo loiro ou platinado, os shampoos e máscaras matizadoras podem ajudar os fios a não amarelarem ou esverdearem. Indique a sua cliente que intercale os shampoos e condicionadores entre matizantes e outros com maior poder hidratante. Após a descoloração ou qualquer mudança de cor ou tratamento com química é necessário realizar um cronograma capilar. O cronograma capilar nada mais é do que um calendário de cuidados que inclui tratamentos de hidratação, reconstrução e nutrição - para que assim, o cabelo tenha tudo o que precisa para voltar a ficar saudável. Quer aprender muito mais sobre descoloração e colorimetria? Confira os detalhes do curso de Cabeleireiro Profissional Academy Hair do Instituto Embelleze e esteja apto a fazer a cabeça de suas clientes!
> Leia mais
Copyright © 2020 · Todos Direitos Reservados